Arquivo da tag: Freja Beha

(Micro) trend alert- Vendo estrelas.

SW2

Vira e mexe as estrelas ganham destaque na moda. Populares nos anos 60 e na cultura hippie, elas também emprestaram glamour para o estilo disco dos anos 70. Nesta temporada, elas retornam na carona da influência western.

Anthony Vaccarello se inspirou na tatuagem de estrela da modelo Freja Beha Erichsen para sua coleção de Inverno:

stars

Looks variados foram agraciados com o símbolo:

stars2

No Verão da Saint Laurent, surgiram em mix de estampas inusitados:

sl

A última coleção de Peter Dundas na Pucci, entrou no clima astrológico com lua e estrelas dividindo a cena:

pucci

 

A dupla por trás da Valentino adora buscar inspiração no céu. Olhem que lindo os vestidos do Inverno da maison:

valentino4

 

E na temporada pre-fall:

prefallvalentino valentino2

O modelo Charlotte da coleção de Kate Bosworth para Matisse:

charlotte

Nas jóias, a marca Venyx da designer Eugenie Niarchos, também elegeu as estrelas como protagonistas:

venyx

Kate Moss é fã da estampa e inclusive a incluiu na sua primeira coleção para Topshop, em 2005. Aqui Kate usa uma camisa da Equipment com o tema:

starkate

Semana passada, Cara Develevingne usou uma para divulgar seu filme “Cidades de papel”:

LONDON, ENGLAND - JUNE 18:  Cara Delevingne attends the "Paper Towns" Photocall at Claridges Hotel on June 18, 2015 in London, England.  (Photo by Karwai Tang/WireImage)

LONDON, ENGLAND – JUNE 18: Cara Delevingne attends the “Paper Towns” Photocall at Claridges Hotel on June 18, 2015 in London, England. (Photo by Karwai Tang/WireImage)

 

Fechando com o Verão da Diesel com saia estrelada e irreverente:

stardieselDica para brilhar em 2015.

Fotos: Reprodução.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Inspirações, Microtrend, Trend alert

Kate Moss versão stylist.

05-14wellmcdeanVO46934-007.pdf

Fashion icon absoluto há anos, Kate Moss é famosa por suas escolhas sartoriais e seu estilo bem definido. Kate sempre bebe da fonte boêmia e seu look, assim como atitude, carregam um espírito rock´n´roll. Desde 2005, ela se aventurou como “designer” colaborando com Topshop e Longchamp, basicamente adaptando peças do seu próprio armário para estas marcas.

Este ano, a novidade é maior, agora ela é editora de moda colaboradora da Vogue Inglesa. Neste posto, Kate é responsável pelo styling de alguns editoriais que serão publicados esporadicamente na revista.

Na edição deste mês, Freja Beha e o lado boho gritam mais alto. A essência gypset e a influência dos festivais de música do hemisfério Norte (Kate é habitué desde sempre) são marcantes:

05-14wellmcdeanVO46934-001.pdf

Maestria na arte da sobreposição. Muitas franjas, estampas como paisley garantem um resultado despretensioso:

05-14wellmcdeanVO46934-005.pdf

O primeiro editorial com styling assinado por Kate, buscou no glam rock a inspiração. Os looks metalizados que prometem inundar as lojas no próximo Verão surgiram. Aqui neste post “Trend watch- Medalha de bronze” eu explico melhor.

kate5

O apelo dark e toques esportivos formam um mix bem interessante e sexy:

kate6

Em P&B, o drama aumenta. Couro com crop top, o punk também fica entre as referências musicais da neo stylist:

kate7

Make pesada, alfaiataria impecável e a curiosidade de descobrir o que mais Kate vai oferecer no novo cargo:

kate8

Aqui no site, já rolou o post “Lições de estilo com Kate Moss”, lembram? Vale a pena conferir. As dicas de Mossy são atemporais.

Fotos: VogueUK.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Perfil

Favoritos- A nova Saint Laurent.

slPlanejava escrever este post há algum tempo, desde minha ida a Londres quando vi de perto a nova Saint Laurent e confirmei minha opinião sobre Hedi Slimane na marca. Vira e mexe comento sobre a maison por aqui: Nos posts “Trend alert- Groupie”, “Trend watch- Na cabeça”, “As n0vas bolsas da Saint Laurent e da Dior” e “(Micro) trend alert- Jabô”. Sempre admirei o trabalho de Slimane desde sua mini-revolução na Dior Homme, ele é responsável pela estética rock´n´roll de alfaiataria ajustada e calça skinny no guarda-roupa masculino, além de seu trabalho como fotógrafo, documentando bandas de rock e nomes consagrados em retratos cheios de energia e sempre em P&B. Na Saint Laurent, ele se apropriou dos principais códigos da marca e definiu um novo momento.

Neste mês, a Vogue Japão dedicou a capa e um editorial para Saint Laurent, estrelado por Karlie Kloss e fotografado pelo próprio Slimane. O grunge, o punk, o glam rock e o folk todos surgem como influências nos looks da marca. Corte ajustado, caimento impecável e um ar de sofisticação com toques masculinos não podem faltar:

SAINTLAURENT2Mas ele não esquece da herança de YSL, afinal, o inventor do Le smoking adorava um pouco de androginia com dose de sensualidade. Referências multiculturais também continuam, usando de cores e buscando inpiração nas coleções Saharienne e Marrocos de Yves Saint Laurent nos anos 60 e 70: SAINTLAURENT3 Aqui o vestido é baseado no modelo usado por Veruschka na icônica foto. Este editorial é da Vogue Itália:saint2vitaliaO pre-fall da marca veio com a veia rocker que já virou marca-registrada da nova fase da Saint Laurent, mas com o twist de peças usáveis que combinam modernidade e praticidade. Reparem nos acessórios minimalistas constrastando com os statement da coleção de Verão:slprefall2 Couro é o material chave, assim como peças de alfaiataria:slprefall5 Camisas abotoadas até em cima ganham feminilidade com truques espertos, ora com casacos de paetê, ora com laços de seda amarrados: slprefall O desfile de Inverno 2013-14 inspirado no movimento grunge causou polêmica, mas definitivamente cresceu em mim, com análise mais cuidadosa dá para se apaixonar pela delicadeza da meia-calça de cristais, as jaquetas extraordinárias e o trench-coat de couro:sl2 Os acessórios são um caso a parte, fora o chapéu (que virou desejo absoluto), as bolsas também já começam a causar impacto. Estes são os modelos novos para o Inverno 2014. O primeiro modelo intitulado “Classic duffle” já virou hit (sem ostentação), e o shape da bolsa “Betty”- Em homenagem a Betty Catroux, uma das musas de YSL- é perfeito para saídas noturnas. Nesta temporada ganha versão em animal print e cores vivas como pink. Aliás, o pink é uma grande aposta de Hedi para acessórios, mais uma vez maneira pouca óbvia de suavizar looks mais pesados:bag Colares criados para o Verão, seguindo a tendência de modelos mais longos, são quase obras de arte:sl4 Ao vivo, foi quando realmente me encantei com a nova fase da marca. De perto, o cuidado com cada peça, do corte ao material impressiona. Assim como o caimento, a cartela de cores e a idêntidade visual, cuidadosamente cultivada em cada detalhe:slVocês aprovam a nova Saint Laurent?
sl3 Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Perfil