Arquivo da tag: j. crew

#NYFW- Favoritos Inverno 2015.

ck

Oficialmente aberta a temporada de Inverno 2015 e com o fim da primeira etapa, a NYFW, eu vim trazer meus favoritos da semana nova iorquina. Pequeno resumo do que já podemos antecipar: Comprimento midi em shape mais ajustado, xadrez em todas suas versões do vichy ao tartan, militarismo, o mood é uma mulher forte e provocante, elementos masculinos contrapostos a todo instante com símbolos de feminilidade. Nos modelos noturnos, os tecidos com brilho imperam. A cartela de cores traz muito preto, marrom, terrosos, verde militar e toques de vermelho e burgundy. Nos calçados, botas bem pesadas tem vez, assim como a continuidade das botas cuissarde (acima do joelho), sapatos masculinos completam o time. Para bolsas, os modelos com franjas não perdem o posto e surgem nas clutches até modelos bem oversized.

3.1 Phillip Lim sempre veste as moças mais cool, dessa vez a fonte escolhida é o militar e o grunge tudo adaptado com muita sofisticação. Adorei o styling de sobreposições do look que abriu o desfile:

ny31

Alexander Wang foi para o cyber punk, estética bem construída e uma sensualidade hardcore:

nywang

 

alexwang

Altuzarra ganha quando aposta no sexy com alfaitaria que o tornou famoso e perde, quando lembra Ralph Lauren apelando para peças mais românticas com mood anos 70. Destaque para a cartela de cores de azul claro, caramelo, bordô. Os vestidos de festa usados com blusas de renda estilo vitoriano foram uma bela idéia:

nyaltuzarra

Delpozo e seu ode à arquitetura e à antiga alta costura, impossível não se encantar com o acabamento primoroso:

nydelpozo

Jason Wu seduziu com seu militar chic e bem clean:

nyjason

Michael Kors elegeu uma cartela de cores digna dos dias outonais mais lindos e investiu em uma mulher intelectual, ecos de anos 40 e 60 e uma leve homenagem de styling à Margot Tenembaum garantindo minha atenção:

nykors

J. Crew sempre válida para inspirar looks mais “reais”. Ótima sacada casar o vestido de paetês com parka:

nyjcrew

Narciso Rodriguez reproduziu o guarda-roupa dos sonhos de uma mulher 90´s, daquelas fãs de Carolyn Bessette:

nynar

Pedro Del Hierro, a marca espanhola apresentou uma coleção com o pé na era disco, mas acertou em cheio ao modernizar as peças com toques inteligentes (e funcionais) de styling. O casaco doudoune deu acabamento perfeito à calça cropped:

nypedro

A mulher austera e luxuosa da The Row, aparência sempre impecável sem demonstrar nenhum esforço:

nyrow

Victoria Beckham já fez minha coleção favorita da NYFW e não decepcionou nesta temporada, a silhueta extremamente bem pensada e fiel à mulher criada pela marca ficou ainda mais interessante. Esse look foi meu favorito pela inteligente mistura de texturas e delicado movimento da saia midi:

nybeckhamRodarte, fez um mix da era disco com traços de montaria e punk. O ponto alto foram as calças de cintura alta, shape que ganhou apelido de “cocktail pants” na Vogue americana de Dezembro por serem tão justas e só permitirem que se beba líquidos enquanto são usadas. Sexy e pouco óbvias quando usadas com peças oversized e de apelo masculino:

nyrodarte

Salvando o melhor para o final: Francisco Costa para Calvin Klein não costuma figurar entre meus favoritos, mas desta vez fez a melhor coleção da semana, na minha opinião. Segurei o post até o último dia em função de Marc Jacobs (que fez ótimo desfile, mas não me apaixonei). A grande surpresa foi Calvin, junção perfeita entre anos 70 e a estética minimalista tão inseparável da marca. Desejo de usar todas as peças:

nyck

Fotos: Vogue.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY

#NYFW- Drops Verão 2015.

ny1

A semana de moda de NY chegou ao fim, finalizando assim a primeira “perna” da temporada de Verão 2015 do hemisfério Norte. Influência sportswear, anos 90 (do minimalismo ao clubber), comprimentos midi, utilitarismo e uma cartela de cores não tão colorida, priorizando neutros, terrosos e tons fechados como azul petróleo e vinho foram marcantes. Uma sensualidade velada, com muitas transparências e os shapes bodycons também merecem menção.

A foto que abre o post traz o exército 60´s de Marc Jacobs. Adorei os vestidos longos com essa vibe.

Alexander Wang realizou meu desfile favorito da #NYFW, na primeira parte. A segunda, com estampas, me remeteu ao trabalho de Peter Pilotto e não amei. Mas a primeira parte, com referências atléticas, foi uma bela volta à forma do estilista:

ny10

A elegância austera da The Row me encanta, cartela em tons suaves, fendas e amarrações garantiram sofisticação em nível máximo:

ny11

As flores de Michael Kors: Com um desfile repleto de estampas florais, Kors encantou principalmente pelas saias midi com flores aplicadas. Adorei o combo de saia amarela transparente com cinto caramelo e camisa azul oxford mais alongada. Aliás, um truque de styling que promete é de usar saias transparentes com blazer e camisas mais longas.

ny12

A cartela de cores e a silhueta de Francisco Costa na Calvin Klein collection. O comprimento de calça mais fresh será este modelo cropped e mais largo (quem quiser aderir com mais facilidade deve apostar no salto):

ny2

O glamour utilitário de Ralph Lauren. Tons de khaki, bolsos e verde oliva misturados com laranja e amarelo criaram efeito pouco óbvio. Destaque para as pedrarias que emprestaram toques de luz aos looks:

ny3

Rachel Zoe apresentou um vestido longo de renda que seria um belíssimo vestido de casamento. Também adorei o macacão estilo smoking com detalhe de cinto com tassel:

ny4

As franjas de Proenza Schouler. Sem nenhum ranço western em versão fresh:

ny5

As obras de arte da Delpozo: Shapes arquitetônicos, vestidos que pareciam flutuar e muita leveza:

ny6

O styling sempre esperto da J.Crew:  Estilo boyish que fica super feminino quando usado com sandálias delicadas. A mistura interessante de listras e a combinação de azul petróleo com laraja.

ny7

O duvidoso, mas irresitível Verão da Rodarte. Sei que esta será polêmica, mas amei as parkas, as calças skinny de cintura alta (muito presentes na temporada), os óculos em colaboração com Oliver Peoples, os cintos e o truque de styling da sandália amarrada por cima da calça:

ny8

O Verão sexy de Altuzarra emprestando novos ares às estampas geométricas. Vichy (DVF também aposta neste tipo de quadriculado) e listras com sex appeal:

ny9

Casamento perfeito entre a Versus (marca jovem da Versace) e o genial Antony Vacarello, melhor impossível. Sou fã de longa data de Vacarello, lembram deste post de 2011 “Nome para guardar- Anthony Vacarello”?

ny0

 

Esta semana eu volto para falar da #LFW.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY

Truques de styling com Madewell.

made

A  J. Crew é muito conhecida pela sua identidade preppy e pelo styling impecável- repleto de idéias criativas- dos seus look books. Muita gente não sabe, que a marca possui uma “irmã” mais acessível e cool: A Madewell.

Olhando as fotos que acabaram de sair da coleção Primavera/Verão, achei legal dividir com vocês alguns truques de styling bem interessantes para tentar já!

Como emprestar um ar sofisticado para a classicamente despojada jardineira? Misturar com alfaiataria (no blazer) e colocar um sapato mais delicado, a sandália de tiras finas é super feminina. Para fechar com chave de ouro, vale dobrar a barra da calça.

Para deixar o trench coat com cara de Verão, que tal misturar com cores vibrantes e outros tons mais claros?

made2

Acessórios caramelo para peças com influência esportiva funcionam muito bem. Aliás tons de azul ficam ótimos com esta cor. É bom prestar atenção nas jaquetas estilo college, elas prometem invadir as araras em 2014.

made3

Calça de alfaiataria com sandália rasteira, forma incrível de colocar em prática o estilo relax que a estação mais quente do ano exige:

made4

Sapatilhas de bico fino garantem um resultado mais elegante e arrumadinho além de alongarem a perna. Vale apostar nos dias em que o salto é dispensável, mas o look mais cuidado não:

made5

Um dos segredos para misturar estampas é cordenar cores e/ou formas. Aqui as padronagens P&B também tem tamanhos similares.

made6

Perceberam que na cartilha da Madewell todas as calças do Verão 2014 tem a barra dobrada? Ótima desculpa para caprichar ainda mais na escolha dos sapatos.

Fotos: Madewell.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações

(Micro) Trend alert- Amor.

love4

O romance está em alta. Estilistas e marcas parecem andar especialmente inspirados pelo sentimento mais nobre de todos: Amor.

A Lanvin criou acessórios com palavras de efeito como “sos”, “help”, “cool” e…”Love”. O colar que abre o post é lançamento do próximo Inverno da Maison.

Charlotte Olympia aposta nos clássicos “Era uma vez…” e “Foram felizes para sempre” para enfeitar o salto do seu novo modelo para FW/14.

love6

Dentro da temática romântica, o coração não poderia ficar de fora. O símbolo é uma das maiores tendências para o próximo Inverno. Aquilano Rimondi, Burberry Prorsum e Holly Fulton todos criaram suas versões:

love9

Corações em look adulto sofisticado no styling do Net-a-porter para o suéter J.Crew com a estampa:

love2

A Burberry é a maior entusiasta, além de vestidos, o clássico trench coat e até uma clutch ganhou o enfeite:

love5

Christian Louboutin optou por enfeitar o seu loafer com combinação de cores interessante, matelassê e um pouquinho de amor próprio!

love7

Colares com pingentes de coração são clássicos que ganham update nas mãos da Lanvin (Nota-se que Alber Elbaz adora o símbolo):

love1

E Bottega Veneta:

love8

UPDATE: A marca Inglesa de fast fashion-  Next, escolheu um vestido com a padronagem romântica para Arizona Muse:

love8

Amor tá na moda…

Fotos: Vogue.com, Net-a-porter.

2 Comentários

Arquivado em Microtrend, Sem categoria

Trend watch- Retorno ao essencial.

Sempre fui adepta do pensamento que a moda estava aqui para inspirar e fazer sonhar. O tempo passou, e apesar de eu seguir encantada com a alta-costura e os grandes criadores, me torno cada vez mais admiradora de nomes como Isabel Marant e Alexander Wang- Que criam roupas “normais” para serem usadas em todas ocasiões. O que nem sempre acontece com estes designers citados, é a atenção ao detalhe. Cada vez mais importante para as pessoas que investem em artigos caros e diferenciados.

O verdadeiro luxo está muito mais em uma criação de Azzedine Alaia: Com sua técnica inigualável, alfaiataria impecável e capacidade de transformar o corpo de uma mulher- Os vestidos e saias custam uma pequena fortuna, mas podem ser incorporados em qualquer guarda-roupa. Já  um vestido todo bordado e decorado com veia maximalista acabará saindo do armário uma ou duas vezes. Utilizando aquela regrinha do custo benefício, mais e mais percebemos que vale a pena gastar em clássicos.

Alaia e seus vestidos- Pequenas variações sobre o mesmo tema:

alaia

A busca por qualidade anda superando a busca por quantidade e a chamada “fadiga” de fast fashion está em alta. Essa ressaca em relação aos itens descartáveis anda aumentando a busca por bens duráveis.

Lendo uma entrevista recente com Raf Simons, um dos maiores entusiastas do minimalismo atual e substituto de Galliano na Dior, sobre seu antecessor “Eu tenho muito respeito pela técnica e fantasia de John Galliano, mas não é algo que eu considere relevante agora, especialmente quando restringe uma mulher, porque em todas outras áreas elas tem tanta liberdade agora”.

Juntando essa declaração de Raf, observando a minha vontade cada vez maior por um estilo consistente e pouca paciência para tendências semanais, e o sucesso surpreendente ( e estrondoso) de marcas como The Row, resolvi escrever aqui sobre o retorno ao essencial.

A The Row é a marca de alta moda das gêmeas Olsen. Elas criaram a primeira coleção com o objetivo de lançar a camiseta perfeita, a legging de couro perfeita, peças-chave das meninas com estilo clean.

Esse vídeo de 2007, ainda me parece super atual. Morro de vontade de todos os looks mostrados e acredito que muitas de vocês também vão se identificar. Apostas simples, mas certeiras:

Hoje em dia, a The Row ficou cada vez mais sofisticada e investe no uso de materiais especiais (e raros) e em cuidado redobrado com acabamento e corte. O foco parece ter sido transferido para uma mulher mais madura.

therow

Para observar também as bolsas que mais tem feito sucesso na atualidade:

Eu ando obcecada com a Delvaux, marca de luxo da Bélgica que é a fabricante de itens de couro luxuosos mais antiga do mundo, foi fundada em 1829. Recentemente ela passou por uma repaginação e o modelo Ambigu é meu favorito. Aliás a Céline foi acusada de se “inspirar” no modelo.

delvaux

A Fendi, famosa por sua bolsa Baguette e seus logos, anda celebrando o hit da 2 Jours elite, super discreta e usável:

fendi

Dentro da linhas de consumo em massa, a marca COS do grupo H&M ficou popular, com seu apelo minimalista.

cosJá a Americana J.Crew, apesar do styling ousado e criativo, é especialista em peças em cashmere e itens clássicos:

jcrew

Precisando de bem menos para ser feliz. Qual é o verdadeiro luxo?

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria, Trend alert

A calça da temporada- Brocada.

Sempre existe uma lista de itens mais desejados a cada temporada. O barroco é uma das maiores tendências do momento como comentei neste post “Qual é o seu barroco?”, oriunda do maximalismo e do decorativismo, não é uma moda prática e acessível para o diário, devido a quantidade de informações em cada look, sem contar em sua cartela de cores bem chamativa. É aí que entra a peça que vou falar hoje: A calça brocada! Maneira fácil e estilosa de apostar na idéia.

Em Londres notei que todas as lojas, fast fashion ou marcas consagradas, tinham alguma versão para oferecer. A minha favorita (e a mais inovadora) são as calças jeans com efeito flocado em veludo, com desenhos de arabescos, são a maneira perfeita para manter o conforto do denim, mas renovar o look para a estação.

Estas da J. Brand que vi na Selfridges e fotografei para o instagram (O meu é @robertaweber) foram amor à primeira vista:

A Zara, que nunca fica para trás nas novidades, já tratou de lançar uma em versão preta:

A forma clássica também vai estar super em alta e é perfeita para sofisticar qualquer composição, normalmente em jacquard ou em outro tecido mais incorpado surge em conjuntinhos (tão populares como mostrei no post “Estampa combinada nos mínimos detalhes”). Nas coleções de Inverno em versão cropped, mais larguinha na Marni, Gucci, Osman e na apresentação da J.Crew.

A 7 for all mankind também aderiu, em edição glam rock:

O apelo rock´n´roll ganha contraste grunge com a camiseta de malha fininha e a atitude nonchalance:

Nas vitrines a Topshop e a H&M não perderam tempo:

Querem ver como o hit funciona na prática? As imagens de street style ensinam:

Proporções interessantes e uma boa dose de opulência:

Finaizando com a blogueira Jane Aldridge, do Sea Of Shoes, que combinou a camisa de alfaiataria usada displicentemente com a calça e o sapato Chanel em P&B:

Quem vai querer uma?

Fotos: VogueUK, MyWardrobe, Jbrand, StreetPepper, Zara.com, RobertaWeber, Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Londres

#TrendAlert: Foco nas mangas.

Misturas, em geral, andam muito em alta na moda nas últimas temporadas. Texturas, estampas, cores, brilhos combinados entre si, ajudam a tornar looks mais interessantes e com personalidade. Aqui no site, já comentei duas maneiras de aderir: através do retorno do patchwork, ou renovando a maneira de usar um look todo preto.

No momento, mangas parecem ser o fetiche das marcas, ganhando uma atenção toda especial. Seja variando na cor, no tecido, bordados, texturas, o destaque vai para elas.

A influência sportswear que a moda vem sofrendo, abre espaço para as varsity jackets, aquelas jaquetas estilo esportivo típica dos colégios e universidades Americanas. Neste caso, as jaquetas ganham mangas de couro, ou com cores contrastantes.

As camisetas, no mesmo estilo esportivo, são uma maneira mais leve de aderir à esta tendência:

Se depender de Miuccia Prada este shape de jaqueta esportiva continua para o Verão 2012, mas tratando-se de Prada, a leitura é nova: as jaquetas feitas de seda e cetim vem com estampas anos 50 e em tons de pedras preciosas,

Mangas de couro também surgem em looks mais sofisticados, misturados com pele, perfeitas para o próximo Inverno. Como na campanha Outono/Inverno 2011-12 da Topshop:

Elizabeth Olsen optou por uma jaqueta mais estruturada, com mangas de couro, combinada com look em tons de azul:

Parka é o casaco do próximo Inverno junto com as varsity jackets e o poncho, aqui é atualizado da sua forma utilitária através das mangas de couro:

As clássicas jaquetas “perfecto” ganham frescor com mangas em tecidos diferentes como o tweed, ou embelezadas por bordados:

Nas ruas, a influência barroca dá o tom diferente com bordados dourados na camisa de Taylor Tomasi Hill:

Inusitados como tweed e tecidos artesanais marcam o desfile da Verão 2012  da Balenciaga e o trench coat revisitado da Burberry Prorsum:

Vestidos também ganham mangas diferenciadas, com shape anos 40 e flores na Miu Miu, e com mangas de couro na Maison Martin Margiela:

Spikes  são a opção para renovar o vestido branco no Inverno 2011-12 da 3.1 Phillip Lim:

E a  renda é a opção na hora de complementar a estampa zig zag no Verão 2012 da marca Carven:

Para o auge do próximo Inverno, mais opções como casacos pesados e tricôs com mangas de pele e lã. Aqui, em editoriais da Bazaar espanha e da Vogue China, ambas de Novembro 2011:

Sonia Rykiel também criou sua versão:

Zanna Roberts já aplicando a tendência nas ruas:

Em tempo, a Versace criou uma versão das varsity jackets para sua , mais que aguardada, coleção com a H&M. A jaqueta, em versão masculina, ganha mangas com estampas clássicas da marca nos anos 80 e 90:

Fotos: StreetFSN, Style.com, net-a-porter, storemags, Topshop, StreetPepper, Fashionista.com.

5 Comentários

Arquivado em Trend alert