Arquivo da tag: NY

#NYFW- O retorno do caqui.

khaawang

A moda náutica, listras, a camisaria e os babados continuam reinando de acordo com as passarelas da NYFW, mas o que mais me chamou a atenção foi o retorno de um velho conhecido: O tradicional caqui.

Favorito dos turistas pelo mundo e protagonista dos looks safári, a cor caqui é daquelas que podemos sempre contar para um look clean e possivelmente…entediante. E esse é o desafio dos estilistas na temporada de Verão 2017 em NY, trazer um pouco de sexy e um olhar fresco para à cor neutra.

Se for eleger uma peça para investir, aposte na calça. Esqueça a calça cargo com camisa, a ideia é subverter. Abrindo post com a proposta quente de Alex Wang, a calça cenoura é combinada com top de amarrações.

A australiana Zimmermann sugere um romance discreto. Juntando a calça de modelagem molenga com renda e babados em um ton sur ton esperto:

khazimmermann

O estilo preppy é entusiasta da cor, na Rag & Bone eles respeitam os códigos (suéter gola v, calça), mas adicionam um toque punk ao combo clássico com choker, cinto e bastante atitude nonchalant:

caqui

Na Tibi, além da calça ampla, blusas com mangas esculturais fazem par com jeans e azul marinho, garantindo uma cara contemporânea para o tom:

khatibi

Vestidos também ganham espaço. Ryan Roche mostra a versatilidade do tricô e a composição monocromática impera. Como a cor pode se confundir com a pele se você for clarinha, o truque do batom vermelho dá o ponto de luz:

kharyanroche

Dion Lee vai na estética clean com vestido daqueles ótimos de ter no guarda-roupa, fáceis de usar e básicos:

khadionlee

Funcionais, as parkas são tradicionais no tom.  Yeezy aposta na cor dos pés à cabeça. Reparem como o tom fica bonito em coloração mais bronzeada:

khayeezy

Red Valentino traz a parka ao universo artsy, ajudando a equilibrar a estampa e as cores vibrantes:

kharedvalentino

Sem se comprometer totalmente, Victoria Beckham aposta na saia tricolor que ajuda a afinar a silhueta:

khavictoriabeckham

E Roseta Getty mistura com preto em jogada sutil e mega elegante:

kharosetta

O trench coat, provavelmente a peça mais famosa do mundo no tom, ganha novo fôlego e atenção das marcas. No desfile da Vetements, apresentado em Julho em Paris, fora do calendário normal, ele surgiu desconstruído com ecos da melhor fase de Margiela.

khavetements

Tá na hora de dar uma chance para o caqui ser cool novamente.

Fotos: Vogue.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Color watch, Fashion Week, Inspirações

#NYFW- Favoritos Verão 2016.

nydel

A semana de moda de NY ainda não chegou ao fim, mas eu tive a “ousadia” de já vir dividir meus looks favoritos da temporada americana de Verão 2016 (não rolou Marc Jacobs, Proenza Schouler, nem Calvin Klein ainda, então este post é um pouco precipitado).

Apesar de com fôlego para os anos 70, a década de ouro do momento para os designers parece ser a de 90. Carolyn Bessette a musa não declarada. Pensem em cetim, camisolas, silhueta languida e minimal, muitas referências esportivas, assimetria, comprimentos midi em shapes ajustados, Calvin Klein, Helmut Lang..,

Começando com meus favoritos: Delpozo, que já havia ganhado este posto ano passado continua seu reinado. Não consigo superar a precisão das peças e a qualidade e encanto dignos de alta-costura. Também gosto muito do ar lúdico, mas moderno que eles imprimiram. O look que abre o post foi o que mais gostei, mas este abaixo também foi especial. Reparem na construção e estrutura do vestido.

nydelpozo

No outro extremo, fiquei extasiada com a estréia da dupla da Public School na DKNY. 90´s na veia, com a alfaiataria exata, tipo aquela vontade incontrolável de transferir todos os looks para meu armário já:

nydkny

Vestido-blazer:

NYDKNY3

Cartela de neutros e nada mais é necessário:

NYDKNY2

Na marca própria, adorei a vibe sporty:

nypublicschool

Alexander Wang comemorou dez anos de sua marca, sem nenhuma grande novidade, mas ainda com o dedo no pulso do que os “jovens” querem. Que arrebatou meu coração, apenas esta jaqueta e as birkenstocks estilizadas:

nyawang

Toque street boho na Coach que tem me agradado bastante nas mãos de Stuart Vevers:

nycoach2

Na Rag & Bone, o corte de vestido da vez, tanto para o casual, quanto para a noite:

nyrag

Reparem na versão do mesmo por Victoria Beckham, adorei o vichy oversized e o sapato masculino (outra marca dos anos 90 que foi campeã nas coleções):

nyvictoriabeckham

E na Cushnie et Ochs, sofisticação bem recortada:

nycushnie

Feminilidade mais intelectual, mas não menos sexy por Rosetta Getty:

nyrosettagetty

Ainda no tema assimetria, as fendas são apostas certeiras. Minhas favoritas surgiram na Opening Ceremony:

nyopening

E no Altuzarra:

nyaltazurra

No comprimento maxi, adorei a versão de Michael Kors:

nymkors

Transparência e leveza foram as palavras chave de Prabal Gurung:

nyprabal3

Chegando definitivamente na hora noturna, Zac Posen arrasou na versão dark de cetim do vestido de casamento (por Narciso Rodriguez) de Carolyn Bessette:

nyzac

Carolina Herrera surgiu com separates lindos e bem versáteis para uma festa de gala. Adorei o volume da saia e a cartela de cores:

nycarolinaherrera

Fechando com o espetáculo da Givenchy, que transferiu seu desfile para Nova Iorque e emocionou com looks dignos da comoção que causaram. Um pout-pourri de tudo que já aprendemos a esperar (e amar) de Riccardo Tisci com requinte da saudosa couture da maison:

nygyvenchy

nygivenchy3

nygivenchy4

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Inspirações

Resumo da semana Melissa: Verão 2012 na #NYFW e FNO.

No #ConexãoLondres da semana, o tema é a NYFW, primeira das quatro semanas de moda da temporada. Por lá, eu conto quais as principais tendências que apareceram nas passarelas para o Verão 2012, e ainda indico as Melissas “Power of Love” que mais tem a ver com cada uma delas. Para conferir é só clicar aqui e ler o post no blog da @LojaMelissa.

No Melissa oficial, mais um pouco da #NYFW com a minha crítica do desfile do nosso colaborador Jason Wu. Ele crious três Melissas incríveis para a coleção Power of Love e não decepcionou nada com sua coleção de Verão 2012. Clica para ler o post e ver as lindas fotos:

O FNO, evento criado pela revista Vogue para celebrar a moda mundial, teve sua terceira edição este ano. A Melissa participou da festa em NY e em São Paulo, para conferir tudo que rolou. É só entrar aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Melissa, NY

A influência oriental na moda e a interpretação das marcas fast fashion:

A tendência oriental ressurgiu com força na última temporada Primavera/Verão. Marcas como Louis Vuitton, Haider Ackermann, Dries Van Noten, investiram pesado utilizando de estampas típicas (como flores, em especial orquídeas), tecidos acetinados, cinturas marcadas por cinto obi, mistura de estampas, plataformas…

No Outono/Inverno marcas tradicionais apostaram na tendência como Armani, Ralph Lauren e Giambattista Valli.  A cantora Inglesa Florence Welch estrela a capa da nova Vogue Japão, de blazer tuxedo da coleção Ralph Lauren Outono/Inverno 2011-12:

E continua em editorias como estes da Vogue Alemã e Francesa:

As marcas fast fashion estão permanentemente traduzindo as tendências das passarelas tornado-as acessíveis e fáceis de usar no dia-a-dia. Apesar da coleção Outono/Inverno da Zara trazer peças mais literais da influência asiática, a maneira favorita de aderir foi através dos kimonos: Respeitando o modelo normal ele vem em estampas diversas (não somente as asiáticas). Aparecem também mais longos quase como capas, transparentes, com texturas, franjas, bordados e principalmente em looks de influência Boho, anos 70 e estilo moda festival, deixando-o bem casual e despretensioso. Foi o cover-up preferido das meninas do Hemisfério Norte neste Verão, combinado com o onipresente short jeans e bastante acessórios como colares longos e muitas pulseiras.

Os mais longos e transparentes:

Fica lindo colorido também:


Embarcando na onda anos 70 e já na sua coleção de Inverno, a Topshop sugere o uso do kimono em looks com comprimento maxi, sobreposições, e investe nos kimonos com estampas tribais ou tie-dye, fugindo do óbvio (Desculpem a qualidade das fotos, não é permitido fotografar dentro da loja, portanto apelei para o celular):

Na H&M duas versões: com flores digitalizadas e mais delicada, e na pegada anos 70 com lurex e franjas:

Na Zara com o shape clássico e estampa também:

Disponível também na Asos já em versão outonal e na Nasty Gal ainda em clima de Verão:

Perfeito para “quebrar” um look de proporções ajustadas demais, deixando-o mais interessante e moderno (e menos apelativo), ou para adicionar um toque especial à looks mais básicos, aderir à moda anos 70…

Fotos: Reprodução Vogue Nippon/Vogue Paris/Vogue Deutsch, LouisVuitton, StockholmStreetStyle, Lookbook.nu, Asos, NastyGal, Roberta Weber.

2 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, NY, Trend alert

“Glitterati”- Brilho dominando a temporada e as vitrines em NY.

Definitivamente esta moda não foi feita para as mais discretas (estas podem optar pelo minimalismo, que continua forte, mas anda perdendo espaço para o “maximalismo”). Por aqui todas as lojas e vitrines decretam que é tempo de brilhar: Muito paetê, glitter, bordados brilhosos, a ordem é reluzir.

Os brilhos são ótimas opções para deixar looks neutros mais especiais, para testar o mix de texturas tão em alta no momento, e claro, para ocasiões de festa: brilho é praticamente sinônimo de comemoração.

A aposta mais certeira de incorporar esta idéia é através dos acessórios: Na onda maximalista do momento, a Bergdorf Goodman sugere a clutch brilhosa com vestido de plumas, perfeito para A festa.

A Miu Miu (também bem maximal) sugere a bolsa de paetês com a pele colorida, outro item anos 70 que promete dominar os looks de Inverno.

Duas tendências em uma: Brilho e franjas na Bergdorf Goodman.

As clutches, carteiras pequenas de festa, são a opção perfeita para enfeitar com materiais brilhosos.

Nos sapatos também fazem a diferença em qualquer produção: A preferência tem sido nos scarpins, o modelo de sapato clássico que voltou a ser “queridinho”. Mas a sandália de cristais Pierre Hardy também representa bem o clima.

Diane Krueger já apareceu usando sua Miu Miu Trompe l´Oeil glitter ankle boots – possivelmente o sapato mais desejado da temporada

Nas roupas os brilhos ganham espaço em todas as peças: das calças, passando pelos vestidos, blazers e blusas como esta abaixo na vitrine da Barneys.

Para a noite a proposta é mais ousada: Acessórios e roupas com brilho, preferencialmente de fontes diferentes como o vestido bordado com a clutch de metais.

Neste o vestido laranja ganha recortes bordados e é combinado com o scarpin Louboutin todo cravejado.

A coleção Pre-fall da Chanel, com sua luxuosa inspiração na era Bizântina propôe o vestido e o acessório de cabeça embelezados.


Uma das marcas que apostou pesado nesta moda foi a Dolce & Gabbana, além das estrelas que já mostrei aqui, renda e os brilhos tem presença garantida.

As redes fast fashion também não ficam para trás: a Aldo apostou na combinação do vestido de paêtes com a plataforma de glitter para sua coleção de Holidays (sim, a coleção especial para as festas de fim de ano já foi lançada, mas nas lojas somente em Novembro).

E a Topshop pega carona no shape anos 60 do sapato Mary Jane e moderniza com o brilho prateado.

No Brasil a marca Santa Lolla já produziu modelos em sua coleção de Verão que acabou de chegar nas lojas e a Zara lançou vários sapatos no estilo.

Fotos:Roberta Weber, Fashiolista, Dolce & Gabbana/Reprodução, Topshop.com, JustJared.

4 Comentários

Arquivado em Inspirações, NY, Trend alert

Quer uma bolsa nova? Aposte em uma…

Há poucos dias comentei como a “saga do vermelho” continua forte, diferente do que muita gente apostava até a calça vermelha segue em alta, ontem a atriz Katie Holmes apareceu no programa de entrevistas do Jay Leno usando um modelo de couro cropped. Na Elle Americana de Agosto aparecem seis looks com calça vermelha, e a revista de Outono da Bergdorf Goodman dedicou um editorial para a cor.

Mas por aqui, a nova maneira favorita de aderir à cor é através da bolsa: Hoje fotografei a vitrine da Bloomingdale´s e a vitrine da Prada, já com a nova coleção Inverno, também com o vermelho como dominante e com várias opções de bolsa no tom.

Prada:

Gostando ou não, hoje em dia quem mais influencia nas tendências são as celebridades,e o que me chamou atenção foi conferir três da principais “fashion icons” do momento fotografadas usando bolsa vermelha esta semana: Miranda Kerr com uma Prada modelo “Saffiano” , Rosie Huntington-Whiteley com uma Chloé “Paraty”, e Diane Kruger com a “Miss Wu” do designer Jason Wu.

Para quem acha vermelho chamativo demais para usar peças na cor, uma bolsa seria ótima aposta: Combina com tons neutros, entra em color blocking com azul royal, verde, laranja e pink, e fica incrível em looks com estampas. Dizem que ter carteira vermelha dá sorte, mas acho que para as próximas temporadas o item indispensável será a bolsa vermelha.

Fotos: FashionSpot, JustJared, StylePepper, Roberta Weber.

1 comentário

Arquivado em Trend alert

Nas ruas e na moda: A volta das polêmicas cruzes.

Uma tendência que retorna com força, o uso de cruzes, já causou muita polêmica e discussões sobre seu uso na moda e não apenas como símbolo sagrado de religião.

Hoje, o objetivo é apenas ilustrar esta moda, cada um tem sua opinião sobre o assunto e o objetivo não é ofender ninguém.

Tom Ford usou-as em suas coleções para YSL no fim dos anos 90 e início de 2000 com apelo gótico, desde então elas andavam esquecidas. Na última coleção de Verão da Pucci, Peter Dundas as trouxe de volta misturadas com suas roupas com inspirações mediterrâneas e leve toque de Americana.

A moda tem usado muitas referências góticas nas últimas temporadas como o couro, a renda, transparências, toques de fetiche, amarrações, veludo, cetim. Era só uma questão de tempo até que as cruzes retornassem às passarelas.

As maneiras mais frequentes de usá-las são com looks que remetem ao estilo gótico, rock´n´roll ou  Boho.

Elas tem aparecido com mais força nos acessórios, graças à última coleção Pré-Inverno da Chanel inspirada na arte Bizantina, as cruzes aparecem em formatos variados, em pedras coloridas ou com influência mais dark, como nas jóias da designer Pamela Love.

Cruzes no Net-a-porter: Nos anéis de Diane Kordas e Pamela Love, e no bracelete de Kenneth Jay Lane.

Surpreendentemente os lugares onde esta tendência ganhou mais espaço foi nas fast fashion, em opções infindáveis:

Topshop

Forever XXI

Aldo

Urban Outfitters

Nas ruas entre as trendsetters do momento.

Kate Lanphear da Elle Americana, mantendo seu estilo roqueiro na mistura P&B com a cruz por cima do colarinho fechado:

Alexa Chung com seu estilo habitual só acrescentou a corrente com crucifixo:

As cruzes também andam estampando camisetas, em todas as Fast fashion aqui em NY existem opções de estampas variadas.

A blogueira Chiara do The Blonde Salad já apareceu com duas: Uma de renda e outra de oncinha.

E na camisa transparente com cruzes bordadas da Asos e camiseta de cruz da marca Wildfox:

De maneira mais específica, o tema  tem sido abordado na moda, como na última edição da revista Visionaire curada por Riccardo Tisci da Givenchy com a temática de “religião”. Dá para conferir um pouco da edição limitada aqui.

Em uma preview da edição de Setembro da Revista V com styling de Carine Roitfeld, já vi um look com gargantilha de crucifixo. Polêmica ou não, parece que esta tendência vai persistir por algumas temporadas…

Fotos: Net-a-porter, Jak&Jil, Street pepper, Asos, Wildfox, Topshop, Aldo shoes, Forever 21, style.com, The blonde salad,

8 Comentários

Arquivado em Trend alert