Arquivo da tag: Balenciaga

De olho na tendência- Surrealismo.

sustelladamienhirst

O surrealismo foi um movimento artístico iniciado nos anos 20 que visava derrubar barreiras entre sonho e realidade. Objetos fora de contexto, cenas extraordinárias em cenários mundanos, tudo que a imaginação permitisse, por mais absurdo, sempre com o objetivo de dar voz ao inconsciente. Artistas visuais como Man Ray e sua fotografia, Salvador Dalí e sua arte, e Elsa Schiaparelli na moda foram alguns dos seus principais expoentes.

Há mais de um ano, Albez Elbaz introduziu um clima surreal à sua coleção de Inverno da Lanvin. Desde que Raf Simons assumiu na Dior, ele também tem investido em toques surrealistas para enriquecer suas criações. A última coleção trazia desde o cenário até acessórios e peças com ilustrações de Andy Warhol com o mood:

sudior

Close-up Lady Dior em versão surrealista:

sudior2

Stella McCartney se uniu à Damien Hirst para criar ilustrações para seus vestidos Resort 2014. O resultado abre o post e também pode ser conferido abaixo. A boca, uma das marcas registradas de Dali, surge como destaque na peça:

sustella

Phoebe Philo sempre tenta inovar na Céline e no Verão 2014, o sapato tem formato e ilustração de pés, inclusive com unhas pintadas:

suceline

Na Balenciaga, galhos de árvore substituem as fivelas da sandália:

subal

A dupla Humberto e Carol da Kenzo criaram padronagem de olhos para substituir a mega bem-sucedida estampa de tigre da última temporada.

sukenzo2

Casacos, mantas, bolsas, tudo ganhou versão “eye”:

sukenzosu3

Até a campanha da marca mergulhou fundo na proposta:

sukenzo

Já comentei aqui que moletom vai ser a peça fetiche do próximo Inverno, e a Italiana MGSM investiu na colaboração com Toilet Paper. Adorei a estampa do primeiro:

ms2

ms3

A designer de jóias Delfina Delettrez sempre flertou com o surrealismo em suas jóias e ficou conhecida por usar shapes de insetos, nesta temporada ela investiu definitivamente na influência:

delfina

O short film feito especialmente para seu Inverno 2014 não deixa dúvidas da referência:

Momento surreal…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Inspirações, Minimal vs. Maximal, Trend alert

(Micro) Trend alert- Bracelete.

braceletevjapao

Acessórios fazem total diferença no look e há muito tempo vem ganhando atenção das grandes marcas. Muita mais fáceis de repetir, acabam sendo um investimento mais esperto. Observando as revistas de Setembro, notei uma predileção por braceletes.

A Vogue Nippon optou por bracelete duplo para sua capa e suplemento do mês. A tendência atual é diferente daquela de algumas temporada, ao invés do approach “Mulher maravilha” com pulseiras repetidas, a idéia é usar modelos diferentes em cada braço. Reparem no update ao icônico estilo de Holy Golightly de “Bonequinha de Luxo” na imagem de Cara Delevingne.
braceletevjapao2

A Bazaar Turca aposta no bracelete largo da Repossi, aliás a marca já ganhou post aqui “As marcas de jóias mais legais do momento- Parte I“:

bracelete

Na Vogue Ucrania, o styling da capa também abre espaço para o acessório em versão meio craquelada:

braceletevukraine

Na Vogue Turquia uma de ouro arremata o look Balenciaga:
braceletevmexico

Em editoriais, A versão russa da Vogue aposta no overload de acessórios e braceletes múltiplos enfeitam com referências étnicas:braceletevrussiaNa Marie Claire UK o lady-like é reinventado com sobreposições, as pulseiras emprestam um ar levemente punk:

braceletemarieclaire

A Vogue China também sugere, mas aqui a proposta é mais delicada, mas ainda dupla:

bvoguechina

Assim como na versão Thai, desta vez com modelos idênticos dos dois lados:

vthai

Para fechar, Alexander Wang é influenciado pelos anos 80 na Balenciaga com correntes bem largas nos braços e no pescoço:

braceletebalenciaga

Hora de investir na “arm party”…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios

A nova bolsa da Balenciaga- Le Dix.

dix

Com a chegada de Alexander Wang na Balenciaga, a promessa é um retorno ao icônico da maison, com todas marcas registradas de Cristobal Balenciaga misturadas com toque de modernidade. Direção esperta, já que dificilmente Wang conseguiria competir com a visão única e avant-garde de seu antecessor, Nicholas Ghesquiere.

Como já comentei aqui no site, artigos de beleza e acessórios sustentam as grandes marcas, já as coleções servem para vender o lifestyle aspiracional de quem consumir os produtos. Nessa fábrica de sonhos, o peso de uma bolsa que se torna hit é imenso. Um dos maiores desafios para Alexander será criar peças desejo, tarefa que ele provavelmente vai tirar de letra, já que construiu sua marca própria de maneira magistral e com linha de acessórios muito popular.

Começando com força, o modelo “Le Dix” é o novo lançamento. Com nome inspirado no número do primeiro atelier de Cristobal, a bolsa estruturada, austera e bem atemporal com influência vintage já chega chamando atenção.diz2

Cada bolsa leva seis horas para ser montada. Esse tom oliva, entra em uma cartela com branco, preto e outros tons neutros para o Inverno 2013/14:

dix3

Até hoje, o fenômeno é o modelo Motorcycle, best-seller no mundo todo e incasavelmente copiado (lembram das versões de moletom que as fast fashion Brasileiras fizeram há uns anos?). A Le dix é o extremo oposto, já que um dos maiores charmes do modelo antigo são as formas desestruturadas e o estilo despretensioso e leve:

motor

Em tempo, a coleção Resort da maison trouxe mais novidades no quesito. Novamente estruturadas e com alça de corrente, o modelo bem minimalista P&B tem grandes chances de ser bem-sucedido:

bal

Vocês curtiram a “Le dix”?

Fotos: Reprodução e CRFashionBook.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios

Nome para guardar- Atto.

atto3

Com apenas uma coleção e uma comparação ao estilo de Nicholas Ghesquiére, a estética da neo marca Atto chega surpreendendo. Peças chamativas são perfeitamente incorporadas à uma coleção repleta de clássicos insubstituíveis, sem esquecer de adicionar elementos interessantes. A blusa de paetês prata é a estrela de mais de uma proposta, mostrando sua versatilidade.

A saia com assimetria e fenda exagerada ganha frescor e elegância com o maximalismo da blusa:

atto

Poucas cores com adição das primárias. Aqui o conjuntinho azul Klein bem utilitário ganha característica hi-lo pelo uso da blusa. Aliás, a combinação desse azul com prata foge da obviedade e funciona perfeitamente:

atto2

Complementando com lado mais esportivo, vale a pena observar a escolha da sapatilha de bico fino, emprestando um ar meio 60´s às composições:

atto4

Pequenos detalhes que ajudam a reinventar peças clássicas, como a camisa branca com corte severo e recorte lateral:

atto5

A coleção Resort 2014 é a primeira da marca, formada por três designers. Já deu muita vontade de descobrir o que mais vem por aí.

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, name to watch, Perfil

Trend alert- Os casacos do pré-outono.

coverup

Esse post estava guardado nos rascunhos do site porque quando escrevi, os dias ainda estavam quentes demais para pensar no assunto. Ainda estou em Londres (congelando com neve e temperaturas negativas) e sei que no Brasil o Outono já começou a aparecer. Por isso vale a pena conferir as apostas da temporada pre-fall para se aquecer nos dias frios.

Começando com modelos trespassados com influência super masculina, eles garantem um resultado elegante e apropriado para trabalhar e ocasiões mais formais. Andrógino na Balenciaga (centro) e feminino devido ao detalhe com pele e luvas na Gucci (último look).

O meu favorito, e também mega popular no Outono/Inverno recém-apresentado por aqui, as capas ou pelerines chegam com força e garantem sofisticação e um ar de mistério. Confesso que atualmente ando obcecada com o modelo. Em couro na Givenchy, mais clássico na Chloé, com influência oriental na Stella McCartney e P&B 60´s na Pucci:

coverup2

A silhueta oversized continua muito popular e surge em todos os estilos de casaco, quanto mais amplo melhor. O modelo duffle do centro é da Carven e empresta um ar college despretensioso. Reparem também como o tom preto perde a majestada para camelo e navy:

coverup3

Para finalizar, uma alternativa para fugir dos momentos gelados: O colete de pele, onipresente há várias temporadas surge colorido e alongado. Ótimo para sobrepor peças de lã nas temperaturas mais baixas ou blusas mais leves enquanto o tempo permitir.

colete

Qual desses vocês vão usar no Inverno?

Ainda tenho muita coisa para comentar sobre os meus dias por aqui. Aguardem esta semana!

Fotos: Vogue.com

Deixe um comentário

Arquivado em Trend alert

As novas bolsas da Saint Laurent e Dior.

Pequena pausa nos posts sobre a temporada internacional de Inverno, para falar um pouco sobre um dos assuntos favoritos (meus e das leitoras do site): Bolsas!

Na última Paris Fashion Week em Outubro, a expectativa era grande para conhecer a nova “cara” da Yves Saint Laurent e da Dior. Com a estréia de Hedi Slimane, especialista em menswear com influência rock´n ´roll, e de Raf Simons, famoso pelo seu minimalismo e ex-Jil Sander, respectivamente.

Já comentei aqui inúmeras vezes sobre a importância dos acessórios para cada marca, a função deles junto com os produtos de beleza é representar o lifestyle e torná-lo acessível para quem não tem possibilidade de consumir o prêt-à-porter. Então hoje em dia, o poder de um estilista pode ser avaliado pela capacidade de criar bolsas, sapatos, perfumes (…) desejáveis e que se tornem best-sellers.

Começando pela rebatizada Saint Laurent. A primeira aposta é bem minimalista e elegante, o modelo bowling está em alta como comprovam a linha de Sofia Coppola para Louis Vuitton e a bolsa Lucrezia da Givenchy. Esta da Saint Laurent já virou hit:

sl2

Uma das minhas favoritas, O modelo abaixo lembra um pouco a Birkin da Hermés, mas menos estruturada. Gostei muito da camurça e do tom terroso:

sl

E para noite três novas opções, minha eleita é o modelo Betty, homenagem à musa de YSL, Betty Catroux, disponível em dois tamanhos. A alça de corrente empresta glamour e um ar meio 80´s:

betty

Já a Dior não é tão celebrada por suas bolsas, apesar de modelos icônicos como a Miss Dior. Esta, de linhas simples e formato interessante, é bem estruturada e para o dia. Notem que os tons pastel serão fortes nos acessórios da Primavera/Verão do hemisfério Norte:

cd2

E a reedição da clássica tote. Bem clean, mas com as inicias da marca. Refletindo bem a coleção de Raf:

cd1

Minha preferida da Dior é o modelo Bar, com o nome do clássico corte de casaco criado por Christian Dior no new look, o mais interessante é o fecho, lindo e sofisticado.

dior

Mais um para observar: Novato na disputa, é Alexander Wang que apresentou sua primeira coleção como diretor criativo da Balenciaga semana passada. No rastro das mega bem-sucedidas, Motorcycle bags da marca, resta ver se Wang vai obter êxito ao criar novos modelos. Minha aposta é que sim, já que em sua marca própria ele lançou a super desejada, Rocco bag. Na Balenciaga, formato boxy e detalhe de ferragem lindo e um pouquinho punk contrastando com o shape mais severo:

bal

Quem vocês acham que levou a melhor na disputa?

Fotos: ChristianDior.com, SaintLaurentParis, Vogue.com

3 Comentários

Arquivado em Sem categoria

Vontade do dia- Babados.

babadogivenchy

Babados nunca foram meus favoritos. Aliás, nada que agregue volume faz muito a minha cabeça. Mas a graça da moda é observar maneiras diferentes de usar uma tendência e então enxergar como ela se adapta ao nosso estilo. Uma das maiores apostas da temporada Primavera/Verão 2013, o efeito retorna em looks minimalistas, mas mega femininos.

Na versão 2013 eles ganham forma mais rígida e estruturada. A melhor maneira de experimentar é no detalhe, como na barra da saia ou nos punhos da camisa/blusa.

Riccardo Tisci mostrou como deixar babados em P&B e tons pastel com cara adulta e contemporânea. O equilíbrio perfeito entre o romântico e o moderno.

Na Marie Claire, Keira Knightley mostra look Balenciaga. Fiel às origens espanholas da Maison, Nicholas Ghesquiere encerrou sua estadia como diretor criativo com uma coleção que brincava com gráficos e influência Flamenca.

keira

O mesmo look na campanha:

bal

E usado por Kate Moss no editorial de capa da ID. Já deu para perceber que essa saia com babados oversized e formas arquitetônicas será hit nos próximos meses (ao menos nas publicações especializadas)!

id

A saia branca em formato flute, aparece em clima “Boogie nights” na Vogue Italia:

rufflesvitalia

A Gucci aposta nas túnicas com detalhes de babados, também influenciada pela estética 70´s. Reparem na continuação do monocromático em tons vivos:

rufflesukbazaar

Na Lula, os babados tem apelo anos 80 e espírito mais jovial:

ruffleslula

No Pre-fall da Valentino, elegância máxima e tradição no styling anos 60:

ruffleprefallvalentino

Vão aderir?

Fotos: Zinio, Vogue.com,

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Trend alert, Vontade do dia