Arquivo da categoria: Inspirações

De olho na tendência- O momento das argolas.

argolanumero

Para quem não sabe, assino uma coluna digital para Revista Donna que entra toda Quarta-feira, recentemente o site ganhou cara nova e ficou ainda melhor . Lá eu falo sobre tendências, estilo de pessoas que admiro e tudo que considero de mais interessante dentro do universo fashion.

Para não reproduzir as colunas, começarei a compartilhar o link e incluir aqui imagens extras e inspiradoras sobre o tema. Uma das últimas foi sobre um dos modelos de brincos mais clássicos e populares que voltou a cair nas graças dos designers. Confere: “De olho na tendência- O retorno das argolas”.

Abrindo post com imagem de editorial da Numero Abril/2016. A foto abaixo é da Pop Magazine também de Abril:

argolapop

Phoebe Philo apostou forte na Céline, como podemos ver na campanha:

hoopceline

E no desfile com “penduricalho” emprestando um ar fresh ao acessório tão icônico:

hoopceline2

Reinventando a roda, literalmente.

Imagens: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Inspirações

Update da tendência- “Na linha”.

listrasvuk4

A listra é possivelmente a estampa mais versártil. Pode ter apelo esportivo, glam, retrô, cool, tudo depende do contexto, da combinação de cores…

Na Vogue inglesa do mês de Dezembro, a forma mais atual de usá-la. Listras com toque esportivo no estilo old-school. Carinha vintage e referências de Wes Anderson. As duas formas de styling du jour: Em conjuntinho mesmo, com cara de uniforme de educação física ou então misturada com alguma peça mais glam, com brilho e sandália delicada.

listrasvuk2

Na Marie Claire, ela surge perfeita para quem receia que este tipo de estampa aumente Vale lembrar: No geral, listras horizontais mais finas e com fundo escuro não aumentam. Quanto mais larga e clara, mais ela tende a dar ilusão de volume. Emprestada do esporte, listras na gola e nos punhos funcionam bem em qualquer silhueta. Essa bomber é cortesia de Alessandro Michele na Gucci.

listrasmc

De um extreme ao outro, festivo e remix na padronagem:

listrasvuk

Aqui, a proposta é mais excêntrica e lúdica:

listrasusmc

Direto para o ar rocker da Saint Laurent:

listrasvuk3

Parada no look ótimo para escritório na Vogue China:

 

listravchina

Já na Interview, mais alfaiataria com ar anos 80:

listrasinterview

Fechando com o estilo clássico francês 60´s com Gigi Hadid na capa da Vogue Inglesa de Janeiro 2016:

LISTRA

Para não sair da linha…

Fotos: Reprodução.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Adaptando a tendência, Inspirações, Minimal vs. Maximal

Trend watch- Manga maxi.

manga4

Faz tempo que a moda oversized anda em alta, e os estilistas decidiram ir buscar nos anos 80 a inspiração para transformar mais um detalhe em XXL. Seja pelo volume ou pelo comprimento (ou por ambos).

Nas passarelas, Céline (Phoebe Philo, sempre ela) foi a mais celebrada ao trazer a opção da manga sino e longa:

mangaceline

J.W Anderson, Marques Almeida e Vetêments também apostaram na última temporada de Outono/Inverno. Pelos nomes que apoiam a “causa” dá para ver que a tendência é super cool.

mangat

Musa fashion número 2 (ela sempre ficará em desvantagem na comparação com Carine), Christine Centenera elegeu o vestido minimal para experimentar. Confesso que essa manga branca me dá agonia, imagina quão fácil de lidar? (SQN).

manga9

A manga tipo sino em outro branquinho básico:

manga12

Vocês podem argumentar, com razão, que esta tendência não é nada prática, mas dá para pensar que protege bem do frio. Otimismo sempre!

manga7

Na camisa branca:

manga14

Três versões:

manga16

Criar o efeito, sem o desastre em potencial? Que tal a manga alongada, mas com recorte?

manga2

A fenda permite movimentos sem atrapalhar e correr o risco de sujar.

fenda

Dá também para dobrar:

MANGA17

Ou com sobreposição:

manga1

Para finalizar, as coleções de Verão 2016 confirmam o lugar de destaque das mangas, notem que agora elas surgem em versões mais ajustadas: J.W Anderson, Gucci, Céline e Vetements:

ss

Com charme, mas sem muita pratiidade. Vocês curtem?

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Minimal vs. Maximal, Trend alert

Para inspirar: Arquivos Givenchy 1969-1995 na revista System.

givenchy3

A revista System é a melhor revista de conteúdo de moda da atualidade junto com a Industrie, dois presentes para quem quer compreender e explorar o que se passa com os nomes mais criativos da indústria. A nova edição da System está sendo especialmente comentada, já que traz Raf Simons em uma reveladora entrevista com Cathy Horyn. Realizada antes do anúncio de sua saída da Dior, ela elucida as possíveis motivações da polêmica decisão do belga de sair da Maison (confere um trecho da matéria publicada no site Business of Fashion aqui). Além dos artigos maravilhosos, os editoriais inspiram e encantam. Esta última contém uma história com looks vintage direto do arquivo da Givenchy. As fotos  são de Jamie Hawkesworth e styling da genial Marie-Amélie Sauvé.

Passando por vestidos entre 1969 e 1995, uma verdadeira viagem entre as mais lindas e atemporais criações. Notem como tudo parece moderno e poderia ter sido lançado na última temporada.

Recortes:

givenchy4

Floral, muito revisitado por Riccardo Tisci na versão atual da maison:

givenchy2

Em black:

givenchy

Responsável pelo little black dress mais icônico da história, o pretinho usado por Audrey Hepburn em “Bonequinha de luxo”, Hubert sempre soube construir peças impecáveis no tom:

givenchy5

As costas memoráveis em vestido com apelo bem contemporâneo:

givenchy6

Aliás a parceria entre o couturier e Hepburn possivelmente é a mais famosa de todos os tempos. Alguns dos meus momentos favoritos de Audrey em Givenchy:

givenchyaudrey

givenchyaudrey

Aproveitando a deixa, mais alguns exemplos originais assinados por Hubert de Givenchy. Essa foto de 1954 é de Richard Avedon:

givenchyvedon

1952:

givenchy81955:

givenchy9

1959:

givenchy59

Para encher os olhos e inspirar a Sexta.

Fotos: System e reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Perfil

Alta-costura e um documentário imperdível.

lanuitvogueit3

A semana de alta-costura rolou em Julho, mas eu amo esperar e ver os vestidos deslumbrantes retratados em editoriais. Algumas versões das criações lindas da dupla por trás da Valentino, na Vogue Itália.

Vale ressaltar que o veludo volta cada vez mais forte na moda festa:

lanuitvogueit5

Acessórios complementando perfeitamente. Styling impecável:

lanuitvogueit2

Com mood dark e recortes:

lanuitvogueit

O lado negro perde o apelo romântico gótico dos looks acima e se volta para alfaiataria nas lentes de Nathaniel Goldberg para Numero.

Glamour na risca de giz da Givenchy:

lanuitnumero

Decotes profundos equilibram e emprestam sex-appeal:

lanuit3

Androginia na medida:

lanuit2

Esta temporada marcou o retorno da Saint Laurent à alta-costura, sem desfiles. Hedi Slimane optou por ressuscitar a etiqueta “Yves Saint Laurent” apenas sob encomenda para clientes selecionados:

sl2

As fotos foram realizadas na icônica sede da YSL na Rue de l´université, recentemente resgatada por Hedi. Com sucesso comercial inegável, Slimane mostra sua maestria e pensamento estratégico ao orquestrar cuidadosamente cada passo para a Saint Laurent sob seu comando. Quem ainda não leu, esta entrevista do diretor criativo é uma verdadeira aula de branding, clica para conferir, 

slcout

Raf Simons continua a encantar com sua direção na Dior. Fugindo do soturno, optou por looks com inspirações florais pouco óbvias e o toque artsy que é sua marca registrada desde os tempos de Jil Sander.

Entregando vestidos luminosos e lindamente femininos:

dior3

Meus favoritos foram os com as laterais abertas:

dior2

Programa obrigatório para qualquer apaixonado pelo mundo da moda ou com interesse em mercado de luxo, o doc “Dior & I” registra a entrada de Simons na Dior e o emocionante processo de criação da primeira coleção de couture assinada por ele na maison. Documentário imperdível, dirigido por Frédéric Tcheng (diretor do magnífico “Diana Vreelamd- The eye has to travel”, já dei a dica aqui, assistam please):

Explicando a Alta-costura: A alta-costura é o topo da moda. O nome é protegido e só podem desfilar nesta semana os membros da”Chambre de commerce et d´industrie de Paris”. Os desfiles que são verdadeiros shows, movimentam milhões para as marcas de luxo, não vendendo as peças apresentadas (apenas 2.000.00 mulheres no mundo tem acesso à alta-costura, e somente 200 são clientes regulares), mas pela publicidade gerada em razão das celebridades nas primeiras filas e, principalmente pelas roupas impecáveis. A alta-costura vende o conceito da marca, os melhores tecidos possíveis, bordados inimagináveis, tudo feito em perfeição e maestria. As peças são todas feitas sob-medida para a cliente que geralmente precisa fazer 3 provas de roupa até recebê-la. Os perfumes, maquiagens, acessórios como bolsas e sapatos que sustentam financeiramente estas grandes marcas, mas a “Couture” sustenta o sonho.

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações

Inspirações de beleza- Foco nos olhos.

beleza

Olhando as publicações do mês, percebi muitas variações de delineado e olhos marcados. Já que hoje é sexta, achei pertinente dividir estas inspirações com vocês.

Abrindo com a capa da Numero China, beleza cyber punk chic estilo Alexander Wang.

Na Lui, o foco é no lápis e sombra embaixo do olho:

belezalui

Também na Vogue Paris, olho marcado com traços remetendo aos anos 60:

belezavogueparis

Delineado gráfico também na Dansk:

belezadasnk

Clássico e minimalista na Vogue russa, aquela make que não tem erro:

belezavrussia

TGIF com inspirações express…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Beleza, Inspirações

Trend alert- Debutante moderna.

 

US_GAR_UK_02_15.indd

Na semana passada, Rose quartz foi anunciada como cor de 2016 pelo Pantone. Já faz algum tempo que o tom de rosa clarinho tem ganhado destaque (clica na tag aqui e aqui para ver postagens anteriores  feitas no site). Nas coleções de Outono/Inverno, um refinamento bem feminino, com toque juvenil e quebrado por referências punk e anos 80 foi hit em vários desfiles, dando espaço para um look batizado de “Debutante moderna”. A tendência consiste em pegar códigos tradicionais com toques de anos 50 e 60, bem girly e torná-los mais interessantes através de boas sacadas de styling e um pouquinho de rock´n´roll ou contemporariedade.

Pensem em broches, bolsas estruturadas, luvas, pérolas, acessórios para o cabelo. De Miu Miu à Hermés, passando por Céline, muitas marcas aderiram. Abaixo as versões da Balenciaga, Prada e Stella McCartney:

debut2

Broches de perto na Prada e na Balenciaga:

debut3

Tiaras surgiram em vários lugares, aqui na Chanel:

chanel

Na Bazaar, o casaco rosa (o principal tom de casaco para a próxima temporada fria) com lenço e ar glamour:

debutbazaar

A Marie Claire italiana aposta no corte moderno para complementar o vestido mais romântico:

debutmcitalia

Já na Bazaar espanha, os conjuntinhos clássicos da Chanel ganham ar fresh:

debutbazaarspain

Nem só de rosa, a Bazaar espanhola vai nos looks Oscar de la Renta bem debutante anos 80:

debutbazaarspain2

Na Vogue alemã, o azul tiffany é o favorito:

debutvgerman

Já na Vogue, as pérolas surgem em versão modernista nos brincos:

debutvogue

A London Fashion Week já começou e Simone Rocha garantiu que a debutante cool mantêm seu domínio para o próximo Verão também. Nada mais jovem e irreverente que vestidos com renda e ares de alta-costura sejam comnbinados com sapatos Oxford masculinos (já marca registrada e best-sellers da estilista):

debutsi

Debut moderninho…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Color watch, Inspirações, Trend alert