Arquivo da tag: Alberta Ferreti

#MFW- Drops Verão 2014/15.

mfw5

Chegou ao fim a Milan Fashion Week e já vim aqui mostrar para vocês os meus favoritos. Anos 70, romantismo, estampas e muito jeans, além de influências sportswear e toque oriental comandam a temporada. Abrindo com a Pucci de Peter Dundas, minha favorita, a delicadeza dos bordados me encantou.

Mantendo o clima étnico e Woodstock, veio a Etro, bem fiel ao seu DNA:

mfw10

Os vestidos maxi da Roberto Cavalli, dos estampados aos artesanais com renda:

mfw6

A Gucci apresentou uma mulher funcional, cheia de ícones da marca (cartela de cores, camurça, estampas) e com anos 70 reinando. Destaque para a cintura marcada:

mfw

A Prada seguiu no caminho do jeans e trouxe sportswear nada óbvio para sua mulher intelectual. Adorei os brocados e a mistura de denim com renda:

mfw8A Fendi também buscou inspiração no sporstwear e apostou no jeans, com resultados incríveis. O trabalho em couro também merece ser mencionado:

mfw7

Cartela de cores e styling top na Bally, confirmando a permanência do visual listrado:

mfw11

Sofisticação clean na Ferragamo. Tecidos com efeito metalizado e a estampa de cobra (nem sinal da onça) auxiliam:

mfw4

Marco de Vincenzo ganhou post aqui no site, na tag “Nome para guardar- Marco de Vincenzo”, gostei muito dos tons de blush e dos looks franjados:

mfw2

Etéreas e me remetendo ao filme “As virgens suicidas”, a mulher da Alberta Ferreti traz um verão leve, leve, leve:

mfw3

Fechando com as espanholas da Dolce & Gabbana, a mulher siciliana da dupla nunca sai de cena, mas desta vez elas vem influenciadas pela cultura hispânica:

mfw9

Já de olho no quem vem por aí em Paris…

Fotos: Vogue.com.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Trend alert

As heroínas de Hitchcock e o Inverno 2012-13.

Anos 80, cores vivas, silhueta oversized e muito decorativismo através da estética barroca prometem comandar o próximo Inverno, como comentei aqui e aqui. Para contrastar com o maximalismo, estilistas apostaram em um grupo seleto de inspiração: As heroínas de Hitchcock…Ar misterioso, cabelos loiros presos de maneira impecável, luvas, cintura marcada, comprimento midi, alfaiataria perfeita. O cineasta sempre soube da importância do figurino para contar suas histórias e nenhum detalhe passava despercebido, assistir um de seus filmes é além de uma aula de cinema, também um belo exercício sartorial.

Lembro de imagens de Grace Kelly e das loiras gélidas dos filmes de suspense do diretor há muitos anos, mas foi em 2005, através de uma coleção de Alexander McQueen que meu fascínio pelas mulheres de Alfred cresceu. O vestido amarelo no centro foi meu sonho de consumo por vários meses (Nunca consumado):

A última coleção de Raf Simons para Jil Sander referenciou as heroínas dos filmes de suspense, assim como Alberta Ferreti, estilo demure e intocável com cores neutras. Trench coats, casacos longos de estilo boxy são clássicos:

Já o uso de pele, polêmico, mas muito comum nos filmes do diretor. As peles fantasia emprestam o glamour old school sem ofender. O batom vermelho e o esmalte vermelho também ajudam a transmitir a mensagem, que não deve ser literal. Vale apostar em óculos mais modernos, ou brincar com texturas como na saia de couro plissada da Dior na terceira foto:

A renda pode parecer pura em tons claros e cortes mais comportados, mas com transparência e tons escuros como as de Erdem são belas opções para entrar no clima. Importante lembrar que a renda anda mais em alta do que nunca!

As publicações especializadas não ficaram de fora, a foto que abre o post é de um editorial todinho dedicado ao tema da revista Glamour UK de Setembro. Capas tem tudo a ver com o universo Hitchcock e deixam o look ainda mais charmoso, como ilustra a Elle Americana:

Combinações inusitadas devem ser testadas, a idéia não é sair fantasiada de vintage, apesar que o estilo lady-like é atemporal. Na Mulberry o vestido meio 50´s é combinado com ankle boots e aparece em tom vibrante:

Outros ícones das heróinas do diretor serão hits da temporada.

O shape favorito nas bolsas é no estilo “doctor bag”, bem estruturadas, que apareciam sempre em seus filmes. Sapatos de bico fino em estilo bem clássico, os kitten heels também são favoritos para o próximos Inverno:

Para garantir o glamour, luvas de couro, pérolas, relógios delicados e óculos estilo gatinho são infalíveis:

As amantes de cosméticos também vão poder aderir através da coleção nova da Chanel, em homenagem à Hitchcock. Entre os produtos, três novas cores de esmalte (maiores hits de beauté da marca) foram batizadas com nomes de filmes do diretor: “Frenzy”, “Vertigo” e “Suspicious”.

Dia 20 de Outubro, estréia na HBO Americana e Inglesa o filme “The Girl” estrelado por Sienna Miller no papel de Tippi Hendren,  atriz de clássicos Hitchcockianos como “Marnie” e “Passáros”:

Eu estou louca para assistir! Quem também ficou curioso, pode encontrar mais informações aqui neste link.

Fotos: Style.com, Vogue.com, ElleUS, GlamourUK, Zinio, Chanel.

3 Comentários

Arquivado em Inspirações, Trend alert

Imagens da semana: O retorno do glamour “old-school”…

Esta semana duas das principais Vogues lançaram suas capas para Outubro, em comum vestidos de festa deslumbrantes com brilho, ajustados ao corpo acompanhados de beleza com  alto glamour com direito a sobrancelhas marcadas e batom vermelho.

O glamour da antiga Hollywod dos anos 20, 30, 40 e 50 ressurge com força na moda para as próximas temporadas.

Na Vogue Paris, a modelo Sasha P. parece  uma das divas dos anos 30 (passando por Versace anos 90)  com toque futurista da época em vestido Versace e olhar desafiador.

Na Vogue América, a atriz Michelle William encarna, em estilo anos 50 com muito glamour (de vestido Oscar de la Renta), a atriz Marilyn Monroe, ícone que ela interpreta no filme “My week with Marilyn”.

Este glamour um pouco decadente da icônica atriz dos anos 50 remete às obras de F. Scott Fitzgerald, autor de livros como “Belos e malditos” e “O Grande gatsby”. Fitzgerald é um dos grandes nomes da Paris de 1920 que aparece no filme de Woody Allen “Meia-noite em Paris”, e  Baz Luhrman prepara sua versão para “Gatsby” estrelado por Leonardo DiCaprio com previsão para o ano que vem.

E a década que ressurge no Verão 2012 do hemisfério Norte (influenciados talvez?)  é a de 20, com suas “flapper girls” vestidos de cintura caída, brilhos, franjas longas e uma sensualidade muito sofisticada. Requintes luxuosos como bordados, plumas e brilhos são característicos da época, assim como vestidos de cetim e seda de corte simples e alças fina, os “slips”, também aparecem com frequência em cores neutras e apelo minimalista.

Ao invés da make usual e batom forte, a maneira mais moderna de usar os looks inspirados nos anos 20 é com rosto bem iluminado com make suave.

Ralph lauren traz os anos 20 no DNA da marca juntamente com “Americana”, sutileza no vestido slip arrematado com estola e poucos acessórios, ou no maravilhoso vestido bordado com plumas na barra.

Brilhos e shape ultra feminino na L´Wren Scott  e franjas na Marchesa:

Philosophy di Aberta Ferreti com um vestido em shape clássico “slip”, mas com brilhos discretos tornando-o ainda mais especial. Já na passarela de Jenny Packham o tom pastel é valorizado com o bordado em dourado:

Silhueta anos 20 com renda: Nos vestidos black da Imitation of Christ com comprimento midi e brilhos e na passarela de Zac Posen, longo nude com transparência:

Fotos: Style.com, StoreMags.

8 Comentários

Arquivado em Inspirações, NY, Trend alert

Nas ruas de NY: A cor do Outono/Inverno será…

Nem vermelho, nem laranja, nem azul, nem camelo, nem branco… Quer dizer, todas estas cores aparecerão e muito ainda nas próximas temporadas, mas a cor do Outono aqui em NY parece ser o roxo! Passando por vários tons, a cor é a atual queridinha pelas vitrines de Manhattan.

O roxo remete à idéia de realeza, e a boa notícia é que por ser a combinação de cor fria com cor quente, fica bem para todo mundo! A febre do roxo no Outono é democrática passando por diferentes tons e em vários estilos diferentes, aposto que todos vão se identificar com pelo menos uma das propostas:

A Dior aposta no glamour e no lady-like: leveza, romântismo, renda misturada com peças mais estruturadas dão um ar chique remetendo aos anos 40 na primeira vitrine, desde o penteado da manequim até o ombro marcado. Na segunda vitrine o clima é de melindrosa dos anos 20, cintura caída, pérolas e pele.

A YSL foi de roxo na moda dos anos 70, silhuetas amplas com cintura bem marcada, reparem que o vestido, o cinto e a pulseira de pedra bruta são da mesma cor. O segundo look traz um vestido em corte atemporal, quebrado somento pelo “detalhe” do casaco de onça (onça com roxo fica lindo!).

A Chanel traz o roxo em sua coleção de pré-outono inspirada no Império Bizantino da idade antiga, a riqueza de bordados, os brilhos, os vestidos longos, muitos acessórios remetendo à riqueza. Mais difícil de inspirar literalmente, a imagem da Chanel serve (além de encantar) para pensar em vestidos de festa. Um vestido roxo para festas como casamentos, formaturas é uma bela escolha de cor, se enriquecido com bordados então…

A Joalheria Bulgari optou por uma bolsa na tonalidade para destacar em sua vitrine, outra boa dica como visto acima na Chanel e aqui na Bulgari: roxo com dourado super funciona.

A Bloomingdale´s optou por fazer um look  com a calça roxa J. Brand combinada com marrom, transparência e pele, inusitado colocar a calça colorida com peças sofisticadas, mas achei que funciona.

Também apareceu (e muito) nas últimas coleções Pré-Outono e nas Resorts atuais:

Campanha Alberta Ferreti Outono/Inverno 2012 tem leve inspiração anos 60 e corte impecável, perfeita para mulheres que trabalham em ambientes mais corporativos.

Campanha Blumarine traz uma mulher sexy (um pouco demais), mas deixa a dica que renda em roxo fica incrível.

A Balenciaga e seus grafismos garante o lugar cativo do vermelho e azul, mas também traz o roxo combinado com preto e branco, para uma mulher mais moderna e urbana.

Dicas de como combinar roxo? Com tons terrosos, com laranja, amarelo e pink (para o color blocking), com verde, com dourado para um look mais sofisticado…

Será que existe alguma dúvida que o roxo vai dominar o próximo Inverno?

Fotos: Roberta Weber, wwd.com.

14 Comentários

Arquivado em Sem categoria