Arquivo da tag: Alice Dellal

Acessórios update- Jóias combinando.

BRINCOSVPARIS2

Era moda, aí perdeu espaço, e como o movimento é cíclico, o estilo “conjuntinho” para acessórios retorna. A Vogue Paris valoriza a idéia em seu editorial de jóias da edição atual. Esmeraldas, rubis…

BRINCOSVPARIS

A edição francesa oferece o estilo tradicional e o bem exagerado, com jóias oversized:

BRINCOSVPARIS4

Lorde, que é capa da última edição da Vogue Australia, também aparece com o styling desta forma na publicação:

BRINCOSVAUSTRALIA

Na Elle espanhola, Alice Dellal e versão delicada da tendência:

brincoellespain

 

Estilo praiano na Vogue Espanha, colar e brincos combinando:

brincosvspain

A idéia pode soar careta, mas o resultado não precisa ser nem um pouco chato: Na edição China da Vogue Itália, a comprovação com peças Givenchy:

BRINCOSVITALIA2Dá para ousar e compor brincos similares na mesma orelha:

BRINCOSVITALIA

 

Além dos brincos, vale adicionar os anéis ao combo , como na Marie Claire:

brincosmarieclaireuk

 

Emila Clarke na Marie Claire inglesa, várias argolas apenas de um lado:

brincosmcuk

Agora, se você não sente vontade de usar o estilo maximal, o acessório que nao tem erro na temporada é o brinco. Para vários estilos diferentes.

De um lado só, como já contei no post “Trend alert- Brinco solitário” Clica no link para relembrar.

BRINCOSTSRYLE2

A T magazine do NY Times fez um editorial incrível com vários versões em foco:BRINCOSTSTYLEFranjas metálicas:

BRINCOSTSTYLE4

Na Industrie com styling de Geraldine Saglio, remetendo ao estilo 80´s:

BRINCOSINDUSTRIE

 

Na Wall Street Journal, argolas grossas em clima anos 70:

tk

Finalizando com Jourdan Dunn na W

brincosw

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Inspirações

Clássico revisitado- O novo apelo das pérolas.

Pérolas sempre foram e serão clássicas, independente do que a moda anda ditando em uma temporada, usá-las empresta um ar atemporal a qualquer composição mais simples. Símbolos de tradição, muitas vezes denotam uma imagem mais conservadora. Desta vez, o seu allure fica mais forte em looks ousados e inusitados: Os grampos da Chanel, usados no desfile de Verão 2012 (foto acima), lembravam os mistérios do mar e seus tesouros. Colocadas em pontos estratégicos ficaram modernas.

Karl Lagerfeld também conseguiu transformá-las em apelo punk, acho incrível o efeito que elas causaram na campanha da bolsa “Boy” estrelada por Alice Dellal: Elemento clássico da Chanel (correntes, camélias, pérolas são marcas registradas da maison) misturado com uma estética rock´n´roll.

A Balmain com seu Inverno barroco, encantou com os ricos bordados. No caso, a pérola virou parceira perfeita do cristal. Reparem também como a peça em veludo ficou deslumbrante graças as aplicações:

Um dos looks da coleção na Vogue Alemanha do mês: Ombros quadrados e estilos anos 80. As pérolas fazem todas a diferença no resultado final.

Na Self Service, cristais e pérolas (claramente a combinação da temporada nos bordados) transformando a camisa de couro em peça nobre e nada casual:

O desfile da Dolce & Gabbana com seu barroco (olha aí de novo, lembram deste post aqui?) Siciliano , usou e abusou das pérolas nos acessórios. Correntes e pérolas na bolsa remetem aos anos 80, assim como as ankle boots com botões de pérola de influência vitoriana:

No resort da Chanel, inspirado em Maria Antoniêta e nas Harakaju girls, o colar de pérolas ganha leitura romântica e maximalista, conservadorismo passou longe:

A Elle America do mês traz o editorial “About a pearl”, aqui os looks tem estilo retrô, bem anos 30. Reparem nos sapatos de “peregrino” com salto alto, hit polêmico do Inverno 2012 de Marc Jacobs. Os colares de pérola são praticamente peças de roupa, envolvendo toda parte de cima do corpo:

Look Burberry e pérolas que nos transportam para a “era do Jazz”:

Vocês usam pérolas?

Fotos: Elle.com, Chanel.com, vogue.com, TheFashionSpot.

3 Comentários

Arquivado em Microtrend, Update das tendências

(Micro) Trend alert- Creepers.

Depois dos wedge sneakers, ou sneakers com plataforma escondida, que viraram febre pelas mãos de Isabel Marant, surge um novo hit, ainda mais controverso: Os Creepers! Na minha última viagem para Londres, fiquei surpresa com a quantidade de mulheres que vi usando o modelo. O nome não explica muito, mas o sapato/tênis com plataforma reta (flatform) é o atual eleito da maioria das Londrinas jovens. Sapato típico dos punks e também muito usado na primeira metade dos anos 90, são confortáveis e um pouco transgressores, criando um belo contraste com roupas mais leves, ou deixando looks ainda mais autênticos.

Fotografei as opções da Urban Outfitters, este modelo em preto é o mais popular. Mais marcas como Topshop, Jeffrey Campbell e 3.1 Phillip Lim criaram suas versões:

A verdadeira coroação da tendência ocorreu hoje, no desfile Resort 2013 da Chanel realizado no Palácio de Versalhes, onde as modelos exibiram looks dignos de uma Maria Antonieta moderna, bem ao estilo do filme homônimo de Sofia Coppola, misturado com as japonesas do bairro Harakaju (Popularizadas por Gwen Stefani): Shapes arquitetônicos, detalhes renascentistas como babados e rendas, cabelos coloridos e bordados ricos foram arrematados por creepers que variaram dos básicos pretos, tons pastel e até metalizados:

A cartela de cores da coleção trouxe o P&B, marca registrada da maison, as populares candy colors, toques de dourado remetendo ao universo nobre e o azul jeans. Tecidos luxuosos como chiffon, seda, fizeram companhia para paetês e tweed, resultando em um Resort ousado, mas mega interessante.

Formadoras de opinião como Alice Dellal e Susie Bubble do StyleBubble já usam os seus há anos:

A Prada pode ser apontada como a responsável, já que foi a primeira marca de luxo a levar os creepers para o mainstream. Lembram dos polêmicos modelos brogues do Verão 2010/11, estilizados com ráfia e listras? O sucesso foi grande e o sapato esgotou rapidamente:

Aqui no Brasil, eles também já deram pinta: Na passarela do último desfile da Triton:

Preciso admitir que torci o nariz para os creepers, mas no final da viagem já estava cogitando comprar um! Na moda, a máxima “nunca diga nunca” não deve ser ignorada. E vocês, usariam?

Fotos: FFW, RobertaWeber, Nylonmag, StreetPepper, Vogue.com.

4 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Microtrend

As marcas de jóia mais legais de momento- Parte II:

As jóias e bijus deixaram de ser discretas e complementos à roupa, para se tornarem verdadeiras protagonistas de looks pensados em volta delas. A grande responsável por isso foi a marca Lanvin que investiu  na idéia de “statement jewelry”, peças que não são necessariamente jóias (podem ser “fantasia”) que são tão marcantes e interessantes que criam looks incríveis com peças mais básicas. Cada dia surgem novos nomes à cena, influenciando diversos designers e “inspirando” as fast fashion o tempo todo. Selecionei seis marcas que considero as mais legais da atualidade. Hoje os dois designers que escolhi tem em comum uma temática: jóias inspiradas na natureza, em especial animais.

Pamela love- http://www.pamelalove.com

Minha segunda favorita, as criações de Love merecem atenção. Ela é responsável por diversas das tendências que surgiram em acessórios, como correntes com àgata, inspiração na natureza como falcões, ossos, garras. Ex-estudante de cinema e ex-stylist, Love lançou sua linha em 2007. Sucesso absoluto, suas criações são inspiradas “natureza, magia e música”, suas pulseiras de garra são sucesso absoluto. E já colaborou com marcas como TwentyTwelve, com a série da HBO True Blood e com a Topshop, em uma coleção de preços mais acessíveis:

 

Bracelete pentagrama:

Cruzes estão em alta, como já contei aqui, e Love trabalha com elas frequentemente:

Coleção para Topshop lançada este ano:

Dominic Jones- http://www.dominicjonesjewellery.com

Bem rock´n´roll , Jones tem como sócia Alice Dellal, sua maior garota propaganda, que desfila as criações  da sua marca ( iniciada em 2009) com spikes, pontas, dentes, referências à punhais. Jovens com influências rock´n´roll não são seus únicos fãs, uma de suas maiores entusiastas é Anna Wintour, editora-chefe da Vogue America (e inspiração para “O diabo veste Prada”). Jones deu uma guinada em sua carreira quando começou a explorar mais o reino animal em criações nada óbvias (fotos mais abaixo) e também produziu algumas jóias para Beyonce, como uma luva com garras:

A nova coleção lançada por Jones vem em clima menos agressivo e mais etéreo, apesar dos spikes e garras continuarem presentes, e foi modelada pelas musas do estilista como a cantora Florence Welch e Tallulah Harlech:

Peças inspiradas no mundo animal com ossadas e dentes:

As famosas luvas:

Para ver a Parte I deste post clica aqui.

Fotos: GradientMagazine, Net-a-porter,FashionNotes.com, StyleSight, DominicJones.com, PamelaLove.com, Topshop.com.

1 comentário

Arquivado em Acessórios, name to watch, Perfil