Arquivo da tag: reed krakoff

De olho na tendência- Glamour relax.

r1

A temporada Resort está em pleno vapor, e como já contei , é a minha favorita de acompanhar. Adoro os looks mais acessíveis e fáceis de adaptar para todas estações. No final do post eu explico melhor estas coleções.

Observando os looks propostos, notei uma predileção pelos anos 70, suas formas mais amplas e seu glamour relax. Tons neutros, influência de esporte sofisticado, tudo bem easy e confortável. A coleção da Gucci (fotos que abrem o post) é a que melhor representa esta vibe, observem os shapes mais “largados” contrastando com os tecidos brilhosos e nobres. O efeito holográfico deve continuar e empresta um ar disco para as composições.

Na Burberry Prorsum, as saias de comprimento midi com renda e bordados, ganham equilíbrio e fogem da obviedade graças ao styling com camiseta polo mescla e cardigans compridos- Ótimos para disfarçar um quadril largo e deixar tudo harmonioso (Olhem os sapatos brancos dominando!).

bp

Marc Jacobs apresenta proposta mais ousada, na calça de paetês combinada com chinelo tipo birkenstock e suéter navy:

mj

Já Reed Krakoff aposta no sexy elegante, dando ênfase ao colo da mulher. O macacão havia sido apontado como hit na temporada Pre-fall (que eu mostrei aqui) e agora confirma seu espaço.

r2

É eleito também na coleção da BCBG Max Azria, o branco domina e inspira para os dias mais quentes. Nos frio, dá para apelar para a jaqueta perfecto decorada mas com pegada soft devido a estampa floral. Vestidos com bolsos, também estarão em alta para a noite.

R3

Rachel Roy sugere macacão black com os já mencionados bolsos e transparência nas costas.

rachelroy

Mais opções, no poá da Gucci (que eu comentei ser uma das estampas de 2013) e na renda em shape boiler adaptado por Erdem.

R4

Nos vestidos, seguindo a linha relax, o modelo chemisier ganha popularidade. Na Gucci é longo e lembra a coleção Saharienne de Yves Saint Laurent e para Michael Kors, o couro e o tom turquesa complementam:

R5

Vestido longo ganha versão meio étnica, um híbrido entre kaftan e capa em animal print, além do recorte estratégico no modelo P&B. Esqueça decotes profundos e modelagens muito ajustadas, a onda é sugerir ao invés de mostrar, com transparências sutis e recortes:

r7

A combinação de preto e dourado é um clássico noturno e também aparece na tendência glamour relax: Donna Karan no modelo de calça + vestido, assimetria vai parar até no brinco solitário. Em edição mais street na DKNY: Renda dourada e completementos mais pesados.

R6

Glamour fácil e confortável para a temporada Resort.

Explicando: O que são as coleções Pre-fall e Resort? o calendário da moda oficial costumava ter duas temporadas Outono/Inverno e Primavera/Verão, com o crescimento das lojas fast-fashion e a rapidez que as tendências chegam ao consumidor através destas lojas, internet, etc. As marcas precisaram achar maneiras de abastacer seus clientes com mais frequência.  A razão que as coleções Resort tem looks mais “invernais” é porque elas chegam nas lojas em Novembro (Inverno do hemisfério Norte), e as coleções Pre-fall chegam em Junho (auge do Verão).  As coleções normais chegam em Setembro (Inverno) e Fevereiro (Verão), e as pré-coleções ocupam a lacuna até que estas cheguem nas lojas. Vocês sabiam que as pré-coleções são as que mais vendem? Justamente por serem mais comerciais e por terem roupas adaptáveis para qualquer estação.

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Minimal vs. Maximal, Trend alert

Acessórios update: Bicolores e tricolores.

Preferência da maioria das mulheres, as bolsas e sapatos nem sempre acompanham as tendências das roupas, são tão importantes (e sustentam tantas marcas de luxo) que acabam merecendo suas próprias novidades que complementam os conceitos e inspirações das coleções como um todo.

Revisitando os clássicos e tudo a ver com a moda lady-like e influência anos 60 da temporada, no Outono/Inverno 2011-12 os sapatos bicolores apareceram em força e para vários gostos.

Na vitrine da Louis Vuitton, a combinação de roxo com vermelho no Oxford de salto alto acompanha a coordenação de cores da roupa:

Tons similares escolhidos para as bolsas Pierre Hardy e Burberry prorsum em camurça e em verniz:

O  scarpin de bico redondo com glitter é a aposta da Miu Miu:

Givenchy e Louboutin também sugerem um Inverno clássico com scarpins de bico fino e a sofisticada combinação de neutros com metálicos:

Ainda na onda dos metálicos Alexander Wang lança o polêmico sapato branco em modelo sandalboot bicolor e Charlotte Olympia na wedge listrada:

As botas também ganham suas versões: a Chanel, que tem nos bicolores uma de suas marcas registradas, sugere a bota P&B. Já a Prada com sua coleção de sapatos trompe l´oeil traz várias versões desta tendência:

No híbrido de mocassim e slipper de salto da Céline e no mocassim tratorado da Burberry Prorsum em cartela de cores bem invernais:

Nas bolsas invernais algumas marcas optaram por duas cores e duas texturas, como o croco, na versão metalizada Dries Van Noten e no modelo Silvana da Fendi:

No Verão das coleções Resort,  a moda continua na combinação de duas cores da ankle boot com dourado Balmain, e no scarpin Emilio Pucci:

E evolui para a moda tricolor, tanto nos sapatos quanto nas bolsas.

Combinação navy da sandália YSL, no mocassim de salto do designer Jason Wu, na delicada rasteira Moschino em “candy colors” e na sandália de influência tribal Thakoon:

Nas bolsas, a tendência principal é dos formatos mais compactos e estruturados chamadas “boxy”, tricolores ganham opções em cartela de cores neutras e delicadas da Pucci, Reed Krakoff, Chloé e Marc Jacobs:

A tendência bicolor foi tema de um post do ConexãoLondres em Junho, destaque para as calças bicolores do Outono/Inverno. Para ler só clicar aqui.

Fotos: style.com, Net-a-porter, Roberta Weber.

2 Comentários

Arquivado em NY, Trend alert

E o animal print continua imbatível…

As estampas de bicho realmente não vão a lugar nenhum. A cobra é a “novidade” da temporada, e eu aposto no retorno da zebra, mas claro, que a favorita segue sendo a onça (em várias padronagens). É tantas opções e em tanta quantidade que até fiz aquele post “Refresh na oncinha”. A verdade é que este tipo de estampa já se tornou um clássico, e não haverá descanso no próximo Outono/Inverno. A maneira preferida de usá-las ainda é nos acessórios.

Christian Louboutin dedicou toda sua vitrine:

E Giuseppe Zanotti também:

Bota Alaia, com amarração, estilo mais urbano e cool:

Galochas Dolce & Gabbana, bem mais casuais (a estampa que dá o diferencial):

Alexander McQueen traz a versão “lady-like”  da onça:

A Miu Miu aderiu nos Oxfords da nova coleção:

Nas bolsas também aparece para estilos bem diferentes:

Na Mochila do Pierre Hardy (mochilas realmente voltaram):

E na bolsa estruturada de Reed Krakoff:

Ralph Lauren e a estampa de cobra, a outra queridinha do Inverno daqui:

Jimmy Choo também vai de snakeskin:

Nas peças de roupa também segue absoluta. YSL vai na onça clássica combinada com metálicos:

Nas Fast fashion, a vitrine da Topshop com a coleção de Outono/Inverno confirma a preferência por oncinha (se em P&B melhor ainda).

PS: Estes dias andam muito corridos e não tenho tido tempo de atualizar o site com textos mais elaborados. Optei por seguir atualizando com pequenos posts com várias fotos, mas prometo que logo voltará ao normal.

Fotos: Roberta Weber, Net-a-porter.

6 Comentários

Arquivado em Trend alert