Arquivo da categoria: Fashion Week

#NYFW- Drops Verão 2015.

ny1

A semana de moda de NY chegou ao fim, finalizando assim a primeira “perna” da temporada de Verão 2015 do hemisfério Norte. Influência sportswear, anos 90 (do minimalismo ao clubber), comprimentos midi, utilitarismo e uma cartela de cores não tão colorida, priorizando neutros, terrosos e tons fechados como azul petróleo e vinho foram marcantes. Uma sensualidade velada, com muitas transparências e os shapes bodycons também merecem menção.

A foto que abre o post traz o exército 60´s de Marc Jacobs. Adorei os vestidos longos com essa vibe.

Alexander Wang realizou meu desfile favorito da #NYFW, na primeira parte. A segunda, com estampas, me remeteu ao trabalho de Peter Pilotto e não amei. Mas a primeira parte, com referências atléticas, foi uma bela volta à forma do estilista:

ny10

A elegância austera da The Row me encanta, cartela em tons suaves, fendas e amarrações garantiram sofisticação em nível máximo:

ny11

As flores de Michael Kors: Com um desfile repleto de estampas florais, Kors encantou principalmente pelas saias midi com flores aplicadas. Adorei o combo de saia amarela transparente com cinto caramelo e camisa azul oxford mais alongada. Aliás, um truque de styling que promete é de usar saias transparentes com blazer e camisas mais longas.

ny12

A cartela de cores e a silhueta de Francisco Costa na Calvin Klein collection. O comprimento de calça mais fresh será este modelo cropped e mais largo (quem quiser aderir com mais facilidade deve apostar no salto):

ny2

O glamour utilitário de Ralph Lauren. Tons de khaki, bolsos e verde oliva misturados com laranja e amarelo criaram efeito pouco óbvio. Destaque para as pedrarias que emprestaram toques de luz aos looks:

ny3

Rachel Zoe apresentou um vestido longo de renda que seria um belíssimo vestido de casamento. Também adorei o macacão estilo smoking com detalhe de cinto com tassel:

ny4

As franjas de Proenza Schouler. Sem nenhum ranço western em versão fresh:

ny5

As obras de arte da Delpozo: Shapes arquitetônicos, vestidos que pareciam flutuar e muita leveza:

ny6

O styling sempre esperto da J.Crew:  Estilo boyish que fica super feminino quando usado com sandálias delicadas. A mistura interessante de listras e a combinação de azul petróleo com laraja.

ny7

O duvidoso, mas irresitível Verão da Rodarte. Sei que esta será polêmica, mas amei as parkas, as calças skinny de cintura alta (muito presentes na temporada), os óculos em colaboração com Oliver Peoples, os cintos e o truque de styling da sandália amarrada por cima da calça:

ny8

O Verão sexy de Altuzarra emprestando novos ares às estampas geométricas. Vichy (DVF também aposta neste tipo de quadriculado) e listras com sex appeal:

ny9

Casamento perfeito entre a Versus (marca jovem da Versace) e o genial Antony Vacarello, melhor impossível. Sou fã de longa data de Vacarello, lembram deste post de 2011 “Nome para guardar- Anthony Vacarello”?

ny0

 

Esta semana eu volto para falar da #LFW.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY

Truques de styling- Couture Outono/2014.

ALTA3A semana de alta-costura acabou de acontecer em Paris. E ao invés de vir aqui e só mostrar para vocês os vestidos lindos, resolvi separar algumas idéias de styling interessantes que todo mundo pode aproveitar para a próxima festa.

Abrindo com Giambattista Vall. Nem todo vestido de gala precisa ter bordados, renda ou uma cor muito chamativa. Muitas vezes é legal optar por um tom bem neutro e apostar no corte diferenciado. Reparem no resultado incrível dos vestidos P&B acima. Outra idéia boa é acrescentar um cinto, versátil e ótimo para emprestar uma nova cara ao pretinho básico.

Mais exemplos de Giamba, no caso, optar por estampas florais, perfeitos para um casamento no fim da tarde ou na praia:

ALTA2Na Chanel, mais duas idéias: Já pensaram que mandar fazer uma saia e uma blusa bem lindas pode ser mais inteligente do que um vestido? Duplica-se as possibilidade de uso!

Um vestido tomara que caia pode ser usado no Inverno sim, basta acrescentar um casaco por cima. Mais legal do que a pashmina ou estola de sempre. Para modernizar, um blazer de paetê é aposta certeira:

ALTA4Se você se sente confortável com o comprimento midi, um vestido no estilo fica super lady-like e pode ser um belo aliado nas festas. Não sabe como usar este tipo de peça? Dá uma olhada no post “Adaptando a tendência- Comprimento midi”. Este corte, ajustado na cintura com saia volumosa também é boa pedida.

ALTA1Armani foi surpreendente. O estilista, que estava de aniversário ontem, apresentou uma coleção bem usável e primorosa. Da cartela de cores, uma boa lembrança: Preto, vermelho e branco são imbatíveis para garantir um look chique. Lembram desse post? “Adaptando a tendência- Vermelho e preto”. 

ALTA5

Ao optar por tons mais neutros na roupa, um acessório com animal print pode ser uma alternativa para enriquecer a combinação. Outra idéia, é investir em um casaco bordado ou com textura interessante:

ALTA6Longos vermelhos normalmente tem conotação sexy, mas não precisam. Dá para fugir do óbvio ao optar por um shape bem feminino e romântico ou por um modelo mais coberto:

ALTA7

Cinza claro não é um tom muito popular, mas Valentino e Zuhair Murad provam que poderia ser. O truque é apostar nos bordados discretos, no brilhos e um jogo de transparências. Não fica super elegante?alta9

Fechando com Elie Saab. Para os dias frios, inspiração maravilhosa: Vestidos com manga longa e saia mais armada, para acertar mesmo, bolsos são elegante e práticos. Só cuidado, pois eles podem acrescentar volume ao quadril.

alta8

Inpirações mil…

Explicando a Alta-costura: A alta-costura é o topo da moda. O nome é protegido e só podem desfilar nesta semana os membros da”Chambre de commerce et d´industrie de Paris”. Os desfiles, que são verdadeiros shows, movimentam milhões para as marcas de luxo, não vendendo as peças apresentadas (apenas 2.000.00 mulheres no mundo tem acesso à alta-costura, e somente 200 são clientes regulares), mas pela publicidade gerada em razão das celebridades nas primeiras filas e, principalmente pelas roupas impecáveis. A alta-costura vende o conceito da marca, os melhores tecidos possíveis, bordados inimagináveis, tudo feito em perfeição e maestria. As peças são todas feitas sob-medida para a cliente que geralmente precisa fazer 3 provas de roupa até recebê-la. Os perfumes, maquiagens, acessórios como bolsas e sapatos sustentam financeiramente estas grandes marcas, mas a “Couture” sustenta o sonho.

Fotos: Reprodução.

1 comentário

Arquivado em Fashion Week, Truques de styling

Moda masculina Verão 2015- Tudo que nós vamos querer roubar.

balmain1 A temporada Verão 2015 masculina acaba de acontecer e com ela, milhares de inspirações para os próximos meses. Eu sempre acompanho as coleções, inclusive já fiz post aqui “Trend watch- Temporada masculina Outono Inverno 2012”. É importante observar o que rola de aposta para os homens, afinal o mood e as tendências seguem até a temporada de Verão feminino em Setembro e servem como prévia do que vem por aí.

Meu favorito foi o étnico esportivo da Balmain, a Pucci  e a Givenchy tiveram essa vibe no Inverno feminino e a Balmain, que pesava mais no étnico, se juntou ao grupo. Me apaixonei pelas jaquetas que abrem o post, e também pelas peças P&B:

balmain2A jaqueta estruturada e o sweater todo trabalhado no estilo gypset também me agradaram muito:
balmain3 Neste post “Vontade do dia- Gypset na Vogue Paris” eu comentei com vocês minha atração atual pelo estilo meio gypsy, meio boho com toques urbanos. Parece que Hedi Slimane anda escutando minhas preces. Sua proposta para a temporada quente é permeada pela vibe anos 70, sobreposições, franjas e acessórios de inspiração multicultural:saintlaurent1 Looks femininos já se tornaram hábito para marcas como Dolce & Gabbana, Givenchy, Prada, durante os desfiles masculinos…Slimane também aderiu. Esperem o espírito boêmio dominar quando os dias quentes voltarem:saintlaurent2Rockstars dos anos 70 e suas namoradas são a fonte de inspiração:
saintlaurent3 Mix de estampas e algumas apostas mais sóbrias com espírito bem rock´n´roll:saintlaurent4 Finalizando com a fonte 70´s da Prada. Jeans com jeans e mix de estampas traduzindo o (bom) humor da temporada masculina para elas:prada1 Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Update das tendências

#PFW- Favoritos Inverno 2014/15.

SL

Já estou com várias pautas legais para colocar aqui no site, mas não poderia deixar de falar sobre os meus favoritos da minha fashion week favorita: Paris.

Na Saint Laurent, assim como na maioria das coleções da temporada, os anos 60 predominaram. Um espírito rock´n´roll com mix de grunge, glam e punk. Adorei a atmosfera e os looks que remetiam à Marianne Faithful e Anita Pallenberg:

sl2

Isabel Marant mais uma vez produz uma coleção com tudo que eu gostaria de usar no Inverno: Styling esperto, peças básicas misturadas com brilho, tudo honrando seu estilo hi-lo, mas com silhuetas que pareceram novidade. Na cartela de cores, os tons de verde, marrom, cinza e navy foram os favoritos:

pim

Haider Ackermann também reproduziu um mood que me atrai. Reparem nas calças skinny com comprimento cropped, minhas favoritas da semana:

pha

O espírito cool com sex appeal de Anthony Vaccarello:

pav

Na Carven, me encantei com os mini comprimentos usados com bota cuissarde e casacos no ombro: Perfeita nonchalance francesa:

pcarven

Possivelmente a peça mais importante do Inverno, o casaco surgiu em diversas interpretações. Fugindo da influência 60´s, Riccardo Tisci buscou nos anos 40 e no estilo das francesas a inspiração para a (impecável) coleção da Givenchy:  Adulta, sofisticada e sexy:

pGivenchy

Styling que apareceu em algumas passarelas e que eu adorei foi o casaco usado como vestido, se marcado na cintura ainda melhor: Balenciaga, McQueen e Céline aprovam:

pcasaco

A silhueta bem feminina e as texturas de Giambattista Valli, a influência futurista da década de 60 surge no modelo metalizado com ombros arredondados:

giamba

Os minis de Valentino com cartela de cores fortes: Resultado incrível tanto nos tons vibrantes como nas apostas neutras. Vontade também das botas logo abaixo do joelho:

pval

Fechando com a maior expectativa da moda em muito tempo: A estréia de Nicholas Ghesquiere na Louis Vuitton. Anos 60 com tecnologia bem 2014, o designer conseguiu modernizar e transformar a Vuitton em algo jovem e altamente desejável e atual. Destaque para as calças de cintura alta, uma de suas marcas registradas da Balenciaga que se adaptaram muito bem na sua nova casa. E para as saia evasê que provocaram desejo imediato. No styling, o brinco usado em uma só orelha (artifício também adotado na Céline) promete ser o truque de styling favorito:

plv

E que venha o frio.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Inspirações

#PFW- O inverno da Balmain.

balmain

Paris é a cidade mais importante do calendário internacional e os desfiles de Inverno começaram nesta Terça.

A Balmain mostrou hoje sua proposta para o Inverno 2014-15, quem viu aqui no site o post ” O pre-fall (com algumas novidades) da Balmain” não vai se surpreender muito: Um mix militarista com guerreira tribal tudo situado em um ambiente mega urbano, Olivier Rousteing não está brincando em serviço. A atitude é forte e o styling cheio de boas idéias.

O retorno da calça cargo em versão couro e social, mais larguinhas e super confortáveis. O peplum também está de volta, marcando bem a cintura e deixando a silhueta mais feminina:

balavolta

O animal print já se tornou um clássico e na Balmain a onça e a zebra foram os eleitos. Gostei muito das versões da primeira:

balanimal

Cara nova para velhos conhecidos: O terninha super tradicional ganha approach utilitário de uma manga só, zero formal. Os plissados, um dos efeitos favoritos da temporada, aparece em sobreposições e no couro trabalhado. Já o parka, peça versátil que invadiu as ruas, fica ainda mais especial no couro khaki:

balrefresh

As saias surgem para todos os gostos: Midi, lápis, mini com efeito origami e texturizada, a Balmain serve a mulher (sexy) de todos os estilos. A cartela de cores deu mais atenção ao azul noite, verde militar e khaki quebrados por flashes de laranja e amarelo queimado.

balsaia

Contando os minutos para o Inverno…

Fotos: Instagram, Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Adaptando a tendência, Fashion Week, Inspirações

#MFW- Favoritos Inverno 2014/15.

prada

E chegamos à Milão. A temporada termina hoje e já vim dividir com vocês meus favoritos de lá.

O Inverno desafiador da Prada- Sempre o desfile mais aguardado e possivelmente o mais influente de todo o calendário, Miuccia Prada sempre traz idéias frescas e um olhar novo para a estética da marca. Gostei muito dos cardigans e suéter de inspiração esportiva combinados com tecidos leves. O uso de vermelho e roxo, as estampas art deco e o styling nada óbvio também me encantaram:

prada2

Me identifico muito com a imagem da Pucci cultivada por Peter Dundas. Sempre um mix de culturas bem ao estilo gypset, desta vez as padronagens clássicas da marca dividem espaço com referências à Suécia (terra natal do designer). Gostei principalmente dos blusões oversized e das calças de couro mais largas:

salvatore

Ando bem cansada de vestidos longos e bordados com apelo maximal, mas confesso que o modelo bordado com decote profundo chamou minha atenção. Assim como o curtinho trabalhado com franjas:

pucci

Nunca fui muito fã de marrom, mas a cor surgiu com força nas passarelas milanesas e acabei me dobrando pelos looks misturando texturas. Minha versão favorita é a camisa de couro da Tod´s:

marrom

Falando em couro, o material não apresenta sinais de cansaço. A Gucci arrasou com vestidos e saias no tecido. Os shapes anos 60 ficaram ainda mais interessantes devido à escolha, destaque também para a cartela de cores:

couro

E continuando no tema, as cores da Marni são a cara do Outono/Inverno e comprovam que nem só de preto e cinza se faz um armário para dias frios:

marni

Os casacos luxuosos da Dolce & Gabbana, com toque lúdico, me deixaram apaixonada. O glamour é garantido através do capuz de pele:

dolce

Fechando com as franjas de Roberto Cavalli. Sou alucinada por franjas e gostei da versão mais larga e decorada do estilista. Especialmente os colares alongados com tassels, a peça fez parte do styling da maioria dos looks do desfile:

franjas

Já ansiosa por Paris…

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week

#LFW- Favoritos Inverno 2014/15.

Burberry Prorsum Catwalk - London Fashion Week 2014

Segue o baile chegando na segunda parada da temporada internacional: Londres. Para quem não conferiu, logo abaixo dessa postagem tem os meus favoritos da NYFW.

Assim como na semana nova-iorquina, a cartela de cores também priorizou o azul e suas variações, o fuchsia e tons cítricos em especial amarelo e laranja.  Entre os neutros, preto, camelo e cinza foram os eleitos. Ao contrário do cetim e tecidos de acabamento brilhoso de NY, na Inglaterra o veludo molhado recebeu mais atenção, assim como paetês.

As estampas já se tornaram especialidade da nova safra de designers londrinos, para o Inverno florais e abstratos surgiram com frequênia. Como mostraram Peter Pilotto, Michael Van Der Ham, Marques Almeida e Erdem:

print

As bolsas de Anya Hindmarch são hit há muitos anos na Inglaterra, Sienna Miller usa direto assim como Olivia Palermo, em seu desfile de acessórios me apaixonei pelos modelos listrados com tassels oversized. Observem os tons cítricos quebrando a cartela de neutros:

anya

A gaúcha Barbara Casasola continua se firmando como um grande nome para observar. Sua proposta para o Inverno 2014 é fiel ao estilo austero e sofisticado de suas coleções passadas, mas ganha detalhes mais interessantes como a cartela de cores e styling impecável. Uma mulher elegante e com toques de sensualidade:

barbara

Simone Rocha já ganhou post aqui no site “Nome para guardar- Simone Rocha”  e cada vez mais confirma seu status de promessa da moda. Volumes estratégicos, um certo ar couture misturado com o street que ela faz tão bem, adorei as peças em estampa de cobra e os looks pretos texturizados. Reparem novamente no styling com vestidos lady-like combinados com sapatos masculinos:

simone

David Koma, mais um talento direto da Saint Martins, acaba de assumir como diretor criativo da Thierry Mugler. A veia 80´s pode ser identificada também em uma certa influência aos vestidos estruturados e mega femininos de Azzedine Alaia:

david

Seguindo na mesma linha, Antonio Berardi cria para uma mulher autoconfiante. Os sapatos feitos por Rupert Sanderson também chamaram atenção e emprestaram um ar fetiche às composições:

antonio

A mulher cool e nada óbvia da Joseph:

joseph

Adoro a acessibilidade da Unique, marca premium da Topshop, as peças são apresentadas com styling bem “vida real” e traduzem diretamente os conceitos que vão permear a estação. Fiquei encantada com as botas acima do joelho em camurça (pelo visto serão os modelos mais relevantes do próximo Inverno):

unique

Meus favoritos foram os vestidos de Mary Katrantzou, que abriu mão da estamparia digital para investir em uma certa influência folclórica e em um trabalho primoroso:

mary

O desfile da Burberry Prorsum é sempre o mais prestigiado. Os acessórios e lenços com aspectos de pintados à mão, artsy e bohemian ao mesmo tempo, criaram uma imagem romântica. O mix de texturas também foi primoroso:

bur2

Mas comercialmente, a grande sacada da marca foi apostar nas mantas, pesadas e em cartela de cores outonais,  que fecharam o desfile. Elas poderão ser customizadas e despertaram desejo imediato. Vale lembrar que com a democratização da moda, cada vez mais o exclusivo ganha espaço e a customização tem sido uma arma poderosa para manter o interesse dos clientes.

lenço

E Milão já começou, no finde eu volto para dividir com vocês o melhor da temporada Italiana.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Londres