Arquivo da tag: Carine Roitfeld

Imagens do mês- Update das tendências.

Como já virou costume no site, mais uma vez venho trazer as melhores imagens, das publicações de moda mais incríveis e que melhor ilustram as tendências que já comentei aqui, é só clicar no link acima de cada foto para ser direcionada aos posts onde explico direitinho cada idéia .

Começando com um editorial da revista mais esperada por mim, a edição inaugural do CR Fashion book, novidade da minha eterna musa, Carine Roitfeld. A edição, que mais parece um livro, não decepcionou em nada e trouxe muito da marca registrada de Carine como stylist e um olhar fresh sobre o que está acontecendo na moda atualmente. Os anos 80 são a década da vez, e a foto acima demonstra bem.

Eu comentei no post “#NYFW- O tipo de estampa da vez.” como tapeçaria seria popular no Inverno, em estilo nômade moderno, reparem nos pés:

 

“Roxo e todas suas nuances para as próximas temporadas”, muita gente liga a cor como algo fúnebre, Carine levou a inspiração ao pé da letra, sempre com imagens provocantes e que fogem do lugar comum:

 

A silhueta XXL foi tema do post “Inverno 2012- Super size me” e surge na Vogue América:

 

Na Vogue Paris, em tamanho cômico:

 

E na indie O32C:

 

Na Bazaar Americana o destaque é para a jaqueta maxi, que eu comentei no post “Vontade do dia- Jaqueta oversized”:

“Inverno 2012- 13-:Drama” permeia a temporada, a capa da ID aborda a estética:

 

E no recheio em vermelho total:

 

Brocados e tecidos metalizados foram tema deste post “#LFW- Estampas metalizadas” e ilustram a opulência do Inverno, aqui  na Vogue USA, em editorial estrelado por Keira Knightley:

 

Cavalos são os animais fetiche como comentei em “Trend watch- Inspiração cavalaria”, na Another Magazine ganha ar S&M em look Givenchy:

 

Yves Saint Laurent criou muitas tendências, entre elas a Safári que ganhou post aqui “Trend alert- Safári Urbano”, a Bazaar UK destacou a moda:

O militarismo é outro que saiu do ostracismo para ganhar as ruas mais uma vez, no post “Inverno- Uniformizadas” eu conto um pouco mais. Aqui a versão ultra cool da Vogue Paris:

Perguntei ano passado no post “Trend Watch- Será a volta do patchwork ?” e parece que a resposta é sim…Ao menos a Vogue Russa concorda:

 

Decorativismo trouxe muita coisa, inclusive “O novo apelo das pérolas”, aqui em toda sua exuberância na capa da Vogue Russa:

Os acessórios não ficam de fora: Os colares statement ganharam atualização como contei aqui “(Micro) Trend alert- Maxi pingente”, a Vogue Holandesa aderiu:

E os maxi brincos já foram anunciados como “A peça statement do Verão 2012“, vale prestar atenção já que na temporada de Verão 2013 eles seguem absolutos. Na Vogue Espanha o clima é futurista e o tamanho mega mega:

 

Qual imagem vocês mais gostaram?

Fotos: Reprodução.

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Inspirações, Update das tendências

Roxo e todas suas nuances para as próximas temporadas.

Ano passado, durante os meses que passei em Nova Iorque, contei que a cor do Outono/Inverno seria o roxo. De fato, a cor era muito popular, mas em opções mais comportadas como combinado com p&b ou em looks monocromáticos. Agora, as opções são inúmeras, passando por todas as nuances da cor, indo do lilás ao violeta, até o roxo fechado e sofisticado. As maneiras mais atuais de usar a cor? Em tecidos com brilho ou combinado com vermelho! Para o Verão, aposte no pastel blocking, combinando o lilás com outros tons pastel.

Lendo as publicações internacionais do mês, prestei atenção nas campanhas de Outono/Inverno que acabaram de sair. Muitas contendo o roxo. A Vogue UK também identificou a tendência para o próximo Inverno:

Tons como roxo combinam muito com estações frias e uma moda mais sóbria. Mas os estilistas não pretendem deixá-lo apenas para o frio, nas coleções Resort o violeta surgiu forte e com brilho no longo de Zac Posen e no combo moderno de Markus Lupfer:

Nos detalhes ele também ganha destaque: Reparem no clog da Louis Vuitton, em opção de tom fechado, e nos detalhes em lilás da coleção de Pedro Lourenço. Tons pastel são aposta para o Verão, e o lilás é uma ótima alternativa para aderir!

O roxo em seu tom forte e vibrante, aparece no Inverno 60´s da Prada e no da Givenchy, na foto que abre o post.

Passando aos tons esmaecidos, como sugere a Balenciaga (aqui em editorial da Elle Americana),unindo as duas apostas mais fortes para usá-lo: Com brilho e combinado com vermelho.

Tons terrosos e neutros são os eleitos do Inverno excêntrico e luxuoso da Louis Vuitton, observem ao fundo a proposta em violeta e lilás com toque de brilho:

Combinado em estampas ao estilo psicodélico ele é absoluto na temporada (Notem na combinação vermelho + roxo novamente):

Na Glamour UK, a versão do terninho com apelo anos 70 (O loafer de salto da Miu Miu se estabelece como o sapato mais desejado da estação):

Nos acessórios, o tom favorito é o violeta: Na bolsa de crocodilo da Bottega Veneta, bem lady-like, e no sapato com aplicação da Pucci:

Nas ruas também já aparece, mas ainda tímido. As calças coloridas andam populares há algum tempo, uma skinny lilás ajuda a atualizar o look para o Verão:

Uma bolsa estruturada é ótima aquisição para a próxima estação, se for em lilás, melhor ainda…

No Inverno, o colorblocking Invernal é ótima idéia, reparem como a cor funciona com tom queimado:

Roxo denota luxo, as extravagantes podem combiná-lo com preto e algum acessório metalizado, criando uma cartela sofisticada com peças ousadas:

Para fechar, quem me conhece sabe da minha profunda admiração por Carine Roitfeld, que lança sua revista CR ainda este ano. A primeira foto de preview foi divulgada e olhem só a escolha de cores: Violeta com acessórios em vermelho.

Se até a Carine aposta…

Fotos: Vogue.com, Glamour, Louis Vuitton, Balenciaga, Givenchy, StockholmStreetStyle, Style.com, VanessaJackman, ElleUS, VogueUK.

2 Comentários

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Inspirações, Microtrend, Minimal vs. Maximal, Trend alert

#Trend alert: Decorativismo.

O nome soa familiar, mas muita gente ainda não compreende exatamente o que o termo significa. Tendência top para o Verão 2012, a moda decorativa vai continuar com mais ênfase ainda no próximo Inverno. Uma evolução do maximalismo, o decorativismo envolve bordados, pedrarias, pérolas, paetês, deixando as roupas mais luxuosas e com aspecto de verdadeiras jóias.

Lembram deste post “Muita riqueza nos detalhes”? Foi na Paris Fashion Week do último Verão que a tendência ganhou força. O resultado pode ser obtido através de acessórios, para as mais discretas, ou em um remix de informações. As passarelas e as revistas apostam com tudo, como a capa da Vogue Inglesa de Junho acima, o look usado por Kate Mossa é Versace, vale lembrar que Gianni Versace foi um dos maiores incentivadores desta moda nos anos 80 e 90.

No tradicional baile do Met, que ocorreu esta semana celebrando a nova exposição “Schiaparelli and Prada: Impossible Conversations”, e conta com um tapete vermelho digno de Oscar, três das minhas favoritas usaram looks decorativistas de Giambattista Valli, Givenchy e Prada.

Aliás, Miuccia Prada foi a maior entusiasta do decorativismo com toque intelectual no Inverno 2012-13, na Prada e na Miu Miu:

No Inverno da Valentino, looks cuidadosamente embelezados: Nada ficou de fora!

Detalhes luxuosos do desfile de Inverno da Chanel,  inspirado em cristais:

As bolsas em especial, acompanham os looks completos. As duas novidades da Prada e da Chanel para o Outono/Inverno 2013 confirmam:

Nos editorias, a tendência surge mais conceitual, como neste exemplo da Interview:

A coleção de Verão da Dolce & Gabbana, acompanha o mood em tons coloridos, este vestido é um dos favoritos das publicações especializadas. Aqui em foto da Vogue Itália:

Riccardo Tisci nunca deixa de ousar, e sua polêmica coleção de Alta-costura para Givenchy, trouxe brincos e piercings gigantescos e enfeitados. Aqui, modelados por Karlie Kloss na Vogue UK:

Cristais podem ser mais comedidas e usáveis,  decorando peças e acessórios, como esta jaqueta na Vogue Russa:

Verão 2012 da Prada, os casacos ganharam atenção especial com bordados de pedras em candy colors:

Na prática, esta moda não fica restrita a Anna Dello Russo, um mix hi-lo com toques de decorativismo deixam os looks mais interessantes.

Carine Roitfeld foi de suéter masculino da Givenchy decorado com estrelas, o óculos estilo aviador e o cabelo solto emprestam um ar cool:

Giovanna Battaglia optou por casaco Prada da coleção de Verão, mas rosto clean, cabelos presos e acessórios  minimalistas:

Festas permitem mais ousadia, sem perder a elegância, como mostra Diane Kruger em capa bordada de Jason Wu: Coque alto, nenhum acessório e sandália de tiras finas, permitindo que a atenção máxima fique na peça decorada:

Update: Acaba de ser divulgado o look book de Inverno 2012-13 da H&M, e o decorativismo é uma das maiores apostas, neste caso o ponto alto é o boné:

Quem vai aderir?

Fotos: Vogue, Prada, Chanel, JustJared, Vogue UK, Roberta Weber, TheFashionSpot.

5 Comentários

Arquivado em Inspirações, Trend alert

Para usar já: Trophy Jacket.

Sabem aqueles dias, especialmente os mais frios, que a única idéia é um look sem graça? Uma peça pode resolver seus problemas: As trophy jackets! Onipresentes nas últimas temporadas, elas são versáteis e eternas, basta investir em uma que combine com seu estilo que ela ficará no seu armário por muito tempo!

Ano passado, comentei sobre o “Hit da temporada- Trophy pants”, o post tratava sobre as inúmeras inovações nas calças: Estampadas, texturizadas, metalizadas, etc. Apesar de na teoria a idéia ser ótima, na prática não são todas as mulheres que se sentem confortáveis chamando atenção ( a agregando volume) para a parte de baixo. E este é o grande trunfo das jaquetas, sua democraticidade (todo mundo encontra uma para chamar de sua) e inúmeras variações.

Nas passarelas, surgiram firmes para o Verão 2012: Versão “toureiro” na Moschino, psicodélica glam para Cavalli e delicada na Chanel.

E continuaram, em versões ainda mais luxuosas e decadentes, na temporada Pre-fall. Destaque para Balmain e Pucci:

Ilutrando a capa da Vogue Australia, um dos melhores exemplos de trophy jacket da Balmain:

A Balmain é especialista em desenvolver jaquetas “troféu” com detalhes riquíssimos, como mostram Olivier Rousteing, estilista da marca, e Emanuelle Alt, usando dois exemplos incríveis:

Mas e quais as possibilidades da temporada?

As jaquetas de couro podem ter detalhes interessantes como ombros marcados, bordados e tachas:

Ombros estruturados:

Brilhos, paetês e metalizados não foram esquecidos e continuam fortíssimos, para arrasar em looks de festa, ou para serem usadas despretensiosamentes durante o dia.

A jaqueta “Dylan”, com corte esportivo e paetês da Iro, é hit absoluto:

Nas ruas, inspiração em tons pastel:

Ou em estilo hi-lo:

As mais clássicas podem apelar para caimento impecável e alfaiataria, como estes exemplos da Givenchy e Stella McCartney:

Cortes assimétricos ou com peplum também são populares:

Talvez a mais clássica de todas (e possivelmente primeira trophy jacket), a jaqueta de tweed da Chanel ganhou até livro fotografado por Karl Lagerfeld e editado por Carine Roitfeld “The little black jacket”:

Estampas nos mais variados estilos, de animal print à estampas de lenço, impossível não encontrar alguma que combine com seu gosto pessoal. O blazer é uma ótima alternativa, já que seu corte complementa praticamente todas silhuetas:

No clássico shape perfecto ou em formato boxy nas criações de Mary Katrantzou e Chritopher Kane:

Cortes esportivos também não ficam de fora:

As varsity jackets são as favoritas da estação para o estilo esportivo:

Franjas e inspirações étnicas completam o grupo de opções para o Inverno:

Tie-dye com embellishments na campanha de Verão de Isabel Marant:

Qual delas é a sua favorita?

Fotos: Net-a-porter, style.com, IsabelMarant, Topshop, Iro, ElleUK, BazaarUK, Zara, StreetPepper, Caroline´sMode.

5 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert

Nos pés: Um ode aos anos 80 e mais metálicos.

Analisando as coleções pre-fall e no embalo do recém-lançado Verão do hemisfério Norte, notei duas tendências para os pés que prometem dominar os próximos meses:

Combinação mais que clássica dos anos 80, meia soquete + sapato eram praticamente uniforme das meninas ligadas em moda. Graças a Deus a tendência tinha ficado para trás…até agora, na temporada pre-fall, o atemporal escarpin se firma como sapato favorito (eles nunca saem de moda), e a maneira mais atual de compor looks com ele? Arrematando com meias curtinhas. Como as coleções são prévias do Inverno, ainda dá para deixar as pernas de fora. No auge do Inverno cabe a cada um julgar- Friorentas crônicas como eu não poderão aderir.

Estética super cool nas coleções de Prabal Gurung com apelo gráfico e ankle boot de bico fino, reparem que só um pouquinho da meia aparece. E na coleção de Vera Wang,  blusa mullet com jaquetinha ajustada e o tão celebrado escarpin, observem que a meia não é do mesmo tom do sapato, deixando o truque mais evidente, se o sapato e a meia tiverem a mesma cor o resultado fica mais discreto.

O vestido estilo prom anos 50 McQueen é combinado com sapato de salto fino e meia curtinha de renda- brincar com a textura da meia é ótima idéia para inovar. Alexander Wang opta por scarpin + meia na mesma cor. Na Missoni a meia mais comprida de lurex fica na mesma cartela de cores da ankle de estampa zig zag. Já na coleção da Opening ceremony, o vestido preppy faz companhia para a meia de lurex e o sapato Mary jane estilo disco.

As meias estilo colegial, usadas logo abaixo do joelho também apareceram. Típicas dos anos 60, elas emprestam um ar nostálgico aos looks.

Para o Verão chegando lá fora, Carine Roitfeld escolheu meias curtinhas usadas com sandálias flat para o styling da campanha da Chanel. Apesar de Carine ser minha stylist favorita, para mim este look só funciona como imagem de moda…

Na nova colaboração de Jason Wu com a fast fashion Target, o mocassim é usado com meias brancas curtinhas em estilo preppy.

Outra parceria, a de Karen Walker (os óculos da marca são objetos de desejo)  com Anthropologie também recorre ao truque de estilo: Sapato masculino, meia e mistura de estampas.

Evolução da febre dos metálicos que já estamos vivendo, e que aparentemente não tem previsão de acabar, no Inverno o sapato mais legal vai ser a botinha de bico fino e metalizada, prata e dourado estão valendo. Na Chanel visual mais gypset, na Theysken´s Theory rock´n´roll cool e urbano.

Também estilo masculino no Inverno oversized de Derek Lam, nos pés o brogue dourado vivo. Mais sóbria é a opção de Reed Krakoff, ankle boot prateada fosca.

Os clássicos também vão aparecer em verão metal, na Jil Sander a opção é pelo já mencionado escarpin em verde metalizado, já na 3.1 Phillip Lim é a sandália dourada a eleita.

Qual das duas tendências vocês preferem?

Fotos: Style.com, Vogue.com, Fashionista.com.

2 Comentários

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Trend alert

O (polêmico) sapato hit do verão 2012:

A genial stylist Carine Roitfeld, não tem medo de ousar no seu estilo e vive experimentando tanto no seu trabalho, quanto no seu guardarroupa pessoal. Não é a toa que seu livro chama-se “Irreverent”, mas quando Roitfeld é perguntada o que JAMAIS usaria na moda, sua resposta é sempre a mesma: Mules.

Sim, vocês lembram daquele sapato aberto atrás, muito usado nos anos 90 que parecia ter caído no ostracismo fashion eterno? Eis que ele ressurge das cinzas e se estabelece como o sapato do próximo Verão!

Na Louis Vuitton junto com outro difícil- o scarpin branco- foi o favorito, em versão atualizada com bico fino e captoe metalizada:

O modelo da Vuitton e o clássico de Roger Vivier, aberto na frente:

Mas Marc Jacobs não foi o único, o modelo escolhido pela Fendi como aposta também foi o próprio, em versão color blocking e com listras:

Modelos mais clássicos, mas com detalhes especiais como renda, mesh, laço e transparência, o modelo com lanço é da marca Bally :

Os estilistas também inovaram fazendo pequenas modificações no shape tradicional do sapato: Nicholas kirkwood em versão marrom, Jerome C. Rousseau e Miu Miu apostam na tendência bicolor e tricolor, e na Rochas, o salto ganha destaque.

No Inverno atual já figuram em quantidade, aqui uma foto dos modelos da Prada na BarneysNY:

A má notícia, é que o modelo parece ter voltado para ficar: Na atual temporada Pre-fall, Oscar de la Renta mostrou mules que lembram loafers e também com detalhes em pele:

A Chanel, com sua coleção inspirada na India, também colocou o mule na passarela. Quem gosta?

Fotos: Vogue.com, BarneysNY.

3 Comentários

Arquivado em Acessórios, Fashion Week, Inspirações, Trend alert

O “novo” shape.

Na moda, hoje em dia,é difícil criar algo novo, a maioria das coisas ganham releituras e um novo frescor através de idéias de styling , silhuetas ou cores. Junto com as referências anos 40 da última temporada de Outono/Inverno, os comprimentos no joelho (um pouco acima, ou bem em cima) voltaram com tudo. Mas vale lembrar que a idéia do look secretária, ou qualquer outro clichê ligado com este tipo de forma deve ser esquecido. A tendência é democrática, adaptável à todos estilos e ótima aliada para usar peças um pouquinho mais complicadas de traduzir para a “vida real”.

Nos desfiles de Verão 2012 foi uma das silhuetas que reinou, o “new look” da Dior foi super referenciado, o que explica a moda dos peplums ou basques, espécies de sainhas no cós da saia ou vestido. Na minha opinião, bem mais interessante foi o estabelecimento do comprimento nos joelhos e as diversas inspirações para aderir: Na Chanel, ares de sporstwear deluxe no look branco. Na Prada, a saia de couro com a blusa estampada fica chique e inusitado. Na passarela do Hakaan, minimal com glamour na saia de paetês. E no desfile da marca Proenza Schouler, o vestido com luvas é look perfeito para uma das principais entusiastas desta moda…

Uma das responsáveis pelo retorno da silhueta é Kate Middleton (que iria amar o vestido Proenza na montagem acima), gostando ou não da moça, é inegável seu lugar como, provavelmente, a maior influenciadora do momento. Tudo que ela usa vira notícia e é copiado por mulheres no mundo todo. Vestidos envelope, azul-noite, espadrilles, fascinators, todas estas tendências foram aprovadas por Kate e caíram nas graças de suas seguidoras. A saia lápis é sua principal aliada em eventos mais formais, e, na maioria das vezes, a escolha é acertada.

O retorno ocorreu no Inverno passado, junto com o clima fetichista e luxuoso da última temporada prêt-à-porter, na revista Flare o brocado Pucci foi o escolhido:

Na Marie Claire UK, bem menos teatral que o exemplo acima, o vestido de paêtes Prada no comprimento do momento é combinado com blazer e meia-calça preta, chique e ótima maneira de atualizar o vestidinho branco:

O look não precisa ser tradicional e inspirado na esposa do futuro rei da Inglaterra, a Vogue América de Dezembro sugere um styling futurista, com muito brilho e dourado, super conceitual. O que fica de idéia é a combinação de preto mais dourado, e a opção da saia lápis de cintura alta, criando um efeito longilíneo e moderno.

Nas coleções Resort, o comprimento também marcou presença, uma das tentativas mais bem sucedidas foi feita por Riccardo Tisci na Givenchy. Aqui em editorial da revista W. A saia lápis é a melhor opção para quem quiser arriscar o uso das blusas cropped, febres da próxima estação, que deixam um pedaço da barriga de fora. O look estampado da Givenchy ilustra a idéia:

As personalidades mundiais já começaram a atualizar suas escolhas de red carpet de acordo com esta nova direção: Natalia Vodianova optou pelo look Verão 2012 Givenchy, com direito a peplum e paêtes.

Kate Bosworth também optou por look direto da passarela, este Proenza Schouler, olha o comprimento no joelho com a parte de cima cropped, efeito incrível:

Natasha Poly optou por um Givenchy do Inverno 2011-12, fica a dica para quem quiser usar transparências, ou decotes mais ousados: O comprimento alongado garante o bom gosto no resultado, além de ficar super moderno e sexy na medida.

Leigh Lezark deu graça à silhueta ao optar por saia-lápis com babados na barra, a escolha da bolsa pequena com alça longa também deixou o look mais legal ainda:

Chanel Iman usou a saia preta, bem clássica, com toques étnicos, direto da polêmica coleção Verão 2012 de Kanye West:

Carine Roitfeld, musa absoluta deste site e eterna fã deste comprimento, optou pela saia estampada Givenchy:

Nas ruas, as saias também já começam a dominar, este exemplo de saia com estampa de cobra é super atual:

Mistura de referências no look de Garance Doré: A saia clássica de tweed ganha update com camisa usada de maneira mais despojada e a bolsa Alexa de animal print, para inspirar já.

Fotos: Style.com, Vogue.com, Wmagazine, Sartorialist, Storemags, JustJared, Elle.com.

1 comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert