Trend watch- Retorno ao essencial.

Sempre fui adepta do pensamento que a moda estava aqui para inspirar e fazer sonhar. O tempo passou, e apesar de eu seguir encantada com a alta-costura e os grandes criadores, me torno cada vez mais admiradora de nomes como Isabel Marant e Alexander Wang- Que criam roupas “normais” para serem usadas em todas ocasiões. O que nem sempre acontece com estes designers citados, é a atenção ao detalhe. Cada vez mais importante para as pessoas que investem em artigos caros e diferenciados.

O verdadeiro luxo está muito mais em uma criação de Azzedine Alaia: Com sua técnica inigualável, alfaiataria impecável e capacidade de transformar o corpo de uma mulher- Os vestidos e saias custam uma pequena fortuna, mas podem ser incorporados em qualquer guarda-roupa. Já  um vestido todo bordado e decorado com veia maximalista acabará saindo do armário uma ou duas vezes. Utilizando aquela regrinha do custo benefício, mais e mais percebemos que vale a pena gastar em clássicos.

Alaia e seus vestidos- Pequenas variações sobre o mesmo tema:

alaia

A busca por qualidade anda superando a busca por quantidade e a chamada “fadiga” de fast fashion está em alta. Essa ressaca em relação aos itens descartáveis anda aumentando a busca por bens duráveis.

Lendo uma entrevista recente com Raf Simons, um dos maiores entusiastas do minimalismo atual e substituto de Galliano na Dior, sobre seu antecessor “Eu tenho muito respeito pela técnica e fantasia de John Galliano, mas não é algo que eu considere relevante agora, especialmente quando restringe uma mulher, porque em todas outras áreas elas tem tanta liberdade agora”.

Juntando essa declaração de Raf, observando a minha vontade cada vez maior por um estilo consistente e pouca paciência para tendências semanais, e o sucesso surpreendente ( e estrondoso) de marcas como The Row, resolvi escrever aqui sobre o retorno ao essencial.

A The Row é a marca de alta moda das gêmeas Olsen. Elas criaram a primeira coleção com o objetivo de lançar a camiseta perfeita, a legging de couro perfeita, peças-chave das meninas com estilo clean.

Esse vídeo de 2007, ainda me parece super atual. Morro de vontade de todos os looks mostrados e acredito que muitas de vocês também vão se identificar. Apostas simples, mas certeiras:

Hoje em dia, a The Row ficou cada vez mais sofisticada e investe no uso de materiais especiais (e raros) e em cuidado redobrado com acabamento e corte. O foco parece ter sido transferido para uma mulher mais madura.

therow

Para observar também as bolsas que mais tem feito sucesso na atualidade:

Eu ando obcecada com a Delvaux, marca de luxo da Bélgica que é a fabricante de itens de couro luxuosos mais antiga do mundo, foi fundada em 1829. Recentemente ela passou por uma repaginação e o modelo Ambigu é meu favorito. Aliás a Céline foi acusada de se “inspirar” no modelo.

delvaux

A Fendi, famosa por sua bolsa Baguette e seus logos, anda celebrando o hit da 2 Jours elite, super discreta e usável:

fendi

Dentro da linhas de consumo em massa, a marca COS do grupo H&M ficou popular, com seu apelo minimalista.

cosJá a Americana J.Crew, apesar do styling ousado e criativo, é especialista em peças em cashmere e itens clássicos:

jcrew

Precisando de bem menos para ser feliz. Qual é o verdadeiro luxo?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria, Trend alert

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s