Arquivo da tag: Verão 2016

Nome para guardar- Rosetta Getty.

rosettaa

Retomando uma das minhas tags favoritas aqui do site para falar da estilista Rosetta Getty, seu nome é discretamente conhecido e admirado, mas sem alardes ,assim como suas peças, lindamente cortadas e com caimento impecável.

Se ontem o tema foi excesso com o retorno das botas de plataforma, o mood de hoje é sereno e deliciosamente sofisticado.

Estampas aparecem de forma pontual, seja xadrez, paisley, tapeçaria ou listras, sempre incorporadas organicamente:

r6

No Inverno, seu trabalho com tricô é encantador. Reparem na manga sino do suéter:

r

Looks monocromáticos são comuns em suas criações:

r1

r13

Fã de trabalhos manuais como tricô e crochê, ela celebra as formas arquitetônicas e inusitadas em criações que sempre emprestam um ar cool à qualquer pessoa que usá-las:

r3

r8

Pernille Teisbaek com a versão preta da saia:

RPERNILLETEISBAEK

Seus vestidos são um caso à parte, lânguidos com um glamour resgatado dos anos 70 e sem muito esforço:

r4

Alicia Vikander usando um P&B assinado por Rosetta:

alicia

Outra opção, da temporada Pre-fall:

r5

Feminilidade é palavra chave e sua mulher é certamente uma que se preocupa em alimentar a alma, Louise Bourgeois e Agnes Martin já serviram como inspiração para coleções.

r7

Super jovem, o debut aconteceu na temporada Resort 2015, mesmo assim já possui forte identidade e algumas marcas registradas: Recortes estratégicos, formas mais amplas, assimetria e alfaiataria relax com detalhes desconstruídos:

rosetts

r12

r11

R9

Fechando com imagem linda de Ezra Petronio para Self service magazine, Edie Campbell usando top Rosetta Getty Verão 2016:

edie

Nome para inspirar e suspirar.

Fotos: Rosetta Getty/Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, name to watch, Perfil

Trend alert- Debutante moderna.

 

US_GAR_UK_02_15.indd

Na semana passada, Rose quartz foi anunciada como cor de 2016 pelo Pantone. Já faz algum tempo que o tom de rosa clarinho tem ganhado destaque (clica na tag aqui e aqui para ver postagens anteriores  feitas no site). Nas coleções de Outono/Inverno, um refinamento bem feminino, com toque juvenil e quebrado por referências punk e anos 80 foi hit em vários desfiles, dando espaço para um look batizado de “Debutante moderna”. A tendência consiste em pegar códigos tradicionais com toques de anos 50 e 60, bem girly e torná-los mais interessantes através de boas sacadas de styling e um pouquinho de rock´n´roll ou contemporariedade.

Pensem em broches, bolsas estruturadas, luvas, pérolas, acessórios para o cabelo. De Miu Miu à Hermés, passando por Céline, muitas marcas aderiram. Abaixo as versões da Balenciaga, Prada e Stella McCartney:

debut2

Broches de perto na Prada e na Balenciaga:

debut3

Tiaras surgiram em vários lugares, aqui na Chanel:

chanel

Na Bazaar, o casaco rosa (o principal tom de casaco para a próxima temporada fria) com lenço e ar glamour:

debutbazaar

A Marie Claire italiana aposta no corte moderno para complementar o vestido mais romântico:

debutmcitalia

Já na Bazaar espanha, os conjuntinhos clássicos da Chanel ganham ar fresh:

debutbazaarspain

Nem só de rosa, a Bazaar espanhola vai nos looks Oscar de la Renta bem debutante anos 80:

debutbazaarspain2

Na Vogue alemã, o azul tiffany é o favorito:

debutvgerman

Já na Vogue, as pérolas surgem em versão modernista nos brincos:

debutvogue

A London Fashion Week já começou e Simone Rocha garantiu que a debutante cool mantêm seu domínio para o próximo Verão também. Nada mais jovem e irreverente que vestidos com renda e ares de alta-costura sejam comnbinados com sapatos Oxford masculinos (já marca registrada e best-sellers da estilista):

debutsi

Debut moderninho…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Color watch, Inspirações, Trend alert

#NYFW- Favoritos Verão 2016.

nydel

A semana de moda de NY ainda não chegou ao fim, mas eu tive a “ousadia” de já vir dividir meus looks favoritos da temporada americana de Verão 2016 (não rolou Marc Jacobs, Proenza Schouler, nem Calvin Klein ainda, então este post é um pouco precipitado).

Apesar de com fôlego para os anos 70, a década de ouro do momento para os designers parece ser a de 90. Carolyn Bessette a musa não declarada. Pensem em cetim, camisolas, silhueta languida e minimal, muitas referências esportivas, assimetria, comprimentos midi em shapes ajustados, Calvin Klein, Helmut Lang..,

Começando com meus favoritos: Delpozo, que já havia ganhado este posto ano passado continua seu reinado. Não consigo superar a precisão das peças e a qualidade e encanto dignos de alta-costura. Também gosto muito do ar lúdico, mas moderno que eles imprimiram. O look que abre o post foi o que mais gostei, mas este abaixo também foi especial. Reparem na construção e estrutura do vestido.

nydelpozo

No outro extremo, fiquei extasiada com a estréia da dupla da Public School na DKNY. 90´s na veia, com a alfaiataria exata, tipo aquela vontade incontrolável de transferir todos os looks para meu armário já:

nydkny

Vestido-blazer:

NYDKNY3

Cartela de neutros e nada mais é necessário:

NYDKNY2

Na marca própria, adorei a vibe sporty:

nypublicschool

Alexander Wang comemorou dez anos de sua marca, sem nenhuma grande novidade, mas ainda com o dedo no pulso do que os “jovens” querem. Que arrebatou meu coração, apenas esta jaqueta e as birkenstocks estilizadas:

nyawang

Toque street boho na Coach que tem me agradado bastante nas mãos de Stuart Vevers:

nycoach2

Na Rag & Bone, o corte de vestido da vez, tanto para o casual, quanto para a noite:

nyrag

Reparem na versão do mesmo por Victoria Beckham, adorei o vichy oversized e o sapato masculino (outra marca dos anos 90 que foi campeã nas coleções):

nyvictoriabeckham

E na Cushnie et Ochs, sofisticação bem recortada:

nycushnie

Feminilidade mais intelectual, mas não menos sexy por Rosetta Getty:

nyrosettagetty

Ainda no tema assimetria, as fendas são apostas certeiras. Minhas favoritas surgiram na Opening Ceremony:

nyopening

E no Altuzarra:

nyaltazurra

No comprimento maxi, adorei a versão de Michael Kors:

nymkors

Transparência e leveza foram as palavras chave de Prabal Gurung:

nyprabal3

Chegando definitivamente na hora noturna, Zac Posen arrasou na versão dark de cetim do vestido de casamento (por Narciso Rodriguez) de Carolyn Bessette:

nyzac

Carolina Herrera surgiu com separates lindos e bem versáteis para uma festa de gala. Adorei o volume da saia e a cartela de cores:

nycarolinaherrera

Fechando com o espetáculo da Givenchy, que transferiu seu desfile para Nova Iorque e emocionou com looks dignos da comoção que causaram. Um pout-pourri de tudo que já aprendemos a esperar (e amar) de Riccardo Tisci com requinte da saudosa couture da maison:

nygyvenchy

nygivenchy3

nygivenchy4

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Inspirações

De olho na tendência- Gargantilha.

gargantilha3

Olhando as fotos do desfile Resort da Chanel, que aconteceu na Segunda passada na Coréia do Sul, só consegui prestar atenção em uma coisa: No styling com colares bem junto ao pescoço. As famigeradas gargantilhas, típicas do século XVIII e resgatadas nos anos 90, voltam a ganhar as ruas. Desta vez, em versões democráticas.

gargantilhachanel

No Inverno apresentado em Fevereiro na NYFW, já tinha amado a versão cinto da Rodarte:

gargantilharodarte

Rosie Huntington -Whiteley completou o look Rodarte, na premiere do seu novo filme “Mad Max”,  com gargantilha dupla, super delicada, mas com efeito fundamental para sucesso da composição:

rosie

Olivier Rousteing já vem batendo nessa tecla há algum tempo em sua Balmain. As transparentes com dourado são minhas preferidas:

gargantilhabalmain

No Verão da Givenchy:

chokergivenchy

No Resort da Balmain:

gargantilhab

Nos editoriais:

gargantilha4

Nas ruas, a comprovação que elas combinam com todos estilos. Começando pelos anos 90, aliás as gargantilhas tipo tatuagem tem retorno improvável e com sucesso:

gargantilha5

Behati usa a sua com look 90´s dos pés à cabeça:

gargantilha90s

Com apelo mais étnico, é a aposta de Giovanna Battaglia:

gargantilha7

Minimal para emprestar charme ao look básico:

gargantilha8

Utilitarismo fica sexy com a gargantilha em metal:

gargantilha6

As de corrente tem uma pegada anos 80:

gargantilha9

Dourado denota riqueza e ajuda a sofisticar a camisa branca:

gargantilha2

Foco no pescoço…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Como usar?, Minimal vs. Maximal, Street Watch, Trend alert