Arquivo da tag: moda festival

De olho na tendência- Camurça.

camurçaflair

Anos 70 são a atual década fetiche da moda e quando falamos neles, tem um tecido que é onipresente: A camurça. O material tem a capacidade de casar perfeitamente com várias tendências, do militar ao disco, passando pelo boho e western. Vem descobrir a versatilidade e as versões favoritas para esta temporada.

Cat McNeil na Flair, dom colete em camurça e acessórios trançados com apelo handmade.

Tons terrosos e queimados são os favoritos para as peças: O look pode ser bem jovem como ilustrado na Teen Vogue, as franjas emprestam um ar faroeste à composição:

CAMURÇATEENVOGUE

Remetendo à moda festival como na Vogue russa com kimono de franjas no material:

camurçavoguerussia

Comprimentos mínimos são eleitos pela L´Officel, observem como a camurça funciona bem com materiais delicados:


camurçalofficel

Macacão aparece para todos os estilos e gostos, aqui em tom candy, mais uma vez na Vogue russa:

CAMURÇAVOGUERUSSA2

Gisele na capa da Vogue UK de março, estilo safari:

camurçavuk

Adulta e elegante na Vogue Espanha combinada com pele e em saia midi:

camurçavoguespain

Frida Gianini foi uma das principais responsáveis pelo clima setentista do Verão 2015, ironicamente com sua derradeira coleção para Gucci (esse mês tivemos a estréia de Alessandro Michele na marca durante a MFW), ela criou peças hit em camurça que se tornaram favoritas das publicações internacionais.

Aqui o trench coat na Bazaar Russa:

camurçabazaarrussia

 

Na Wonderland:

camurçawonderlandE na Pop. Vale ressaltar que acessórios dourados são aposta impecável para combinar com o material em tom cru:

camurçapop

Para investir (ou tirar do armário) já…

Fotos: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Trend alert

Resumo da semana Melissa: “Americana” e os sapatos do Verão 2012.

Nesta semana o #ConexãoLondres é sobre um tema que já comentei aqui: a tendência “Americana“, das marcas de luxo às fast fashion as próximas estações estarão repletas de peças tudo a ver com esta moda. Além de mostrar duas Melissas da coleção Power of Love que estão em sincronia com o tema, de quebra tem looks inspiradores para usar em festivais de música ou em dias lindos de Verão. Para conferir o post na @LojaMelissa clica aqui.

Já no blog da @SigaMelissa, eu conto qual o material da vez para os sapatos na temporada de Verão 2012 do hemisfério Norte. Marc Jacobs, Oscar de la Renta, Phillip Lim, Mary Katrantzou, Dolce… Todos aderiram. Quer descobrir? Confere o post aqui.

Fotos: FashionGoneRogue, FashionSpot.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Fashion Week, Melissa, Trend alert

A influência oriental na moda e a interpretação das marcas fast fashion:

A tendência oriental ressurgiu com força na última temporada Primavera/Verão. Marcas como Louis Vuitton, Haider Ackermann, Dries Van Noten, investiram pesado utilizando de estampas típicas (como flores, em especial orquídeas), tecidos acetinados, cinturas marcadas por cinto obi, mistura de estampas, plataformas…

No Outono/Inverno marcas tradicionais apostaram na tendência como Armani, Ralph Lauren e Giambattista Valli.  A cantora Inglesa Florence Welch estrela a capa da nova Vogue Japão, de blazer tuxedo da coleção Ralph Lauren Outono/Inverno 2011-12:

E continua em editorias como estes da Vogue Alemã e Francesa:

As marcas fast fashion estão permanentemente traduzindo as tendências das passarelas tornado-as acessíveis e fáceis de usar no dia-a-dia. Apesar da coleção Outono/Inverno da Zara trazer peças mais literais da influência asiática, a maneira favorita de aderir foi através dos kimonos: Respeitando o modelo normal ele vem em estampas diversas (não somente as asiáticas). Aparecem também mais longos quase como capas, transparentes, com texturas, franjas, bordados e principalmente em looks de influência Boho, anos 70 e estilo moda festival, deixando-o bem casual e despretensioso. Foi o cover-up preferido das meninas do Hemisfério Norte neste Verão, combinado com o onipresente short jeans e bastante acessórios como colares longos e muitas pulseiras.

Os mais longos e transparentes:

Fica lindo colorido também:


Embarcando na onda anos 70 e já na sua coleção de Inverno, a Topshop sugere o uso do kimono em looks com comprimento maxi, sobreposições, e investe nos kimonos com estampas tribais ou tie-dye, fugindo do óbvio (Desculpem a qualidade das fotos, não é permitido fotografar dentro da loja, portanto apelei para o celular):

Na H&M duas versões: com flores digitalizadas e mais delicada, e na pegada anos 70 com lurex e franjas:

Na Zara com o shape clássico e estampa também:

Disponível também na Asos já em versão outonal e na Nasty Gal ainda em clima de Verão:

Perfeito para “quebrar” um look de proporções ajustadas demais, deixando-o mais interessante e moderno (e menos apelativo), ou para adicionar um toque especial à looks mais básicos, aderir à moda anos 70…

Fotos: Reprodução Vogue Nippon/Vogue Paris/Vogue Deutsch, LouisVuitton, StockholmStreetStyle, Lookbook.nu, Asos, NastyGal, Roberta Weber.

2 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, NY, Trend alert

A moda festival na versão das marcas de luxo: “Americana”.

Quando eu mostrei aqui a aposta das fast-fashion na moda festival, surgiu a pergunta: E as marcas de luxo também apostam? Sim, mas é uma versão mais sofisticada e clean que tem nome:  “Americana”. A grafia é esta mesma em inglês e remete à filmes faroeste com cowboys e índios, a à todo universo folclórico Americano. O que eu quero dizer com isso? Muito jeans, franjas, couro em tons terrosos, estampas navajo, penas, chápeus…

Uma marca que tem esta imagem como marca registrada (e foi possivelmente a pioneira) é a Ralph Lauren, seus trabalhos com jeans, camurça, franja e pedras turquesa aparecem sempre. Está no DNA, que aliás remete à aquele papo deste post aqui. As vitrines da marca na flagship da Madison Avenue estão tomadas pela moda “Americana” misturada com itens luxuosos, como este manteau navajo com vestido de cetim anos 20.

Combinar a este tendência com peças metálicas é aposta certeira para a próxima temporada, ganhando ar chique e mais autêntico.

No desfile Outono/Inverno 2011 da Balmain a idéia foi a mesma, mas bem mais exagerada e quase futurista.

Nesta temporada quem carrega a bandeira Americana é a Francesa (!) Isabel Marant, a estilista que tem sua marca há mais de 15 anos caiu nas graças do público recentemente e trouxe esta tendência para sua coleção de Outono Inverno. Proenza Schouler (até PS1 com estampa navajo anda rolando), Balmain (de maneira mais tímida, misturada com futurismo e glam rock), Pucci, Rag &Bone e Rodarte também usam da inspiração.

Uma das febres do próximo inverno, o poncho, é um item direto da moda “Americana”, mas ganha update em versões de Nylon ou tweed com styling já rumando para um sportswear de luxo.

Botas cowboy ou com franjas (como as da Isabel Marant e Balmain), acessórios com turquesa, jeans branco, sandálias estilo tribal, bordados com miçanga, acessórios com pena..

Na coleção Isabel Marant além das botas,brincos, bolsas, pulseira e colares, todos aparecem carregados desta tendência.

Colar Isabel Marant, mais que statement!

Nas bolsas da Proenza & Schouler e da See by Chloé.

E nas botas do Nicholas Kirkwood para o desfile da Rodarte Outono/Inverno 2011.

Em editorial de Outono/Inverno 2011 da Vogue Paris de Agosto:

E nas ruas em versão masculina:

E feminina interpretada pela editora chefe da Vogue Paris, Emmanuelle Alt:

E na novíssima campanha de Inverno Proenza & Schouler, “Americana”  muito sofisticada e moderna.

Eu particularmente amo esta moda (meu fraco é qualquer coisa com franjas!) e espero que continue bem forte…

 

Fotos: Vogue it, Elle US, Jak& Jil, Stockholm street style, Roberta Weber.

11 Comentários

Arquivado em Trend alert

Resumo da semana Melissa: Jeans com jeans e mais da moda festival.

Esta semana no #ConexãoLondres da Loja Melissa, falo do clássico revisitado que é o jeans com jeans. Depois de ser considerado um “faux pas” por muitos anos, Karl Lagerfeld trouxe de volta esta moda há algumas temporadas na Chanel. Agora ela ganha força total e é uma das preferidas das revistas do Hemisfério Norte no momento e nas campanhas de grandes marcas, além de ganhar as ruas. Para conferir clica aqui.

Versátil em versão masculina da Gucci: look com acessórios artesanais, bem Verão.

Na Diesel, em versão feminina e mais rock´n´roll, o jeans aparece no vestidos, nos sapatos e na bolsa.

Editorial da Elle Americana de Agosto/2011. As botas brancas, estrelas do próximo Outono/Inverno, já marcando presença.

E no Site da Melissa, mais uma nota da moda festival que comentei aqui, desta vez  o site da Vogue Inglesa dá dicas das peças mais legais para entrar nesta tendência e curtir os festivais de música que estão acontecendo por lá. A Melissa Ankle Boot + Vivienne Westwood é uma das sugestões de sapato. Confere aqui.

1 comentário

Arquivado em Melissa, Trend alert

Moda em NY: Lojas fast fashion apostam na tendência “festival”.

Tenho falado muito em tendências e focado mais em marcas de luxo, mas como se sabe, hoje em dia, as grandes redes mais populares acompanham a moda das passarelas praticamente em tempo real.

Uma das coisas mais legais na moda, na minha opinião, é o hi-lo. Esse termo é usado para definir estilos que misturam peças mais exclusivas, com peças de lojas mais acessíveis e achados vintage. Basicamente misturar várias referências (e preços) em um só look, criando assim um visual único e demonstrando a personalidade da pessoa que está usando.

A tendência favorita do momento de quatro das principais fast fashion é a moda Festival. Uma releitura da moda boho é inspirada nas roupas usadas nos festivais de música aqui no Hemisério Norte, um caldeirão de referências que vai de Woodstock até índios Norte-americanos e influências da década de 70: Muita camurça, tecidos e peças com inspiração artesanais, acessórios com pedras e penas, tons terrosos, shorts jeans, vestidos com estampas tribais…

A Topshop aposta nos comprimentos longos, na mistura de vários acessórios, lenço na cabeça, cintura marcada e muitas sobreposições em tons terrosos. Olha o grená aparecendo novamente.

A H&M prefere a mistura de preto com tons diferentes de vermelho, franjas e estampas de influência étnicas, jeans e adereços de cabeça e assim como a Topshop muitos colares com penas.

A Forever XXI escolhe misturar texturas como tricô, renda, crochê, assim como um mix de estampas passando do floral até o xadrez.

E a Urban Outfitters, que tem no seu DNA a moda festival, traz um visual um pouco mais sofisticado combinando o short de seda bordado com pedras com listras e colar de penas. Também entram o chapéu, calça jeans de motivo floral e a tendência artesanal.

Qual versão da moda festival vocês preferem?

O que são as redes fast fashion? Amaioria das pessoas sabe, mas para quem fica confuso com o conceito: É um termo contemporâneo usado para definir grandes lojas/magazines que vendem roupas sempre dentro das tendências do momento, de acordo com revistas e passarelas, em preços acessíveis e em grande quantidade. Estas lojas recebem roupas diariamente ou semanalmente, sempre dentro do que está em alta no mercado. Aqui fora as mais famosas são: Topshop, Zara, H&M, Forever 21, no Brasil temos a Renner, C&A, Riachuelo, Marisa…

Fotos: Roberta Weber.

8 Comentários

Arquivado em Inspirações, Trend alert