Arquivo da tag: Woody Allen

Imagens da semana: O retorno do glamour “old-school”…

Esta semana duas das principais Vogues lançaram suas capas para Outubro, em comum vestidos de festa deslumbrantes com brilho, ajustados ao corpo acompanhados de beleza com  alto glamour com direito a sobrancelhas marcadas e batom vermelho.

O glamour da antiga Hollywod dos anos 20, 30, 40 e 50 ressurge com força na moda para as próximas temporadas.

Na Vogue Paris, a modelo Sasha P. parece  uma das divas dos anos 30 (passando por Versace anos 90)  com toque futurista da época em vestido Versace e olhar desafiador.

Na Vogue América, a atriz Michelle William encarna, em estilo anos 50 com muito glamour (de vestido Oscar de la Renta), a atriz Marilyn Monroe, ícone que ela interpreta no filme “My week with Marilyn”.

Este glamour um pouco decadente da icônica atriz dos anos 50 remete às obras de F. Scott Fitzgerald, autor de livros como “Belos e malditos” e “O Grande gatsby”. Fitzgerald é um dos grandes nomes da Paris de 1920 que aparece no filme de Woody Allen “Meia-noite em Paris”, e  Baz Luhrman prepara sua versão para “Gatsby” estrelado por Leonardo DiCaprio com previsão para o ano que vem.

E a década que ressurge no Verão 2012 do hemisfério Norte (influenciados talvez?)  é a de 20, com suas “flapper girls” vestidos de cintura caída, brilhos, franjas longas e uma sensualidade muito sofisticada. Requintes luxuosos como bordados, plumas e brilhos são característicos da época, assim como vestidos de cetim e seda de corte simples e alças fina, os “slips”, também aparecem com frequência em cores neutras e apelo minimalista.

Ao invés da make usual e batom forte, a maneira mais moderna de usar os looks inspirados nos anos 20 é com rosto bem iluminado com make suave.

Ralph lauren traz os anos 20 no DNA da marca juntamente com “Americana”, sutileza no vestido slip arrematado com estola e poucos acessórios, ou no maravilhoso vestido bordado com plumas na barra.

Brilhos e shape ultra feminino na L´Wren Scott  e franjas na Marchesa:

Philosophy di Aberta Ferreti com um vestido em shape clássico “slip”, mas com brilhos discretos tornando-o ainda mais especial. Já na passarela de Jenny Packham o tom pastel é valorizado com o bordado em dourado:

Silhueta anos 20 com renda: Nos vestidos black da Imitation of Christ com comprimento midi e brilhos e na passarela de Zac Posen, longo nude com transparência:

Fotos: Style.com, StoreMags.

8 Comentários

Arquivado em Inspirações, NY, Trend alert