Arquivo da tag: GQ

TrendWatch: Temporada Outono-Inverno/2012 masculino.

Eu sempre fico surpresa- e feliz- com a quantidade de homens que acessam o site. Pensando neles e também baseada na vontade de dar um ” refresh” da SPFW, eu busquei as maiores tendências que surgiram nas passarelas da temporada Inverno/2012 masculina que acabou de acontecer em Milão e Paris. Vale lembrar que a temporada feminina de Inverno começa já já, e dá para descobrir muito do que vem por aí olhando a moda feita para eles.

Detalhes tradicionais como: Alfaiataria impecável, gola alta,  estampas como listras e xadrez, traje completo, casaco 7/8, o uso de jacquard, brocados, cetim, trespassados, se encontram com mais modernosos como: Influência sportswear, tecidos tecnológicos, parkas, nylon, jaquetas tipo varsity, militar, cortes anos 70, saias e túnicas, degrade, bicolores… Resultando em um Inverno incrivelmente democrático e interessante, e tem gente que ainda acha que o vestuário masculino é sem graça!

Inúmeras opções de agasalhos: Capa estilo dandy na Dolce & Gabbana, e poncho de nylon estilo militar na Dior Homme:

Os comprimentos um pouco acima ou abaixo dos joelhoes são os favoritos, sempre com muitas sobreposições: Kenzo e Missoni opções mais discretas, Viktor & Rolf trespassado e tom queimado, Dries Van Noten o toque militar utilitário deixa o casaco mais charmoso.

Como na moda feminina, a cintura marcada está em alta emprestando um ar sofisticado e austero aos looks: Esportivo na Louis Vuitton, minimalista na Mugler, tradicional na Bottega Veneta e na coleção aristocrática da Prada.

Nas jaquetas o couro ainda é favorito, o estilo aviador, com detalhe de pele na gola, foi o eleito de várias marcas, apesar de típicas dos anos 40 elas deixam a composição mais jovem. Aqui em versões Dior Homme, Hermès, John Galliano e Louis Vuitton (Observem também que o shape das calças fica mais largo).

Investindo no sportswear deluxe, tendência que já invadiu os nossos closets, a brincadeira aqui é através dos tecidos mais nobres e acetinados e da mistura do esportivo com alfaiataria: Com terno na Dior Homme, ousada com saia na Givenchy, nylon + couro por cima de traje na Viktor & Rolf, e mix varsity jacket com corte tradicional na Alexander McQueen.

Seguindo na influência esportiva, os bicolores e degradês típicos de uniformes fizeram-se presentes na temporada, lembram do “foco na manga”? : Hermès em tom sóbrio, degradê na Ann Demeleumeester, com camurça na Diesel Black Gold e o clássico P&B foi a escolha de Dries Van Noten.

A cartela de cores da estação é de neutros com muito preto, branco, cinza e azul marinho. Os toques de cores aparecem nos queimados, vermelho, variações de azul e muito verde oliva/militar, aqui os exemplos são: Balmain, Vuitton, Issey Miyake e Marc Jacobs.

O tecido favorito- e tudo a ver com a influência dandy/aristocrática- é o veludo, aliás como na SPFW atual: Casacão combinado com calça resinada na Dris Van Noten, homem impecável à moda antiga na Louis Vuitton, referências anos 80 na Armani e em look que mais traduz a temporada, jaquetão de nylon por cima de traje de veludo na Burberry Prorsum.

Jacquards, brocados e tecidos de toque acetinado também garantem um ar refinado e vintage para as produções, a temporada também pede um brilho discreto em tons escuros: Viktor & Rolf, na calça da Gucci, Ferragamo estilo James Bond e Calvin Klein com parka.

Para os que tem medo de ousar nos tecidos brilhosos, a opção dos estilistas é pelo couro: Bottega Veneta um casual mega arrumado, Cavalli combinando com a calça, Jil Sander em versão suéter e mistura de croco com tecido na Calvin Klein.

Fotos: GQmagazine.

1 comentário

Arquivado em Fashion Week, Inspirações, Trend alert