Arquivo da tag: Delpozo

#NYFW- Favoritos Verão 2016.

nydel

A semana de moda de NY ainda não chegou ao fim, mas eu tive a “ousadia” de já vir dividir meus looks favoritos da temporada americana de Verão 2016 (não rolou Marc Jacobs, Proenza Schouler, nem Calvin Klein ainda, então este post é um pouco precipitado).

Apesar de com fôlego para os anos 70, a década de ouro do momento para os designers parece ser a de 90. Carolyn Bessette a musa não declarada. Pensem em cetim, camisolas, silhueta languida e minimal, muitas referências esportivas, assimetria, comprimentos midi em shapes ajustados, Calvin Klein, Helmut Lang..,

Começando com meus favoritos: Delpozo, que já havia ganhado este posto ano passado continua seu reinado. Não consigo superar a precisão das peças e a qualidade e encanto dignos de alta-costura. Também gosto muito do ar lúdico, mas moderno que eles imprimiram. O look que abre o post foi o que mais gostei, mas este abaixo também foi especial. Reparem na construção e estrutura do vestido.

nydelpozo

No outro extremo, fiquei extasiada com a estréia da dupla da Public School na DKNY. 90´s na veia, com a alfaiataria exata, tipo aquela vontade incontrolável de transferir todos os looks para meu armário já:

nydkny

Vestido-blazer:

NYDKNY3

Cartela de neutros e nada mais é necessário:

NYDKNY2

Na marca própria, adorei a vibe sporty:

nypublicschool

Alexander Wang comemorou dez anos de sua marca, sem nenhuma grande novidade, mas ainda com o dedo no pulso do que os “jovens” querem. Que arrebatou meu coração, apenas esta jaqueta e as birkenstocks estilizadas:

nyawang

Toque street boho na Coach que tem me agradado bastante nas mãos de Stuart Vevers:

nycoach2

Na Rag & Bone, o corte de vestido da vez, tanto para o casual, quanto para a noite:

nyrag

Reparem na versão do mesmo por Victoria Beckham, adorei o vichy oversized e o sapato masculino (outra marca dos anos 90 que foi campeã nas coleções):

nyvictoriabeckham

E na Cushnie et Ochs, sofisticação bem recortada:

nycushnie

Feminilidade mais intelectual, mas não menos sexy por Rosetta Getty:

nyrosettagetty

Ainda no tema assimetria, as fendas são apostas certeiras. Minhas favoritas surgiram na Opening Ceremony:

nyopening

E no Altuzarra:

nyaltazurra

No comprimento maxi, adorei a versão de Michael Kors:

nymkors

Transparência e leveza foram as palavras chave de Prabal Gurung:

nyprabal3

Chegando definitivamente na hora noturna, Zac Posen arrasou na versão dark de cetim do vestido de casamento (por Narciso Rodriguez) de Carolyn Bessette:

nyzac

Carolina Herrera surgiu com separates lindos e bem versáteis para uma festa de gala. Adorei o volume da saia e a cartela de cores:

nycarolinaherrera

Fechando com o espetáculo da Givenchy, que transferiu seu desfile para Nova Iorque e emocionou com looks dignos da comoção que causaram. Um pout-pourri de tudo que já aprendemos a esperar (e amar) de Riccardo Tisci com requinte da saudosa couture da maison:

nygyvenchy

nygivenchy3

nygivenchy4

Fotos: Vogue.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Inspirações

#NYFW- Favoritos Inverno 2015.

ck

Oficialmente aberta a temporada de Inverno 2015 e com o fim da primeira etapa, a NYFW, eu vim trazer meus favoritos da semana nova iorquina. Pequeno resumo do que já podemos antecipar: Comprimento midi em shape mais ajustado, xadrez em todas suas versões do vichy ao tartan, militarismo, o mood é uma mulher forte e provocante, elementos masculinos contrapostos a todo instante com símbolos de feminilidade. Nos modelos noturnos, os tecidos com brilho imperam. A cartela de cores traz muito preto, marrom, terrosos, verde militar e toques de vermelho e burgundy. Nos calçados, botas bem pesadas tem vez, assim como a continuidade das botas cuissarde (acima do joelho), sapatos masculinos completam o time. Para bolsas, os modelos com franjas não perdem o posto e surgem nas clutches até modelos bem oversized.

3.1 Phillip Lim sempre veste as moças mais cool, dessa vez a fonte escolhida é o militar e o grunge tudo adaptado com muita sofisticação. Adorei o styling de sobreposições do look que abriu o desfile:

ny31

Alexander Wang foi para o cyber punk, estética bem construída e uma sensualidade hardcore:

nywang

 

alexwang

Altuzarra ganha quando aposta no sexy com alfaitaria que o tornou famoso e perde, quando lembra Ralph Lauren apelando para peças mais românticas com mood anos 70. Destaque para a cartela de cores de azul claro, caramelo, bordô. Os vestidos de festa usados com blusas de renda estilo vitoriano foram uma bela idéia:

nyaltuzarra

Delpozo e seu ode à arquitetura e à antiga alta costura, impossível não se encantar com o acabamento primoroso:

nydelpozo

Jason Wu seduziu com seu militar chic e bem clean:

nyjason

Michael Kors elegeu uma cartela de cores digna dos dias outonais mais lindos e investiu em uma mulher intelectual, ecos de anos 40 e 60 e uma leve homenagem de styling à Margot Tenembaum garantindo minha atenção:

nykors

J. Crew sempre válida para inspirar looks mais “reais”. Ótima sacada casar o vestido de paetês com parka:

nyjcrew

Narciso Rodriguez reproduziu o guarda-roupa dos sonhos de uma mulher 90´s, daquelas fãs de Carolyn Bessette:

nynar

Pedro Del Hierro, a marca espanhola apresentou uma coleção com o pé na era disco, mas acertou em cheio ao modernizar as peças com toques inteligentes (e funcionais) de styling. O casaco doudoune deu acabamento perfeito à calça cropped:

nypedro

A mulher austera e luxuosa da The Row, aparência sempre impecável sem demonstrar nenhum esforço:

nyrow

Victoria Beckham já fez minha coleção favorita da NYFW e não decepcionou nesta temporada, a silhueta extremamente bem pensada e fiel à mulher criada pela marca ficou ainda mais interessante. Esse look foi meu favorito pela inteligente mistura de texturas e delicado movimento da saia midi:

nybeckhamRodarte, fez um mix da era disco com traços de montaria e punk. O ponto alto foram as calças de cintura alta, shape que ganhou apelido de “cocktail pants” na Vogue americana de Dezembro por serem tão justas e só permitirem que se beba líquidos enquanto são usadas. Sexy e pouco óbvias quando usadas com peças oversized e de apelo masculino:

nyrodarte

Salvando o melhor para o final: Francisco Costa para Calvin Klein não costuma figurar entre meus favoritos, mas desta vez fez a melhor coleção da semana, na minha opinião. Segurei o post até o último dia em função de Marc Jacobs (que fez ótimo desfile, mas não me apaixonei). A grande surpresa foi Calvin, junção perfeita entre anos 70 e a estética minimalista tão inseparável da marca. Desejo de usar todas as peças:

nyck

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY

#NYFW- Favoritos Inverno 2014/15.

Proenza Schouler, Ready to Wear, Fall Winter, 2014, New York

A temporada de Inverno do hemisfério Norte já está em sua segunda parada, a #LFW começou na Sexta. Resolvi aguardar o fim da #NYFW para dividir com vocês meus favoritos, tendências relevantes e outras coisas que me chamaram atenção. Não é exatamente um resumo, pois já existem muitos sites incríveis fazendo essa cobertura, é só a minha curadoria do que eu mais curti para o Inverno 2014/15 proposto na Big apple.

A cartela de cores traz o azul em todas suas variações (e eu já havia anunciado isto no post “Imagens do mês- Azul é a cor mais quente”), além de tons quentes como tijolo, bordô e o fuchsia, este último uma grata surpresa. Preto, branco e cinzas texturizados, com destaque para o uso de materiais com brilho como cetim. As versões fuchsia de Alexander Wang, Phillip Lim, Altuzarra e Rodarte:

fuchsia

Jason Wu fez uma coleção com ecos de Armani, mas possivelmente influenciada pela alfaiataria e look anos 90 da Hugo Boss- onde acaba de assumir como diretor criativo. As duas primeiras fotos são Hugo Boss e as outras duas de sua coleção própria. Sofisticação é denominador comum, assim como comprimentos alongados:

jason

A marca Delpozo continua encantando com sua maestria nas criações e delicadeza:

delpozo

As sobreposições da Theory prenderam minha atenção. A triste notícia do fim da Theysken´s Theory foi rapidamente superada: Agora Olivier Theyskens assume oficialmente a direção criativa da marca:

theory

As mules retornam com tudo, mas as botas acima do joelho (que eu amo) continuam para o próximo Inverno. Dois dos meus sapatos preferidos. A bota que remete ao clássico modelo montaria da Hermès ganha releitura por Alexander Wang, encanto também pela sandália com detalhes de corrente de Prabal Gurung:

shoe

Ralph Lauren e seu Inverno suave:

raplh

Além do styling esperto do debut da marca Polo  Ralph Lauren na passarela. Mix impecável de duas características importantíssimas da marca: O preppy americano com as referências de Americana como turquesa, xadrez e franjas:

polo

Tory Burch apostou no boho com influências étnicas e folk, mas sem esquecer do DNA preppy:

tory

Os melhores casacos surgiram pelas mãos de Joseph Altuzarra. Vale ressaltar que um dos modelos mais populares na passarela foi o casaco amarrado estilo robe, clássico da Max Mara, que esteve presente em diversas coleções.

altuzarra

Entre os meus favoritos, Prabal Gurung e seu contraponto de volumes. Adoro a silhueta oversized em cima complementada por saia leve e esvoaçante:

prabal

Proenza Schouler pela sua consistência, o estilo forte permeia todas coleções. Destaque para o shape boxy das jaquetas e as misturas de estampas:

proenza

E Victoria Beckham pela simplicidade que não exige nada mais. Looks mais femininos com sapatos masculinos foram outra sugestão certeira das coleções nova iorquinas:

victoria

Qual desfile vocês mais gostaram?

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY, Trend alert