Arquivo da tag: Dolce & gabbana

Trend alert- Festa Folk.

elle6 Moda festa parece ser sempre mais limitada e já faz tempo que a dupla bordado pesado estilo mineiro ou renda são os favoritos. No próximo Inverno, finalmente uma atualizada para inspirar os looks de festas mais nobres, seja casamento, formatura… Duas das maiores tendências para este departamento em 2015 serão: Ilusionismo e Princesa folk. O folk entra na forma mais literal, buscando inspiração no folclore dos países do leste europeu e sua cultura, apelo de contos de fada com estampas lúdicas, de animais como borboletas e vestidos elaborados, além de estampas mais pesadas de florais invernais. Os materiais são ricos como pele, brocados e bordados combinados com peças fluídas e detalhes de transparência. A cartela de cores é de tons fortes com vermelho, roxo, azul petróleo e verde floresta.  A silhueta é bem feminina com saias mais rodadas e cintura marcada. Para arrematar, sapatos delicados com pedrarias ou com acabamento em glitter ganham destaque. O ilusionismo traz moderninade com toques anos 70. Vestidos estilo coluna, manga longa e corte enviesado são onipresentes, os vestidos ganham bordados elaborados, que aderem ao corpo, executados em tecidos mais leves como tule, renda e chiffon. Brilhos, paetês e metalizados garantem o efeito glam em potência máxima.   elle1 A Elle russa soube ilustrar perfeitamente as duas histórias em apenas um editorial. Por isso resolvi adiantar o assunto aqui no site. O Pucci que abre o post é exemplo perfeito do ilusionismo, já o vestido acima, em roxo, reúne as melhores características das duas propostas. Tecidos mais incorpados e pesados, com brocados e adamascados: elle5 Florais, transparências em cores mais intensas: elle3 Tons fortes e movimento: elle4 Por cima de tudo? Uma capa com espírito vintage, que remeta à contos de fada e empresta um ar de romance misterioso: elle2Fotos: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert

#MFW- Drops Verão 2014/15.

mfw5

Chegou ao fim a Milan Fashion Week e já vim aqui mostrar para vocês os meus favoritos. Anos 70, romantismo, estampas e muito jeans, além de influências sportswear e toque oriental comandam a temporada. Abrindo com a Pucci de Peter Dundas, minha favorita, a delicadeza dos bordados me encantou.

Mantendo o clima étnico e Woodstock, veio a Etro, bem fiel ao seu DNA:

mfw10

Os vestidos maxi da Roberto Cavalli, dos estampados aos artesanais com renda:

mfw6

A Gucci apresentou uma mulher funcional, cheia de ícones da marca (cartela de cores, camurça, estampas) e com anos 70 reinando. Destaque para a cintura marcada:

mfw

A Prada seguiu no caminho do jeans e trouxe sportswear nada óbvio para sua mulher intelectual. Adorei os brocados e a mistura de denim com renda:

mfw8A Fendi também buscou inspiração no sporstwear e apostou no jeans, com resultados incríveis. O trabalho em couro também merece ser mencionado:

mfw7

Cartela de cores e styling top na Bally, confirmando a permanência do visual listrado:

mfw11

Sofisticação clean na Ferragamo. Tecidos com efeito metalizado e a estampa de cobra (nem sinal da onça) auxiliam:

mfw4

Marco de Vincenzo ganhou post aqui no site, na tag “Nome para guardar- Marco de Vincenzo”, gostei muito dos tons de blush e dos looks franjados:

mfw2

Etéreas e me remetendo ao filme “As virgens suicidas”, a mulher da Alberta Ferreti traz um verão leve, leve, leve:

mfw3

Fechando com as espanholas da Dolce & Gabbana, a mulher siciliana da dupla nunca sai de cena, mas desta vez elas vem influenciadas pela cultura hispânica:

mfw9

Já de olho no quem vem por aí em Paris…

Fotos: Vogue.com.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Trend alert

(Micro) trend alert- “Gipsy” invernal.

mais3Misturar referências multiculturais criando um estilo eclético, cool e bem pessoal é a marca registrada do movimento gypset. Neste post, “O conceito “gypset” na moda”, eu explico melhor. O resultado usual pode ser considerado a versão luxuosa da tendência boho, normalmente com apelo 70´s.

Neste Inverno, uma influência mística e clima meio exótico imperam. O editorial de jóias da Vogue Paris de Agosto aposta na atmosfera dos antigos refúgios de ópio (da época de Baudelaire e do início do século XX):

mais2Na Vogue Paris, a nômade com estilo meio misterioso. Vestidos maxi, de manga longa e estampados, são perfeitos para incorporar a proposta:

moregipsyvparis

A Schon destaca um estilo étnico com toque preppy e western, no mínimo inusitado:

gipsyschon

A Glamour francesa, opta por Valentino bem folclórico:

gipsyglamourfrança

Na Vogue Korea, glamour e influência do folclore do leste europeu.O vestido é Dolce & Gabbana:

moregipsyvoguekoreaNa Vogue russa, o clima é de luxo despretensioso:

moregipsyvrussa

Fechando com a Vogue Japão em versão bem conto de fadas místico. 

gipsyelleuk

Maxi comprimentos, estampas em tons mais neutros e aquele mix típico de quem chama o mundo de casa: A moda cigana promete dominar 2014.

Fotos: Zinio.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Microtrend, Trend alert, Update das tendências

Trend watch- Influência divina.

aus3

A mulher Italiana, com suas fortes crenças religiosas, inspira diversos designers há muitos anos. As interpretações variam, tem estilo mais dark pelos olhos de Riccardo Tisci na Givenchy e mais luxuosa pelas mãos da dupla Dolce & Gabbana. No próximo Inverno, a influência religiosa fica ainda mais forte, no embalo do barroco do outono passado, brocados, estamparias que remetem ao tema, muito dourado e vermelho, além do uso de crucifixos surgem em abundância.

A outra vertente busca referências no clero e no uniforme de figuras religiosas. Um mix com a moda da era Vitoriana torna tudo ainda mais imponente e interessante. Tudo que remete ao divino, ao sagrado e ao monárquico ocupa espaço importante.

Sarah Burton apostou para o Pre-fall de Alexander McQueen:

mcq2

A era Tudor também entrou na roda, na coleção de Inverno 2014. Pérolas e mistura com elementos metalizados emprestam um ar moderno:

mcq3

Mais um look McQueen na Numero:

AUSNUMERO

Na Bazaar UK, o estilo maximal da Dolce. A coroa é truque de styling que a marca adora. Reparem na riqueza da estampa de vitral do vestido:

pope

A Valentino também sugere o mood no seu Inverno com toques handmade:

valentino

Na Elle americana do mês, um pouco mais da idéia:

aus

A Dior criou sapato com riqueza de trabalho e tom ouro:

aus2

 

Para finalizar, a capa da Bazaar Australiana, no clima austeridade divina:

AUS

 

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

#MFW- O retorno do cinturão e moda festa.

dolce3

Excesso é uma palavra que combina com Milão, os Italianos tem predileção por dourado, bordados. Nesta temporada não foi diferente, mas a proposta é bem mais fresh.

Dolce & Gabbana colocou suas meninas douradas na passarela junto com outras marcas registradas como poá, renda e vermelho. O que chamou atenção foi a inspiração em moedas que apareceram nos acessórios de cabelo, formatos de bolsa, padronagens de vestidos e nos cintos grossos em estilo cinturão.

dolce

Moedas e flores enfeitavam as coroas e tiaras usadas pelas modelos:

Dolce_20

O cinturão faz retorno triunfal também por Peter Dundas na Pucci. Aqui a influência é esporte glam, onde shapes que lembram boxeadores são misturados com ricos bordados coloridos e toques femininos:

pucci2

A Pucci encantou com sua proposta maximalista, destaque também ao apelo rock´n´roll graças aos cintos bem anos 80:

pucci3

Riqueza nos detalhes:

pucci

A camiseta estilo rocker ganhou ar festa total Pucci em couro e com saia bordada e na Versace com mangas metalizadas e cinto 80´s:

versace

Em seu desfile, Cavalli usou símbolos no mesmo estilo que estampam a camiseta da Versace e os cintos da Pucci: Eles surgiram nos colares que apareceram compostos com os vestidos deslumbrantes:

cavalli

Shapes e referências anos 20 em mood glam rock:

cavalli2

Mais é mais para ocasiões noturnas em Milão…

Fotos: Vogue.com.

1 comentário

Arquivado em Acessórios, Fashion Week, Trend alert

Adaptando a tendência: Crop tops.

Poucas propostas da moda causaram tanta polêmica e discórdia como o retorno dos crop tops, blusas mais curtinhas que mostram parte do abdômen, moda super popular nas décadas de 80 e 90. Para o Verão 2012-13, ela surge em clima 50´s, com sofisticação e toques de sportswear.

As marcas decidiram, lideradas por Miuccia Prada (sempre ela!), e a peça virou febre. Aqui em Londres vi inúmeras meninas usando, e existe uma versão em praticamente todas as lojas. Peter Dundas criou sua cigana chique e juntou o bustier com saias longas e bordadas na Pucci, já Prada apostou na combinação de saia lápis com bustier em tecidos nobres, na Preen a idéia é mais radical e o umbigo fica de fora equilibrado pela manga longa e calça, a proposta da N.21 é a mais fácil: Saia no joelho, camisa e o crop top por cima, sem revelar nada.

Apesar da Preen, minha dica número um para quem quiser usar este tipo de blusa é: Não mostrar o umbigo!

Os bustiers andam em alta, falei sobre eles neste post  “Resort 2013- Sobreposição com bustier”, dá para pular este post aqui e ir direto lá se você não cogita a hipótese de usar uma blusa mais curtinha sozinha.  Na capa da Elle UK, Kristen Stewart surgiu em look Miu Miu, mais a cara do Verão impossível: Tom pastel, saia lápis e só um espaço pequeno de fora, assim dá para aderir sem revelar muito:

Na revista Inglesa Lula (vocês conhecem? Tem um clima super lúdica e uma estética toda própria, vale conferir!),  a blusa é combinada com a saia lápis em shape flute.  O cós bem alto é o melhor amigo de quem quer usar o estilo cropped sem ter que se preocupar, a dica é deixar as duas peças com uns 2 ou 3 cm de distância apenas. Também vale ressaltar que as saias nesse comprimento ajudam a manter o look chique:

O crop top vai para festa, como na Interview Russa, o conjunto Versace cheio de tachas tem tudo a ver com a temporada! Aviso: As tachas continuam fortíssimas para o próximo Inverno.

Os tops curtinhos tem grande influência esportiva, na Vogue alemã a proposta é literal:

Mais sério e com inspiração utilitária, o look Carven Resort 2013 é o melhor truque: Crop top, cintura alta e uma casaco por cima, mostrando só uma faixa de pele. Também funcionaria com saia alta e um blazer:

Em festa mega formal também pode, é só seguir o conselho de Oscar de la Renta: O crop top de renda transparente fica luxuoso e adequado combinado com a saia de cintura alta de tafetá. Eu achei maravilhoso!

Nas ruas, inspirações não faltam..

Monocromático por Hanneli:

Mais street anos 90, com calça de estampa de cobra. Esse look realmente exige uma barriga zerada:

Os conjuntinhos estão cada vez mais fortes. A Dolce & Gabbana investiu nas estampas de “feira” e nas combinações 50´s:

Conjuntinho floral com cara de anos 60:

E sempre dá para apostar na sobreposição:

Usando de sobreposição é a maneira mais fácil de acertar e ficar apropriada:

Quem vai se arriscar a usar os crop tops?

Fotos: FashionGoneRogue, MTV, TeenVogue, StreetPepper, Jak&Jil, StockholmStreetStyle, Zinio.

3 Comentários

Arquivado em Adaptando a tendência, Como usar?, Inspirações

Imagens do mês- Confirmando tendências.

Mais um mês começando e as edições de Setembro das publicações internacionais começam a chegar nas lojas. O principal mês do ano para as revistas de moda, que trazem o melhor das coleções de Outono/Inverno. Muito do que está sendo mostrado nessas imagens inspiradoras já foi mencionado por aqui, quem quiser lembrar e ver mais sobre o assunto, é só clicar no link em cima de cada foto que te leva para o post correspondente.

Como comentei no “Anos 80- A década da vez”, os 80´s continuam dominando e a matéria de capa da Vogue Itália traz o melhor dos suéters oversized, na segunda foto até as luvas estilo “Thriller” ganham espaço:

Na Flare, o colorblocking e o penteado no melhor estilo molhado apontam para a década:

A escolha de efeitos e materiais é forte na temporada, com destaque para brocados metalizados que foram comentados aqui “#LFW- Estampas metalizadas”:

E tapeçaria, que ganhou este post “#NYFW- O tipo de estampa da vez” é uma das maiores histórias do próximo Inverno. Aqui surge na Elle UK:

E na Vogue Inglesa, surge em estilo ingênuo no vestido Dolce & Gabbana usado por Lara Stone:

O crocodilo, que comentei neste post “Semana de alta costura Verão 2012- O material da vez”, ganha versão downtown cool, na Numero Tokyo:

Na Vogue Paris, alto luxo preto de Tom Ford:

O matelassê, que ganhou este post “(Micro) Trend alert- Clássico metalizado”, pode ganhar ar esportivo com o clima que permeia a temporada, esta foi a aposta da Vogue UK:

Na Vogue Paris é luxuoso, em veludo e na cor roxa by Burberry Prorsum:

Falando em roxo, comentei sobre a popularidade da cor para os próximos meses no post “Roxo e todas nuances para as próximas temporadas”, na Bazaar UK ele é ladylike e combinado com rosa:

Verde militar tem tudo a ver com o post “Inverno 2012- Uniformizadas”, a Bazaar UK criou um editorial incrível focando na cor:

Fechando com as pérolas barrocas da Balmain na Vogue Paris, elas ganham nova leitura como eu contei no post “Clássico revisitado- O novo apelo das pérolas”:

Qual tendência ou imagem vocês mais gostam?

Fotos: VogueParis, Zinio, Vogue.com, VogueUK, Elle.com

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Update das tendências