Arquivo da tag: YSL

Alta-costura e um documentário imperdível.

lanuitvogueit3

A semana de alta-costura rolou em Julho, mas eu amo esperar e ver os vestidos deslumbrantes retratados em editoriais. Algumas versões das criações lindas da dupla por trás da Valentino, na Vogue Itália.

Vale ressaltar que o veludo volta cada vez mais forte na moda festa:

lanuitvogueit5

Acessórios complementando perfeitamente. Styling impecável:

lanuitvogueit2

Com mood dark e recortes:

lanuitvogueit

O lado negro perde o apelo romântico gótico dos looks acima e se volta para alfaiataria nas lentes de Nathaniel Goldberg para Numero.

Glamour na risca de giz da Givenchy:

lanuitnumero

Decotes profundos equilibram e emprestam sex-appeal:

lanuit3

Androginia na medida:

lanuit2

Esta temporada marcou o retorno da Saint Laurent à alta-costura, sem desfiles. Hedi Slimane optou por ressuscitar a etiqueta “Yves Saint Laurent” apenas sob encomenda para clientes selecionados:

sl2

As fotos foram realizadas na icônica sede da YSL na Rue de l´université, recentemente resgatada por Hedi. Com sucesso comercial inegável, Slimane mostra sua maestria e pensamento estratégico ao orquestrar cuidadosamente cada passo para a Saint Laurent sob seu comando. Quem ainda não leu, esta entrevista do diretor criativo é uma verdadeira aula de branding, clica para conferir, 

slcout

Raf Simons continua a encantar com sua direção na Dior. Fugindo do soturno, optou por looks com inspirações florais pouco óbvias e o toque artsy que é sua marca registrada desde os tempos de Jil Sander.

Entregando vestidos luminosos e lindamente femininos:

dior3

Meus favoritos foram os com as laterais abertas:

dior2

Programa obrigatório para qualquer apaixonado pelo mundo da moda ou com interesse em mercado de luxo, o doc “Dior & I” registra a entrada de Simons na Dior e o emocionante processo de criação da primeira coleção de couture assinada por ele na maison. Documentário imperdível, dirigido por Frédéric Tcheng (diretor do magnífico “Diana Vreelamd- The eye has to travel”, já dei a dica aqui, assistam please):

Explicando a Alta-costura: A alta-costura é o topo da moda. O nome é protegido e só podem desfilar nesta semana os membros da”Chambre de commerce et d´industrie de Paris”. Os desfiles que são verdadeiros shows, movimentam milhões para as marcas de luxo, não vendendo as peças apresentadas (apenas 2.000.00 mulheres no mundo tem acesso à alta-costura, e somente 200 são clientes regulares), mas pela publicidade gerada em razão das celebridades nas primeiras filas e, principalmente pelas roupas impecáveis. A alta-costura vende o conceito da marca, os melhores tecidos possíveis, bordados inimagináveis, tudo feito em perfeição e maestria. As peças são todas feitas sob-medida para a cliente que geralmente precisa fazer 3 provas de roupa até recebê-la. Os perfumes, maquiagens, acessórios como bolsas e sapatos que sustentam financeiramente estas grandes marcas, mas a “Couture” sustenta o sonho.

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações

Para inspirar- Verão 2015.

1iro

As campanhas de Inverno já estão por toda parte, mas olhando da temporada de Verão quis compartilhar aqui para irmos sonhando com o nosso Verão em breve.

Adorei o look preto com mix de texturas da IRO, perfeito para meia estação também.

Saint Laurent com jaqueta de inspiração militar bem Sgt Peppers e saia animal print. Mais rock´n´roll impossível:

saintlaurent

 

Vale prestar atenção nas plataformas. Esse modelo anos 70 com salto grosso será queridinho do Verão:

sl2

Na Mango, jeans no material e na cartela de cores:

1mango

 

A J.Brand vai no branco monocromático:

jbrand

Na Chloé os óculos redondos dominam:

chloé

Topshop arrasa na beleza de Cara Delevigne, esse make funciona o ano todo:

topshopFotos: Reprodução.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Trend Watch- Inspiração cowboy nos pés.

COWBOY

 

O estilo western influencia a moda há muito tempo, mas é inegável que existem momentos em que ele ganha uma atenção especial. As botas de cowboy foram hit nos anos 70 e também na primeira parte dos anos 2000, agora elas retornam repaginadas e dividem espaço com outros tipos de calçado que gaham ares faroeste. Para quem quiser ler mais sobre o tema, clica no post de 2013 aqui do site “(Micro) Trend alert- Reinventando o western”.

Kate Bosworth lançou recentemente em parceria com a Matisse uma coleção de sapatos. Sua bestseller? Uma bota com inspiração cowboy chamada “Charlotte”:

cowboykate

A própria tem sido a melhor garota propaganda dos sapatos, mostrando muito bem como são versáteis. Acima no Coachella e abaixo em um look jeans com jeans:

cowboy5

O modelo em mais versões:

cowboybosworth

O clog ganha tratamento cowboy:

cowboybosworth2

Isabel Marant sempre bebe da fonte western e um dos seus últimos lançamentos, é justamente uma botinha com inspiração pouco literal:

marant

 

Na Céline a inspiração surge no chinelo estilo birkenstock, reparem na fivela que remete às fivelas dos cintos de cowboy:

cowboyceline

 

Giuseppe Zanotti também criou um flat inspirado:

zanotti

Hedi Slimane pode ser considerado um dos grandes responsáveis pela tendência. Na última coleção de Verão masculina da Saint Laurent, nos pés, as botas cowboy foram as favoritas:

sl

Ainda que timida, elas tem ganhado espaço nas ruas . Erin Wasson é texana e fã incondicional:

cowboyerin2

Aqui com vestido de festa e muita personalidade:

cowboyerin

Rosie aposta no modelo IsabeL Marant:

cowboy3

Neste look, lindo e mais sóbrio, a eleita é Saint Laurent em python:

rosie2

Kendall Jenner com outra versão da Saint Laurent, o styling também conta com o cinto de fivela western:

kendall

A blogueira Chiara Ferragni vai na metalizada:

chiara

Confortáveis e clássicas, elas complementam muito bem um look básico para todos os dias:

cowboy2

Para fechar, em composição bem boho com estampa navajo:

cowboy4

 

Alô galera de cowboy…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Street Watch

Para inspirar- Joan Didion.

joan

Esta semana, Joan Didion foi anunciada como o novo rosto da Céline, substituindo Daria nas imagens. Muita gente falou no assunto, porque o fato de uma mulher idosa representar uma marca de moda tão cool e desejada como a Céline já é incrível por si só. Mas sabendo mais de Didion e seu trabalho, é impossível não sentir uma alegria intensa ao constatar a valorização do intelecto, da coragem e do estilo independente da idade ou “beleza padrão”.

Há algum tempo rolou o post “O resort da Céline e o feminismo de Phoebe Philo”, na época a designer declarou ao jornal Le Monde: “Meu trabalho não tem nada a ver com o físico de uma mulher, mas sim com seu poder. Meu trabalho é torná-las mais fortes novamente. Hoje em dia, a imagem é muito sexualizada e eu não gosto. Eu gosto da simplicidade que conforta. Eu quero ir contra a idéia que as mulheres estão sempre ocupadas querendo seduzir”. Portanto, a escolha de Didion é uma reafirmação da visão de Phoebe para Céline e para o guarda-roupa da mulher contemporânea.

Por muitos anos esta imagem da Joan ficou no meu painel de inspirações. Gostava da imagem e de algumas essays suas que havia lido por acaso, quando tivemos uma perda na família, comprei o livro “O ano do pensamento mágico” e então minha relação com ela foi para outro nível. Li praticamente toda a obra e recomendo muito! “Play as it lays” tem um lugar especial, mas não sei indicar por onde começar.

joan3

As fotos da escritora no carro, inspiraram campanhas da Céline e coleções de Philo antes do convite para a própria “modelar”:

joan4

Bem 70´s e no mood da temporada atual:

joan2

Para fechar, uma das minhas marcas favoritas da atualidade, a Saint Laurent de Hedi Slimane (confere posts sobre isso”Favoritos- A nova Saint Laurent” e  aqui) chamou Joni Mitchell para sua campanha musical que já incluiu Courtney Love, Marianne Faithfull e Daft Punk:

joni

(Bons) sinais dos tempos.

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações