Arquivo da tag: Emilio Pucci

(Micro) Trend alert- Colar longo.

COLAE

Acessórios são partes fundamentais do look e a maneira mais fácil de incrementar uma composição básica. O Verão passado trouxe o reinado dos brincos statement (post aqui) e os maxi colares já andam populares há algum tempo. Para 2013 o foco fica firme no pescoço, quando não estivermos usando o jabô, eleito de Hedi Slimane na Saint Laurent, a pedida será mais um toques 70´s: Os colares longos. Além de versáteis e fáceis de adaptar para todos estilos, o comprimento ajuda a alongar e disfarçar qualquer volume na parte superior.

A campanha de Verão 2013 da Jimmy Choo já aposta na peça. Com acabamento em tassel fica mais atual ainda.

Saint Laurent Paris também aposta no pingente maximal para acompanhar o decote profundo, mas com apelo andrógino.

colar3ysl

A capa da Vogue Turca brinca de mostra-esconde e o colar surge como detalhe embaixo do vestido Gucci com recorte estratégico:

colar2

Na Vogue Paris, a influência anos 70 é direta: Franjinha, camisa de couro e calça de cintura alta. Ótimo look de trabalho, até para ambientes mais formais:

colarvogueparis

A delicadeza da corrente bem minimalista, surge na W usado por Keira Knightley:

colarw

No Verão 2013, Hedi Slimane já tinha antecipado na Saint Laurent Paris, lindo e nada discreto:

slp

Na temporada Pre-fall, Sarah Burton investiu para McQueen. Neste caso o colar passa do cinto criando uma composição original:

colarmcqueen

Assim como Peter Dundas, na Pucci. O pingente bem grande empresta um ar meio boho à produção:

colarpucci

Para a saídas noturnas, o maior hit promete ser a gargantilha ou choker. Riccardo Tisci a elegeu como peça-chave do Verão 2013 da Givenchy:

colarfrenchrevue

Na ID, a versão com look Kenzo é mais casual:

colarID

Na Vogue Espanha, o modelo é menos ajustado e fica bem em todos os tipos de corpos. Mulheres com pescoço curto devem evitar gargantilhas muito altas no pescoço, já que cortam a silhueta.

colarvespanha

A Vogue Paris sugere a peça em dourado sólido para complementar o branco total:colarvparis colarvparis2

Para quem ficou na dúvida, vale dar um copy na Vogue Alemã e unir as duas tendências:

colarvoguealema

Update:  A semana de alta- costura iniciou e Versace e Dior apostaram em gargantilhas para combinar com suas criações:

colarcouture

A parte boa da moda é poder usar as tendências ao nosso favor. Confesso que já venho usando colares longos há certo tempo, pois combinam com meu estilo e criam um efeito desejável aos meus looks diários. Já gargantilha não sou muito fã, mas agora fiquei com vontade de testar em um look noite com alguma roupa mais minimalista.

E vocês, preferem qual modelo?

Fotos: Vogue.com, Zinio, TheFashionSpot.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Acessórios, Microtrend, Minimal vs. Maximal

Para usar já: Trophy Jacket.

Sabem aqueles dias, especialmente os mais frios, que a única idéia é um look sem graça? Uma peça pode resolver seus problemas: As trophy jackets! Onipresentes nas últimas temporadas, elas são versáteis e eternas, basta investir em uma que combine com seu estilo que ela ficará no seu armário por muito tempo!

Ano passado, comentei sobre o “Hit da temporada- Trophy pants”, o post tratava sobre as inúmeras inovações nas calças: Estampadas, texturizadas, metalizadas, etc. Apesar de na teoria a idéia ser ótima, na prática não são todas as mulheres que se sentem confortáveis chamando atenção ( a agregando volume) para a parte de baixo. E este é o grande trunfo das jaquetas, sua democraticidade (todo mundo encontra uma para chamar de sua) e inúmeras variações.

Nas passarelas, surgiram firmes para o Verão 2012: Versão “toureiro” na Moschino, psicodélica glam para Cavalli e delicada na Chanel.

E continuaram, em versões ainda mais luxuosas e decadentes, na temporada Pre-fall. Destaque para Balmain e Pucci:

Ilutrando a capa da Vogue Australia, um dos melhores exemplos de trophy jacket da Balmain:

A Balmain é especialista em desenvolver jaquetas “troféu” com detalhes riquíssimos, como mostram Olivier Rousteing, estilista da marca, e Emanuelle Alt, usando dois exemplos incríveis:

Mas e quais as possibilidades da temporada?

As jaquetas de couro podem ter detalhes interessantes como ombros marcados, bordados e tachas:

Ombros estruturados:

Brilhos, paetês e metalizados não foram esquecidos e continuam fortíssimos, para arrasar em looks de festa, ou para serem usadas despretensiosamentes durante o dia.

A jaqueta “Dylan”, com corte esportivo e paetês da Iro, é hit absoluto:

Nas ruas, inspiração em tons pastel:

Ou em estilo hi-lo:

As mais clássicas podem apelar para caimento impecável e alfaiataria, como estes exemplos da Givenchy e Stella McCartney:

Cortes assimétricos ou com peplum também são populares:

Talvez a mais clássica de todas (e possivelmente primeira trophy jacket), a jaqueta de tweed da Chanel ganhou até livro fotografado por Karl Lagerfeld e editado por Carine Roitfeld “The little black jacket”:

Estampas nos mais variados estilos, de animal print à estampas de lenço, impossível não encontrar alguma que combine com seu gosto pessoal. O blazer é uma ótima alternativa, já que seu corte complementa praticamente todas silhuetas:

No clássico shape perfecto ou em formato boxy nas criações de Mary Katrantzou e Chritopher Kane:

Cortes esportivos também não ficam de fora:

As varsity jackets são as favoritas da estação para o estilo esportivo:

Franjas e inspirações étnicas completam o grupo de opções para o Inverno:

Tie-dye com embellishments na campanha de Verão de Isabel Marant:

Qual delas é a sua favorita?

Fotos: Net-a-porter, style.com, IsabelMarant, Topshop, Iro, ElleUK, BazaarUK, Zara, StreetPepper, Caroline´sMode.

5 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert