Arquivo da tag: matthew williamson

Pre-fall 2013/14 : Festa.

evening3

 

Muitas apresentações de pre-fall depois, resolvi selecionar o que vi de mais recorrente na temática festa. Diferente da temporada de alta-costura, no Pre-fall os vestidos são lindos, mas acessíveis e podem servir de inspiração para todo mundo.

O que mais chamou a atenção, foi o domínio dos looks em preto para noite. O grande diferencial é o toque de transparência, presente em praticamente todas as marcas.  Minimalista com beleza anos 40 na Gucci, drapeado para Prabal Gurung, manga longa e babados na Givenchy e Missoni.

A marca Alice + Olivia seguiu a fórmula, mas com pegada anos 30 e renda. Mega romântico:

eveningaliceolivia

 

Para quem cansou da obviedade dos vestidos longos, os estilistas apostaram no macacão. Peças versáteis e muito chiques, são ótimas alternativas para um evento mais formal, sem perder o conforto. Na Pucci, Peter Dundas apostou no roxo de veludo molhado, Jason Wu vai de clima studio 54, Stella McCartney na combinação de azul noite com preto e Temperley sugere o efeito emagrecedor do detalhe em branco na lateral. Observem que a cintura marcada impera. Truque fundamental para ficar longilínea e manter a sofisticação:

evening2

 

Entre as coleções, destaque especial para a linha black tie de Jason Wu, que surpreendeu com sua coleção inspirada na era disco dos anos 70. Transparências estratégicas e brilhos foram absolutos. A beleza, com cabelo para o lado e batom vermelho, também estava impecável e merece um copy + paste:

evening5

 

Dourado com preto é equação infalível para os dias em que buscamos glamour. O vestido clarinho de inspiração grega também é chave:

evening6

 

Para quem não cansa das cores, separei dois exemplos minimalistas, mas com detalhes especiais: O vestido coluna azul de Jonathan Saunders fica ainda mais interessante com o painel preto na lateral (que tem efeito super emagrecedor), já o drapeado laranja de Matthew Williamson faz just ao estilo gypset do designer e fica perfeito arrematado pela clutch de inspiração étnica:

evening4

Em tempo: A Vogue Itália de Fevereiro adianta a tendência dos vestidos pretos com transparência como queridinhos da temporada.

heritagevitaliaFotos: Vogue.com, Zinio.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert

#LFW- Estampas metalizadas.

Com o fim da semana de moda de Londres, a temporada Outono/Inverno internacional já chega na metade. Londres é sempre a capital com mais idéias frescas e liberdade na hora de traduzir as tendências nas passarelas, desta vez, uma celebração do estilo clássico Britânico com forte senso de “heritage” apareceu.

Características típicas do vestuário tradicional como brocados, jacquards e alfaiataria ganharam leituras atuais, o brocado metalizado, muito usado nos anos 60, retorna com tudo. Evolução das última temporadas, os brilhos não dão sinal de desgaste, em Londres, as estampas metalizadas surgem como proposta mais recente e tem tudo para invadir as ruas.

Os conjuntinhos continuam com força total, com destaque para calças e casacos: Richard Nicoll mistura as estampas metalizadas, Christopher Kane combina corpete de couro com o conjunto vermelho brocado e Temperley aposta no estilo russo em seu terno de jacquard dourado glam rock.

Uma das estilistas de Londres mais celebradas pela sua evening wear, Roksanda Ilincic, conseguiu unir o sportswear deluxe na parte de cima, com saia midi ajustada em brocado metalizado e barra de pele. Sofisticação e originalidade em um look.

Os vestidos também ganham versões metalizadas com toques especiais: Mistura de estampas para David Koma, recortes e assimetria para Matthew Williamson e renda misturada com brocados na Mulberry.

UPDATE: A coleção da Marni para a H&M- Eu mostrei o vídeo dirigido por Sofia Coppola aqui, vale a pena assistir já que o styling é bem melhor do que no look book– traz uma ótima alternativa para essa moda. As peças chegam no hemisfério Norte dia 8 de Março (Blusa e calça custam 79.99 cada).

Fotos: Vogue.com.

3 Comentários

Arquivado em Fashion Week, Microtrend, Trend alert

Hit da temporada- “Trophy pants”.

Qual o ponto em comum entre as últimas capas da Vogue Italia e Inglesa? Fora duas modelos Brasileiras (Raquel Zimmerman e Gisele), é o uso das “Trophy pants”

Já faz algum tempo que a calças deixaram de ser básicas, para virarem as estrelas das composições. As calças coloridas continuam populares nas próximas temporadas (olha o post que fiz ensinando a usá-las aqui) e as jeathers também não vão sair de cena tão cedo, para entender como é este tipo de calça clica aqui. A idéia é fugir do básico, quanto mais especial e diferenciada, melhor. O mais legal é que a calça “troféu” é ótima para as mais ousadas para misturar com estampas ou brincar com as cores. Assim como para as mais discretas, que podem combinar as calças com peças clássicas do seu estilo e garantir um look incrível sem muito esforço.

As calças ganham destaque nos looks, e viraram tão objeto de desejo que ganharam um nome, são as “Trophy pants”: Em clima maximalista com animal print na versão Italiana, e em clima psicodélico sofisticado na Vogue UK.

O estilo psicodélico que comentei neste post, é aposta da Jalouse em tons de vermelho:

As calças com estampa de animal print estão em alta, a Vogue Italia mistura onça no editorial principal da edição:

Seguindo nos editoriais, a Vogue Alemã traz mais do estilo maximalista com animal print e muita mistura de texturas:

A Current Eliot é a responsável pelo jeans desejo da temporada, com estampa de onça, que virou favorito dos sites de street style:

Caroline Blomst fotografou Geraldine Saglio com a calça, e também mostrou como gosta de usar a sua:

A outra calça troféu do momento, é a da Isabel Marant, com motivos Navajo, a calça Renell  foi criada para o Outono/Inverno 2011-12:

Para o Verão 2012, Marant criou três calças statement diferentes para tentar repetir o sucesso da Renell: Floral abstrato, patchwork e tie-dye. Qual delas vai ser o próximo hit?

E não foi só ela, mais estampadas prometem dominar o Verão como mostraram Altuzarra, Erdem, Matthew Williamson e  Michael van der Ham:

Com renda, brocados ou cortada à laser, a calça também aparece em looks mais elegantes e de festa: Na Vogue Paris, o modelo Flare com bordados e transparência é alta-costura de Zuhair Murad:

Branca e rendada na A magazine Italiana, com lenço clássico de caveiras McQueen:

Nas ruas, a variedade é imensa: Em tons mais neutros, a calça jeans escolhida por Poppy Delevigne é discreta e interessante.

Já a calça criada por Mary Katrantzou para a sua colaboração com a Topshop, traz a marca registrada da estilista- Estampas e cores:

E não é só nas colaborações que a marca de fast fashion vai investir nesta tendência, a coleção de Holidays que acaba de ser lançada, traz uma calça com metálicos estilo glam rock:

Seguindo o glam rock, no Verão 2012 Diesel Black Gold, Mugler, Paco Rabanne e Theysken´s Theory também optaram por brilhos e metalizados para embelezar suas calças:

Fotos: Topshop.com, FashionGoneRogue, Vogue.com, Style.com, StoreMags.com, StockholmStreetStyle, Topshop.com, Jak&Jil, Elle.com.

5 Comentários

Arquivado em Inspirações, Trend alert

O verde do Verão: “Menta”.

Complementando o post da última semana onde eu falo da “vez do verde”, nas passarelas do Verão passado da Burberry Prorsum, Miu Miu, Chanel, Fendi, Christopher Kane, o verde menta foi uma das estrelas. Tendência de cor notada (e anotada) pegou forte no Verão do hemisfério Norte e tem forte potencial para pegar aqui também.

Hannah McGibbon é uma das maiores entusiastas e usou a cor nas suas últimas coleções da Chloé  ( Desde Maio, quem atende pela marca é Claire Waight Keller). No Outono/Inverno (aquela com muito phyton), em look bem anos 70 e com bolsa tricolor, adoro tom sobre tom e a mistura de verdes é das maneiras mais legais de usar a cor atualmente. Para o Resort, McGibbon optou pela cor em look mais romântico e plissado com comprimento midi e sapatos com tiras dando toque moderno.

O Resort da marca Italiana Missoni aparece em palheta de tons pastéis (esse tipo de cor mais apagada como blush, menta, azul clarinho são ótimos antídotos para o color blocking) , e o verde menta surge nos acessórios e no vestido com corte anos 20.

Já a Marchesa, marca famosa pelos seus vestidos deslumbrantes perfeitos para o “red carpet”, usa o menta em vestidos longos misturados com dourado e bordados delicados. Destaque para a ousadia do vestido longo de black-tie combinado com clutch de onça, ficou lindo!

Fica a dica para casamentos e afins: Combinar os vestidos bem arrumados e formais com acessórios inusitados como cuffs e clutches estampadas ou com texturas (de tachas, por exemplo) quebrando a seriedade do vestido. E na cor menta para esse tipo de evento, é neutra o suficiente para ser usável, mas menos óbvia que outras do mesmo estilo.

Giambattista Valli com look Resort para noite, une o menta com tons de verde e azul em vestido longo estampado, bem sofisticado. Já Matthew Williamson misturou beges e pastéis e utilizou o menta na estampa da jaqueta meio étnica.

No Resort da Thierry Mugler, o couro, tecido super em alta há algumas temporadas, ganha versão verde menta com resultado sensacional. Na calça skinny com trabalhos nas laterais e no vestido de comprimento elegante com jaqueta preta mais sóbria. (Peças de couro nesse tom serão ótimos investimentos para o Verão 2012).

Duas versões bem diferentes: Cool e urbano na combinação da camisa verde menta com a calça verde militar (adorei) da Theysken´s Theory e bem formal no blazer estruturado da The Row, com saia midi cuidadosamente bordada.

Nas ruas a maneira favorita de usar é com neutros como preto e cinza (mas além de ficar incrível com outras tonalidades de verde, também fica lindo com metálicos, roxo, laranja, turquesa, vermelho…).

O verde para usar quando as temperaturas (finalmente) subirem…

Fotos: Style.com, StreetPepper, JustJared, StockholmStreetStyle, StyleByKling.


5 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert

“Glitterati”- Brilho dominando a temporada e as vitrines em NY.

Definitivamente esta moda não foi feita para as mais discretas (estas podem optar pelo minimalismo, que continua forte, mas anda perdendo espaço para o “maximalismo”). Por aqui todas as lojas e vitrines decretam que é tempo de brilhar: Muito paetê, glitter, bordados brilhosos, a ordem é reluzir.

Os brilhos são ótimas opções para deixar looks neutros mais especiais, para testar o mix de texturas tão em alta no momento, e claro, para ocasiões de festa: brilho é praticamente sinônimo de comemoração.

A aposta mais certeira de incorporar esta idéia é através dos acessórios: Na onda maximalista do momento, a Bergdorf Goodman sugere a clutch brilhosa com vestido de plumas, perfeito para A festa.

A Miu Miu (também bem maximal) sugere a bolsa de paetês com a pele colorida, outro item anos 70 que promete dominar os looks de Inverno.

Duas tendências em uma: Brilho e franjas na Bergdorf Goodman.

As clutches, carteiras pequenas de festa, são a opção perfeita para enfeitar com materiais brilhosos.

Nos sapatos também fazem a diferença em qualquer produção: A preferência tem sido nos scarpins, o modelo de sapato clássico que voltou a ser “queridinho”. Mas a sandália de cristais Pierre Hardy também representa bem o clima.

Diane Krueger já apareceu usando sua Miu Miu Trompe l´Oeil glitter ankle boots – possivelmente o sapato mais desejado da temporada

Nas roupas os brilhos ganham espaço em todas as peças: das calças, passando pelos vestidos, blazers e blusas como esta abaixo na vitrine da Barneys.

Para a noite a proposta é mais ousada: Acessórios e roupas com brilho, preferencialmente de fontes diferentes como o vestido bordado com a clutch de metais.

Neste o vestido laranja ganha recortes bordados e é combinado com o scarpin Louboutin todo cravejado.

A coleção Pre-fall da Chanel, com sua luxuosa inspiração na era Bizântina propôe o vestido e o acessório de cabeça embelezados.


Uma das marcas que apostou pesado nesta moda foi a Dolce & Gabbana, além das estrelas que já mostrei aqui, renda e os brilhos tem presença garantida.

As redes fast fashion também não ficam para trás: a Aldo apostou na combinação do vestido de paêtes com a plataforma de glitter para sua coleção de Holidays (sim, a coleção especial para as festas de fim de ano já foi lançada, mas nas lojas somente em Novembro).

E a Topshop pega carona no shape anos 60 do sapato Mary Jane e moderniza com o brilho prateado.

No Brasil a marca Santa Lolla já produziu modelos em sua coleção de Verão que acabou de chegar nas lojas e a Zara lançou vários sapatos no estilo.

Fotos:Roberta Weber, Fashiolista, Dolce & Gabbana/Reprodução, Topshop.com, JustJared.

4 Comentários

Arquivado em Inspirações, NY, Trend alert