Arquivo da tag: J. Brand

Para inspirar- Verão 2015.

1iro

As campanhas de Inverno já estão por toda parte, mas olhando da temporada de Verão quis compartilhar aqui para irmos sonhando com o nosso Verão em breve.

Adorei o look preto com mix de texturas da IRO, perfeito para meia estação também.

Saint Laurent com jaqueta de inspiração militar bem Sgt Peppers e saia animal print. Mais rock´n´roll impossível:

saintlaurent

 

Vale prestar atenção nas plataformas. Esse modelo anos 70 com salto grosso será queridinho do Verão:

sl2

Na Mango, jeans no material e na cartela de cores:

1mango

 

A J.Brand vai no branco monocromático:

jbrand

Na Chloé os óculos redondos dominam:

chloé

Topshop arrasa na beleza de Cara Delevigne, esse make funciona o ano todo:

topshopFotos: Reprodução.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

A calça da temporada- Brocada.

Sempre existe uma lista de itens mais desejados a cada temporada. O barroco é uma das maiores tendências do momento como comentei neste post “Qual é o seu barroco?”, oriunda do maximalismo e do decorativismo, não é uma moda prática e acessível para o diário, devido a quantidade de informações em cada look, sem contar em sua cartela de cores bem chamativa. É aí que entra a peça que vou falar hoje: A calça brocada! Maneira fácil e estilosa de apostar na idéia.

Em Londres notei que todas as lojas, fast fashion ou marcas consagradas, tinham alguma versão para oferecer. A minha favorita (e a mais inovadora) são as calças jeans com efeito flocado em veludo, com desenhos de arabescos, são a maneira perfeita para manter o conforto do denim, mas renovar o look para a estação.

Estas da J. Brand que vi na Selfridges e fotografei para o instagram (O meu é @robertaweber) foram amor à primeira vista:

A Zara, que nunca fica para trás nas novidades, já tratou de lançar uma em versão preta:

A forma clássica também vai estar super em alta e é perfeita para sofisticar qualquer composição, normalmente em jacquard ou em outro tecido mais incorpado surge em conjuntinhos (tão populares como mostrei no post “Estampa combinada nos mínimos detalhes”). Nas coleções de Inverno em versão cropped, mais larguinha na Marni, Gucci, Osman e na apresentação da J.Crew.

A 7 for all mankind também aderiu, em edição glam rock:

O apelo rock´n´roll ganha contraste grunge com a camiseta de malha fininha e a atitude nonchalance:

Nas vitrines a Topshop e a H&M não perderam tempo:

Querem ver como o hit funciona na prática? As imagens de street style ensinam:

Proporções interessantes e uma boa dose de opulência:

Finaizando com a blogueira Jane Aldridge, do Sea Of Shoes, que combinou a camisa de alfaiataria usada displicentemente com a calça e o sapato Chanel em P&B:

Quem vai querer uma?

Fotos: VogueUK, MyWardrobe, Jbrand, StreetPepper, Zara.com, RobertaWeber, Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Londres

Explicando “Biju bags” e “jeather”:

O mundo da moda tem a mania de dar nome para tudo, e inventar nomenclaturas bem específicas para cada peça do vestuário que usamos (e já conhecemos por algum nome corriqueiro). Principalmente no Brasil, adotamos nomes que vem do Inglês: A nossa calça boca-de-sino se chama “Flare, A cor bege virou “camel”, os tamancos viraram “clog”, as bolsas-carteira agora são “clutches”, e aí em diante…Atualmente dois termos andam em voga, ilustrando tendências bem interessantes:

As “Biju bags” ou “Bolsas biju”, tem sido consideradas por muitas pessoas como as substitutas da bolsa carteira (opa, clutch) como preferência para usar em festas e afins. São bolsas bem pequenas, a maioria tem entre 10 e 15 cm de largura e/ou comprimento, em shapes variados, com detalhes ricos e bonitos: Podem ser delicadas com pedrarias, ter texturas diferenciadas como matelassê, enfeite de correntes, cores de pedras preciosas ou metálicas, estampadas com flores os animal print, as opções são infindáveis. Elas levam vantagem sobre as clutches pela sua alça característica, beeeem longa, que possibilita deixar as mãos livres para dançar, gesticular, carregar um drink… Não substituta da clutch, mas uma opção a mais.

Metalizada da Chloé e grená da marca Alexander McQueen:

O outro termo é uma expressão que foi inventada recentemente para chamar uma tendência que já anda em alta faz algum tempo: O termo é calça “Jeather”, a junção de leather (couro)+jeans, que são as calças resinadas, ou calças jeans com a aparência de couro. Verdadeiras febres no hemisfério Norte, tem tudo para também fazer sucesso no Brasil:

Exemplos mais clássicos da J. Brand e da Levi´s, e com detalhe de zíper da “Victoria Beckham denim”.

Dois exemplos das “Jeathers” nas ruas, a dourada da foto é da Zara. As fast fashion também aderiram…

Fotos: Net-a-porter, Style.com, StreetPepper.

1 comentário

Arquivado em Microtrend, Trend alert

Nas ruas de NY: A cor do Outono/Inverno será…

Nem vermelho, nem laranja, nem azul, nem camelo, nem branco… Quer dizer, todas estas cores aparecerão e muito ainda nas próximas temporadas, mas a cor do Outono aqui em NY parece ser o roxo! Passando por vários tons, a cor é a atual queridinha pelas vitrines de Manhattan.

O roxo remete à idéia de realeza, e a boa notícia é que por ser a combinação de cor fria com cor quente, fica bem para todo mundo! A febre do roxo no Outono é democrática passando por diferentes tons e em vários estilos diferentes, aposto que todos vão se identificar com pelo menos uma das propostas:

A Dior aposta no glamour e no lady-like: leveza, romântismo, renda misturada com peças mais estruturadas dão um ar chique remetendo aos anos 40 na primeira vitrine, desde o penteado da manequim até o ombro marcado. Na segunda vitrine o clima é de melindrosa dos anos 20, cintura caída, pérolas e pele.

A YSL foi de roxo na moda dos anos 70, silhuetas amplas com cintura bem marcada, reparem que o vestido, o cinto e a pulseira de pedra bruta são da mesma cor. O segundo look traz um vestido em corte atemporal, quebrado somento pelo “detalhe” do casaco de onça (onça com roxo fica lindo!).

A Chanel traz o roxo em sua coleção de pré-outono inspirada no Império Bizantino da idade antiga, a riqueza de bordados, os brilhos, os vestidos longos, muitos acessórios remetendo à riqueza. Mais difícil de inspirar literalmente, a imagem da Chanel serve (além de encantar) para pensar em vestidos de festa. Um vestido roxo para festas como casamentos, formaturas é uma bela escolha de cor, se enriquecido com bordados então…

A Joalheria Bulgari optou por uma bolsa na tonalidade para destacar em sua vitrine, outra boa dica como visto acima na Chanel e aqui na Bulgari: roxo com dourado super funciona.

A Bloomingdale´s optou por fazer um look  com a calça roxa J. Brand combinada com marrom, transparência e pele, inusitado colocar a calça colorida com peças sofisticadas, mas achei que funciona.

Também apareceu (e muito) nas últimas coleções Pré-Outono e nas Resorts atuais:

Campanha Alberta Ferreti Outono/Inverno 2012 tem leve inspiração anos 60 e corte impecável, perfeita para mulheres que trabalham em ambientes mais corporativos.

Campanha Blumarine traz uma mulher sexy (um pouco demais), mas deixa a dica que renda em roxo fica incrível.

A Balenciaga e seus grafismos garante o lugar cativo do vermelho e azul, mas também traz o roxo combinado com preto e branco, para uma mulher mais moderna e urbana.

Dicas de como combinar roxo? Com tons terrosos, com laranja, amarelo e pink (para o color blocking), com verde, com dourado para um look mais sofisticado…

Será que existe alguma dúvida que o roxo vai dominar o próximo Inverno?

Fotos: Roberta Weber, wwd.com.

14 Comentários

Arquivado em Sem categoria