Arquivo da tag: estampas

Update da tendência- “Na linha”.

listrasvuk4

A listra é possivelmente a estampa mais versártil. Pode ter apelo esportivo, glam, retrô, cool, tudo depende do contexto, da combinação de cores…

Na Vogue inglesa do mês de Dezembro, a forma mais atual de usá-la. Listras com toque esportivo no estilo old-school. Carinha vintage e referências de Wes Anderson. As duas formas de styling du jour: Em conjuntinho mesmo, com cara de uniforme de educação física ou então misturada com alguma peça mais glam, com brilho e sandália delicada.

listrasvuk2

Na Marie Claire, ela surge perfeita para quem receia que este tipo de estampa aumente Vale lembrar: No geral, listras horizontais mais finas e com fundo escuro não aumentam. Quanto mais larga e clara, mais ela tende a dar ilusão de volume. Emprestada do esporte, listras na gola e nos punhos funcionam bem em qualquer silhueta. Essa bomber é cortesia de Alessandro Michele na Gucci.

listrasmc

De um extreme ao outro, festivo e remix na padronagem:

listrasvuk

Aqui, a proposta é mais excêntrica e lúdica:

listrasusmc

Direto para o ar rocker da Saint Laurent:

listrasvuk3

Parada no look ótimo para escritório na Vogue China:

 

listravchina

Já na Interview, mais alfaiataria com ar anos 80:

listrasinterview

Fechando com o estilo clássico francês 60´s com Gigi Hadid na capa da Vogue Inglesa de Janeiro 2016:

LISTRA

Para não sair da linha…

Fotos: Reprodução.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Adaptando a tendência, Inspirações, Minimal vs. Maximal

(Micro) trend alert- Vendo estrelas.

SW2

Vira e mexe as estrelas ganham destaque na moda. Populares nos anos 60 e na cultura hippie, elas também emprestaram glamour para o estilo disco dos anos 70. Nesta temporada, elas retornam na carona da influência western.

Anthony Vaccarello se inspirou na tatuagem de estrela da modelo Freja Beha Erichsen para sua coleção de Inverno:

stars

Looks variados foram agraciados com o símbolo:

stars2

No Verão da Saint Laurent, surgiram em mix de estampas inusitados:

sl

A última coleção de Peter Dundas na Pucci, entrou no clima astrológico com lua e estrelas dividindo a cena:

pucci

 

A dupla por trás da Valentino adora buscar inspiração no céu. Olhem que lindo os vestidos do Inverno da maison:

valentino4

 

E na temporada pre-fall:

prefallvalentino valentino2

O modelo Charlotte da coleção de Kate Bosworth para Matisse:

charlotte

Nas jóias, a marca Venyx da designer Eugenie Niarchos, também elegeu as estrelas como protagonistas:

venyx

Kate Moss é fã da estampa e inclusive a incluiu na sua primeira coleção para Topshop, em 2005. Aqui Kate usa uma camisa da Equipment com o tema:

starkate

Semana passada, Cara Develevingne usou uma para divulgar seu filme “Cidades de papel”:

LONDON, ENGLAND - JUNE 18:  Cara Delevingne attends the "Paper Towns" Photocall at Claridges Hotel on June 18, 2015 in London, England.  (Photo by Karwai Tang/WireImage)

LONDON, ENGLAND – JUNE 18: Cara Delevingne attends the “Paper Towns” Photocall at Claridges Hotel on June 18, 2015 in London, England. (Photo by Karwai Tang/WireImage)

 

Fechando com o Verão da Diesel com saia estrelada e irreverente:

stardieselDica para brilhar em 2015.

Fotos: Reprodução.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Inspirações, Microtrend, Trend alert

(Micro) trend alert- Seguindo a risca.

riscadegizvjapanClássico é praticamente sinônimo de atemporal, mas é inegável que certas coisas que nunca saem de moda, muitas vezes se tornam esquecidas entre tantas novidades. Dessa vez, quem volta a ganhar atenção o é a risca-de-giz.  Oriundo da alfaiataria e do guarda-roupa masculino, a estampa gráfica retorna aos holofotes com cara glam e toques de sensualidade, cara de escritório não é o apelo desejado.

Na Vogue Japão, vários looks ganharam a capa.

A Vogue Paris traz calça oversized com acabamento brilhoso:

RISCAVPARIS

 

A Interview traz a interpretação de Hedi Slimane na Saint Laurent, bem rock´n´roll:

riscainterview

 

E a Chanel, com bermuda mais chique:

riscainterview2

A 10 aposta no conjunto com modelagem setentista:

risca10

 

Listras em geral voltam a entrar na roda.

Calça skinny com listras verticais na POP:

riscapop

 

Versão Balmain com transparências:

risca10270´s mood na Bazaar australiana em look Louis Vuitton:

Harper's BazaarE na L´Officel:

riscalofficell

Em tempo: A Chanel levou a padronagem até para suas bolsas clássicas. Como mostra a loja da maison na Selfridges:

risca

Imagens: Reprodução.

1 comentário

Arquivado em Microtrend

Dries Van Noten no Museé des Arts Décoratifs.

dries

Viajar (no mínimo) duas vezes por ano para pesquisar a moda de cada temporada faz parte do meu trabalho. Das marcas de luxo ao street style, costumes locais, beleza, comportamento, tudo inspira e forma o mosáico de informações relevantes para passar aos meus clientes. E algo que não pode faltar jamais é visitar museus, exposições, galerias de arte. Na minha ida a Paris em Abril, tive a sorte de pegar a exposição de Dries Van Noten no Museé des Arts Decoratifs.

dries2

Muito além de mostrar apenas coleções do Belga (que por si só já mereceriam o espaço, o cuidado e a riqueza de detalhes impressionam), a exposição inova ao dividir com o visitante as inspirações por trás de cada criação. Obras de arte de Francis Bacon e Yves Klein, vestidos originais de Dior, Paul Poiret e Balenciaga se misturam à painéis chineses com centenas de anos e tecidos históricos.

Estampas inspiradas na natureza (marcas registradas do estilista):

dries12

Vestido Balenciaga original:

dries9

“As cores vivas e a leveza de borboletas. Uma mistura de paixão violenta e maravilha, constantemente oscilando entre beleza e crueldade, evoca a natureza efêmera da juventude. A perturbadora e potente atração de uma borboleta- e também sua passageira existência- sugerem o ambíguo encanto da adolescência. Por um breve, porém poderoso momento na beirada da vida adulta, força e fragilidade, liberdade e rebeldia coexistem.”

Para ilustrar essa reflexão, Damien Hirst e vestido de Elsa Schiappereli:

dries4

Texturas que remetem à pássaros como as penas:

dries10

A exposição é uma verdadeira volta ao mundo. O Oriente e seus mistérios sempre fascinaram Dries:

dries11

A Índia:

dries13

Dourado e toda opulência que acompanha a cor:

dries5

Uniformes e a aristocracia também figuram, a amostra é um pouco aula de história e de artes em geral:

dries7Jimi Hendrix e sua mistura de estampas e psicodelia 60´s. Referências pop como Hendrix, filmes como “Laranja Mecânica” se misturam ao mundo extraordinário de inspirações do designer.

dries15

Tecidos especiais e vestido dos anos 20, foi minha peça favorita de toda a exibição:

dries14

Até o movimento grunge figura, foi ponto de partida da elogiadíssima coleção do Verão retrasado de Dries:

dries8

Entrei com respeito ao trabalho de Dries Van noten e curiosa para explorar mais suas coleções, saí engasgada e encantada com tanta sensibilidade e riqueza. Realmente emocionante acompanhar a evolução de seu trabalho, conhecendo e reconhecendo inúmeras referências e detalhes que se transformaram em peças lindíssimas. Vale para qualquer amante da estética, um presente aos olhos e à mente.

Dries Van Noten Inspirations- Museé des Arts Décoratifs- Até 31 de Agosto de 2014.

Fotos: Reprodução, Roberta Weber.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações