Arquivo da tag: Rachel Zoe

#NYFW- Drops Verão 2015.

ny1

A semana de moda de NY chegou ao fim, finalizando assim a primeira “perna” da temporada de Verão 2015 do hemisfério Norte. Influência sportswear, anos 90 (do minimalismo ao clubber), comprimentos midi, utilitarismo e uma cartela de cores não tão colorida, priorizando neutros, terrosos e tons fechados como azul petróleo e vinho foram marcantes. Uma sensualidade velada, com muitas transparências e os shapes bodycons também merecem menção.

A foto que abre o post traz o exército 60´s de Marc Jacobs. Adorei os vestidos longos com essa vibe.

Alexander Wang realizou meu desfile favorito da #NYFW, na primeira parte. A segunda, com estampas, me remeteu ao trabalho de Peter Pilotto e não amei. Mas a primeira parte, com referências atléticas, foi uma bela volta à forma do estilista:

ny10

A elegância austera da The Row me encanta, cartela em tons suaves, fendas e amarrações garantiram sofisticação em nível máximo:

ny11

As flores de Michael Kors: Com um desfile repleto de estampas florais, Kors encantou principalmente pelas saias midi com flores aplicadas. Adorei o combo de saia amarela transparente com cinto caramelo e camisa azul oxford mais alongada. Aliás, um truque de styling que promete é de usar saias transparentes com blazer e camisas mais longas.

ny12

A cartela de cores e a silhueta de Francisco Costa na Calvin Klein collection. O comprimento de calça mais fresh será este modelo cropped e mais largo (quem quiser aderir com mais facilidade deve apostar no salto):

ny2

O glamour utilitário de Ralph Lauren. Tons de khaki, bolsos e verde oliva misturados com laranja e amarelo criaram efeito pouco óbvio. Destaque para as pedrarias que emprestaram toques de luz aos looks:

ny3

Rachel Zoe apresentou um vestido longo de renda que seria um belíssimo vestido de casamento. Também adorei o macacão estilo smoking com detalhe de cinto com tassel:

ny4

As franjas de Proenza Schouler. Sem nenhum ranço western em versão fresh:

ny5

As obras de arte da Delpozo: Shapes arquitetônicos, vestidos que pareciam flutuar e muita leveza:

ny6

O styling sempre esperto da J.Crew:  Estilo boyish que fica super feminino quando usado com sandálias delicadas. A mistura interessante de listras e a combinação de azul petróleo com laraja.

ny7

O duvidoso, mas irresitível Verão da Rodarte. Sei que esta será polêmica, mas amei as parkas, as calças skinny de cintura alta (muito presentes na temporada), os óculos em colaboração com Oliver Peoples, os cintos e o truque de styling da sandália amarrada por cima da calça:

ny8

O Verão sexy de Altuzarra emprestando novos ares às estampas geométricas. Vichy (DVF também aposta neste tipo de quadriculado) e listras com sex appeal:

ny9

Casamento perfeito entre a Versus (marca jovem da Versace) e o genial Antony Vacarello, melhor impossível. Sou fã de longa data de Vacarello, lembram deste post de 2011 “Nome para guardar- Anthony Vacarello”?

ny0

 

Esta semana eu volto para falar da #LFW.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, NY

Hit- Helmut Lang e a saia com fenda.

slitmiranda2

Primeiro eu vi Miranda Kerr, no dia seguinte Rachel Zoe, então lembrei que havia visto Rosie Huntington Whiteley na semana anterior. Todas usando saias longas com fenda, bem dentro da tendência assimétrica, mas fugindo do efeito origami curtinho (o mais popular agora). Identifiquei a saia de Miranda como sendo de Helmut Lang, o modelo é hit há várias temporadas e parece estar ganhando força novamente.

Miranda optou por styling mais rocker e casual, a botinha Susanna da Chloé nos pés garante o efeito e a camiseta estampada deixa o look com cara de Verão e mega confortável.

Rosie escolheu a versão vestido e combinou com spadrille de salto.

slitrosie

A stylist Rachel Zoe foi de preto em aposta bem minimalista:

Rachel Zoe steps out after denying pregnancy rumors - Part 2

O modelo de Lang permite combinações mais sofisticadas, mas sem perder a proposta relax para dias de calor. Adorei a sugestão da loja alemã “My Theresa” para a peça:

slitmytheresa

No street style dá para encontrar mais inspirações para a saia:

slitstreet

Referências esportivas com apelo 90´s:

slitstreet2

Poppy Delevingne vai de saltão e cria efeito mais pesado:

slitpoppy

No resort 2014, o time por trás da marca (Helmut saiu do controle criativo em 2005), inclui a fenda em looks mais curtos:

helmut

Formas severas e desconstruídas, minimalismo, referêcias esportivas, androginia e uso de tecidos tecnológicos marcaram suas coleções celebradas desde o final dos anos 80. Apesar de austríaco, é em Nova Iorque que sua influência pode ser mais observada, Alexander Wang é um dos designers que mais demonstra traços da escola de Helmut.

Apesar de ser a cara do downtown cool de Nova Iorque, Lang influencia alguns estilistas do outro lado do mundo, que adoram beber da sua estética. Os australianos apostaram e muito na vibe Helmut Lang em seus Resorts. Josh Goot já ganhou post aqui “Nome para guardar- Josh Goot” . Super modernista, suas peças tem corte severo e brincam com efeito de dobraduras e fendas, o destaque e seu principal diferencial, é o uso magistral de estampas. No Resort, a escolha é pelo animal print e blocos de cores:

josh

Já Dion Lee também vai na assimetria clean. Destaque para a fenda com zíper do vestido azul klein:

dion

Fechando com a marca especializada em swimwear, Zimmerman, que criou versão similar à saia de Helmut feita em renda:

zimmerman

Assimetria aprovada?

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Microtrend, Perfil

(Micro) trend alert- Jabô.

blackvrussia

Algumas “modices” vão surgindo aos poucos e normalmente derivam de alguma tendência que já estávamos acompanhando. O estilo dandy repaginado já ganhou post aqui no site, e o assunto de hoje pode ser rastreado de lá. O toque, que surgiu na indumentária masculina, foi totalmente apropriado pelas mulheres e colabora para tornar qualquer look ainda mais feminino.

O detalhe do lenço na gola, também chamado de jabô quando o tecido já é costurado na blusa, voltou à moda pelas mãos do novo diretor criativo da Saint Laurent Paris e caiu nas graças das editoras de moda.

Abrindo o post, Lara Stone fotografada por Hedi Slimane, que também é fotógrafo, para a Vogue Russa. A transparência da camisa fica sofisticada devido ao laço. Combinada com saia lápis é fórmula infalível! Só é legal lembrar que mulheres que querem disfarçar o busto devem evitar o truque de styling já que ele pode dar a impressão de volume na área. Se realmente quiser experimentar, vale usar o laço e a blusa em tons escuros deixando o efeito mais discreto.

Já a capa da Vogue Americana de Janeiro traz Gwen Stefani com mais um look Primavera/Verão da Saint Laurent Paris:

img_gwenstefanicover3_001448242220

No editorial que acompanha a capa, a proposta é P&B com pegada mais andrógina:

lenço

A Vogue Japonesa também optou por Saint Laurent, desta vez em look assimétrico:

lenço2

A capa da Vogue Russa propôe camisa e laço escuros com jaqueta decorada e cheia de glamour:

updatevrussia

Editorial P&B da Bazaar Russa com macacão minimalista:

lençobazaarrussa

Falando nisso: A polêmica estréia de Slimane na Saint Laurent, antiga Yves Saint Laurent, dividiu opiniões. Hedi ficou famoso por suas criações na Dior Homme, onde popularizou a alfaitaria ajustada, gravatas finas e uma estética rocker que faz sucesso até hoje. Pós-saida da Dior, o estilista se dedicou a fotografia de moda e de bandas, estética que ele referenciou em sua nova empreitada. Eu gostei muito da nova idêntidade da marca, mais contemporânea, mas sem esquecer da imagem criada por YSL, afinal ele foi o responsável pelo Le smoking no guarda-roupa feminino. Com tino comercial apurado, styling forte (sim, bem 70´s) e acessível – O styling misturou peças mais conceituais, mas priorizou várias sugestões com calças de alfaitaria, blazers impecavelmente cortados e a dose de luxo esperada de uma maison como esta.

LENÇOSLP

Já estou ansiosa pelas próximas coleções. E vocês, aprovaram a nova Saint Laurent?

Fotos: BazaarRussia, Vogue.com, Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Microtrend, Minimal vs. Maximal, name to watch

#NYFW- O tipo de estampa da vez.

A temporada Outono/Inverno internacional acaba de começar:  a #NYFW já está na metade e com ela, mais inspirações para os dias frios.

A tendência mais forte até agora é o militarismo, lembram desse post “Analisando (um pouco) Resort 2012- O que vem por aí…”? Nele eu comentei a volta da tendência militar, o efeito não apareceu nas coleções de Verão e só chega agora às passarelas.

Fendas em saias lápis, couro, cintura marcada, tons terrosos e vermelho em todas suas variações, do grená ao bordô,  também aparecem consistentemente. Os metalizados continuam, variando entre o cobre e o dourado. Nos pés, botas acima do joelho são apostas.

Das novidades, uma das mais relevantes parece ser estampas de tapeçaria, apareceram timidamente nas coleções Pre-fall e agora se consagram nas passarelas de NY em desfiles como Rag & Bone, Jason Wu e Altuzarra. Brocados também permanecem como favoritos.

Tapeçaria clássica na Rag & Bone em look conjuntinho e na Rebecca Taylor, desta vez brincando com volumes e leve apelo grunge:

Até o convite da Rag & Bone, que traduzia o mood da coleção, ganhou estampa do tipo (foto BarneysNY):

Vestidos sofisticados também foram ilustrados com a estampa: Patchwork para Peter Som e inspiração oriental em veludo para Jason Wu, reparem que o comprimento na altura dos joelhos segue marcando presença.

Finalizando, Rachel Zoe e Nicole Miller também optaram pelo tipo de padronagem típica dos anos 70: Glamour na passarela de Zoe e folk para Miller.

Ainda falando na NYFW, meu desfile favorito até agora foi o de Joseph Altuzarra: Misturando peças militares com inspirações ciganas do leste Europeu. A coleção, teve a dose certa de informação de moda em peças super usáveis que despertam desejo imediato. Destaque para os casacos e acessórios, em especial os cintos e as botas de cano longo.

UPDATE: Se no Inverno a tapeçaria foi o detalhe de decoração que os estilistas escolheram, no Verão, foram os papéis de parede com padronagens florais que inspiraram.

Na nova colaboração da Mary Katrantzou com a Topshop:

E em editorial da revista W de Março:

Fotos: Vogue.com, FashionGoneRogue.com, Topshop.com.

5 Comentários

Arquivado em Fashion Week, NY, Trend alert

(Micro)Trend alert- Detalhes bondage.

A inspiração fetichista dominou o último Inverno do hemisfério Norte, já o Verão chegou bem mais leve e hiper feminino. Nas coleções Pre-fall, o toque bondage  aparece mais discreto, muitas vezes combinado com as referências leves da temporada Primavera/Verão resultando em looks incríveis e nada óbvios.

A silhueta do pré-outono é de cintura marcada, portanto o lugar favorito para abusar dos detalhes bondage só poderia ser nela: Branco com transparência ganha ar agressivo com cinto bondage fininho e jaqueta perfecto na coleção de Alexander Wang. Na BCBG o vestido maxi tricolor perde seu ar anos 30 com o cinto/colar de couro. Na Herve Leger o cansado vestido bandage em tom queimado ganha cara diferente graças a peça bondage e o look formal apresentado por Rachel Zoe fica mais interessante com os detalhes de ziper e couro na cintura.

Prabal Gurung criou vestido super feminino, em tom blush com paêtes, o  cinto bondage e quebra o ar romântico da composição. Já a mulher de  Stella McCartney é forte e aposta em look minimal e estruturado combinado com o cinto bondage evidenciando bem a silhueta impecável (McCartney é expert em alfaiataria).

Nem o tapete vermelho do Globo de ouro ficou imune, a atriz Rooney Maea optou por um vestido pre-fall da coleção Nina Ricci com detalhe bondage na cintura.

E na versão original com styling menos etéreo. As luvas e a clutch emprestam um ar rock´n´roll.

Nas revistas, os detalhes também acompanham: O bustier (peça febre do próximo Verão) sobre o vestido estampado e complementado pela pulseira turquesa de spikes: A maneira mais atual de usar a tendência bondage é combinada com peças lúdicas, aproveitando bem o contraste.

Na Bazaar Americana, a referência fica nos pés: Demi Moore posa com sandália Max Kibardin de amarrações e detalhes em pedraria, resultando em um look “bondage chic”.

Será uma inspiração precoce na mulher gato de Anne Hathaway no próximo Batman?

Fotos: Style.com, vogue.com, storemags.

2 Comentários

Arquivado em Microtrend