Arquivo da tag: YSL

O Resort da Saint Laurent Paris.

sl4

Quem acompanha o site, já percebeu meu atual encantamento com a Saint Laurent de Hedi Slimane. Basta clicar na tag para ler todos os posts que já rolaram por aqui.

Com o lançamento da coleção Resort da maison, deu vontade de dividir com vocês as propostas para a próxima temporada quente.

Fotos exclusivamente em P&B, com pegada hi-lo e styling mega usável, dá para tirar muitas idéias na hora de montar nossos próprios looks. O bracelete com o logo YSL, resgatado novamente por Slimane, se faz absoluto em proposta clean.

O já exausto vestido de paetês, ganha novo fôlego misturado com alfaiataria e cinto largo marcando a cintura.

sl3

Close-up da jaqueta com textura incrível:

sl2

Tanto as calças quanto os shorts de couro ficam mais atuais em shapes largos, para não errar, vale combinar com salto altíssimo (metalizado) e clutch. Sempre lembrando de destacar bem a cintura, o efeito emagrecedor é instantâneo:

sl5

A atenção nos detalhes aparece nas jaquetas super bem cortadas:

sl7

Opção mais rocker para o vestido de brilhos: A clássica jaqueta perfecto e muita atitude.

sl6

Para os vestidos de festa, destaque nos decotes que remetem ao clima disco dos anos 70:

sl

Ou no tule bordado, que garante mais charme ao pretinho básico:

sl8

Sonhando com closet inteiro de Saint Laurent…

Fotos: Vogue.com

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações

De olho na tendência- Cinto largo.

watchcinturamarcada

A capa da Numero Japonesa já anuncia, a cintura marcada volta a ser centro das atenções. E a melhor maneira de obter o resultado é optando por um cinto largo. Esse look Céline da última coleção pre-fall reúne elementos bem importantes para os próximos meses: A sobreposição, o P&B, o pescoço coberto que mostrei aqui e o couro.

A edição tailandesa da revista também escolheu o cinto para estampar sua capa da Julho:

updarknumerothai

Cintos são ótimos aliados na hora de equilibrar a silhueta. Vale lembrar que os modelos grossos ajudam mulheres de todos os tipos de corpos. Os modelos fininhos que estavam em alta há um tempo são mais complicados de usar.

Na Vogue México, adeus ao clima dark e a pedida é por macacão boiler estampado com cinturão prata e dourado:

watchcinturamarcadavmexico

No Resort 2014 da Saint Laurent Paris a aposta também é metalizada, fazendo contraponto ao vestido fluído:

cinto

McQ também opta pelo modelo, desta vez com apelo punk e no mix de poás:

mcq

Com aval da Vogue America, que elegeu o look poá da Miu miu para ilustrar a tendência:

watchcintovus

A Vogue chinesa sugere o cinto grosso para marcar a cintura no casaco de pele mega volumoso. Ótima dica para incrementar os looks invernais:

watchcintovchina

Na publicação russa, a proposta é mais boêmia 70´s:

watchcintovrussia

Na  campanha  de Inverno da Prada, que acaba de ser lançada, o shape feminino marcado pelo cinto metálico  garante o equilíbrio moderno à coleção com influência anos 40:

prada

Prontas para tirar o cintão do armário?

inspo

Fotos: Reprodução.

1 comentário

Arquivado em Acessórios, Inspirações, Trend alert

Favoritos- A nova Saint Laurent.

slPlanejava escrever este post há algum tempo, desde minha ida a Londres quando vi de perto a nova Saint Laurent e confirmei minha opinião sobre Hedi Slimane na marca. Vira e mexe comento sobre a maison por aqui: Nos posts “Trend alert- Groupie”, “Trend watch- Na cabeça”, “As n0vas bolsas da Saint Laurent e da Dior” e “(Micro) trend alert- Jabô”. Sempre admirei o trabalho de Slimane desde sua mini-revolução na Dior Homme, ele é responsável pela estética rock´n´roll de alfaiataria ajustada e calça skinny no guarda-roupa masculino, além de seu trabalho como fotógrafo, documentando bandas de rock e nomes consagrados em retratos cheios de energia e sempre em P&B. Na Saint Laurent, ele se apropriou dos principais códigos da marca e definiu um novo momento.

Neste mês, a Vogue Japão dedicou a capa e um editorial para Saint Laurent, estrelado por Karlie Kloss e fotografado pelo próprio Slimane. O grunge, o punk, o glam rock e o folk todos surgem como influências nos looks da marca. Corte ajustado, caimento impecável e um ar de sofisticação com toques masculinos não podem faltar:

SAINTLAURENT2Mas ele não esquece da herança de YSL, afinal, o inventor do Le smoking adorava um pouco de androginia com dose de sensualidade. Referências multiculturais também continuam, usando de cores e buscando inpiração nas coleções Saharienne e Marrocos de Yves Saint Laurent nos anos 60 e 70: SAINTLAURENT3 Aqui o vestido é baseado no modelo usado por Veruschka na icônica foto. Este editorial é da Vogue Itália:saint2vitaliaO pre-fall da marca veio com a veia rocker que já virou marca-registrada da nova fase da Saint Laurent, mas com o twist de peças usáveis que combinam modernidade e praticidade. Reparem nos acessórios minimalistas constrastando com os statement da coleção de Verão:slprefall2 Couro é o material chave, assim como peças de alfaiataria:slprefall5 Camisas abotoadas até em cima ganham feminilidade com truques espertos, ora com casacos de paetê, ora com laços de seda amarrados: slprefall O desfile de Inverno 2013-14 inspirado no movimento grunge causou polêmica, mas definitivamente cresceu em mim, com análise mais cuidadosa dá para se apaixonar pela delicadeza da meia-calça de cristais, as jaquetas extraordinárias e o trench-coat de couro:sl2 Os acessórios são um caso a parte, fora o chapéu (que virou desejo absoluto), as bolsas também já começam a causar impacto. Estes são os modelos novos para o Inverno 2014. O primeiro modelo intitulado “Classic duffle” já virou hit (sem ostentação), e o shape da bolsa “Betty”- Em homenagem a Betty Catroux, uma das musas de YSL- é perfeito para saídas noturnas. Nesta temporada ganha versão em animal print e cores vivas como pink. Aliás, o pink é uma grande aposta de Hedi para acessórios, mais uma vez maneira pouca óbvia de suavizar looks mais pesados:bag Colares criados para o Verão, seguindo a tendência de modelos mais longos, são quase obras de arte:sl4 Ao vivo, foi quando realmente me encantei com a nova fase da marca. De perto, o cuidado com cada peça, do corte ao material impressiona. Assim como o caimento, a cartela de cores e a idêntidade visual, cuidadosamente cultivada em cada detalhe:slVocês aprovam a nova Saint Laurent?
sl3 Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Perfil

As novas bolsas da Saint Laurent e Dior.

Pequena pausa nos posts sobre a temporada internacional de Inverno, para falar um pouco sobre um dos assuntos favoritos (meus e das leitoras do site): Bolsas!

Na última Paris Fashion Week em Outubro, a expectativa era grande para conhecer a nova “cara” da Yves Saint Laurent e da Dior. Com a estréia de Hedi Slimane, especialista em menswear com influência rock´n ´roll, e de Raf Simons, famoso pelo seu minimalismo e ex-Jil Sander, respectivamente.

Já comentei aqui inúmeras vezes sobre a importância dos acessórios para cada marca, a função deles junto com os produtos de beleza é representar o lifestyle e torná-lo acessível para quem não tem possibilidade de consumir o prêt-à-porter. Então hoje em dia, o poder de um estilista pode ser avaliado pela capacidade de criar bolsas, sapatos, perfumes (…) desejáveis e que se tornem best-sellers.

Começando pela rebatizada Saint Laurent. A primeira aposta é bem minimalista e elegante, o modelo bowling está em alta como comprovam a linha de Sofia Coppola para Louis Vuitton e a bolsa Lucrezia da Givenchy. Esta da Saint Laurent já virou hit:

sl2

Uma das minhas favoritas, O modelo abaixo lembra um pouco a Birkin da Hermés, mas menos estruturada. Gostei muito da camurça e do tom terroso:

sl

E para noite três novas opções, minha eleita é o modelo Betty, homenagem à musa de YSL, Betty Catroux, disponível em dois tamanhos. A alça de corrente empresta glamour e um ar meio 80´s:

betty

Já a Dior não é tão celebrada por suas bolsas, apesar de modelos icônicos como a Miss Dior. Esta, de linhas simples e formato interessante, é bem estruturada e para o dia. Notem que os tons pastel serão fortes nos acessórios da Primavera/Verão do hemisfério Norte:

cd2

E a reedição da clássica tote. Bem clean, mas com as inicias da marca. Refletindo bem a coleção de Raf:

cd1

Minha preferida da Dior é o modelo Bar, com o nome do clássico corte de casaco criado por Christian Dior no new look, o mais interessante é o fecho, lindo e sofisticado.

dior

Mais um para observar: Novato na disputa, é Alexander Wang que apresentou sua primeira coleção como diretor criativo da Balenciaga semana passada. No rastro das mega bem-sucedidas, Motorcycle bags da marca, resta ver se Wang vai obter êxito ao criar novos modelos. Minha aposta é que sim, já que em sua marca própria ele lançou a super desejada, Rocco bag. Na Balenciaga, formato boxy e detalhe de ferragem lindo e um pouquinho punk contrastando com o shape mais severo:

bal

Quem vocês acham que levou a melhor na disputa?

Fotos: ChristianDior.com, SaintLaurentParis, Vogue.com

3 Comentários

Arquivado em Sem categoria

Update das tendências- Gráficos.

updatelistrasvus

Começo de ano e um update de tendências atípico aqui para o site. As padronagens gráficas decididamente tomaram conta da moda na temporada Primavera/Verão 2013. Ótima desculpa para tirar do armário peças que quase todo mundo tem, como algo listrado ou quadriculado, Querem ver como?

Na Vogue Americana, o clima Stepford Wives confima o post “Vontade do dia-Listras”. A combinação de azul e vermelho é tipicamente navy, mas aqui ganha apelo 50´s.

Depois em versão anos 60 e o bico finíssimo que comentei  recentemente. Reparem nos comprimentos mais comportados:

updatebicomtfinovus

A nova cara da calça de couro, oversized, que mostrei no post  Trend alert-Pantalona, aparece combinada com estampa gráfica pied-coq na Bazaar Russa:

updatepantalonavnippon

O patchwork foi um retorno que adiantei lá em 2011, na versão americana da Vogue, ele aparece pelas mãos da dupla Proenza Schouler com bolsa Prada:

updatevuspatchwork

Na Vogue Holandesa o casaqueto Balmain bem no estilo “Trend watch- Xeque-mate.” dá o tom. Legal observar que a meia também está em sintonia com o conceito. Mistura inusitada que funcionou, concordam?

updatexequematevnetherland

Para finalizar, a Vogue Nippon, com possivelmente a estampa mais célebre da temporada- O quadriculado da Louis Vuitton incorporado aqui por Jessica Stam:

updatexequemate

Qual das opções de estampa é a favorita de vocês?

Fotos: Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Update das tendências

(Micro) trend alert- Jabô.

blackvrussia

Algumas “modices” vão surgindo aos poucos e normalmente derivam de alguma tendência que já estávamos acompanhando. O estilo dandy repaginado já ganhou post aqui no site, e o assunto de hoje pode ser rastreado de lá. O toque, que surgiu na indumentária masculina, foi totalmente apropriado pelas mulheres e colabora para tornar qualquer look ainda mais feminino.

O detalhe do lenço na gola, também chamado de jabô quando o tecido já é costurado na blusa, voltou à moda pelas mãos do novo diretor criativo da Saint Laurent Paris e caiu nas graças das editoras de moda.

Abrindo o post, Lara Stone fotografada por Hedi Slimane, que também é fotógrafo, para a Vogue Russa. A transparência da camisa fica sofisticada devido ao laço. Combinada com saia lápis é fórmula infalível! Só é legal lembrar que mulheres que querem disfarçar o busto devem evitar o truque de styling já que ele pode dar a impressão de volume na área. Se realmente quiser experimentar, vale usar o laço e a blusa em tons escuros deixando o efeito mais discreto.

Já a capa da Vogue Americana de Janeiro traz Gwen Stefani com mais um look Primavera/Verão da Saint Laurent Paris:

img_gwenstefanicover3_001448242220

No editorial que acompanha a capa, a proposta é P&B com pegada mais andrógina:

lenço

A Vogue Japonesa também optou por Saint Laurent, desta vez em look assimétrico:

lenço2

A capa da Vogue Russa propôe camisa e laço escuros com jaqueta decorada e cheia de glamour:

updatevrussia

Editorial P&B da Bazaar Russa com macacão minimalista:

lençobazaarrussa

Falando nisso: A polêmica estréia de Slimane na Saint Laurent, antiga Yves Saint Laurent, dividiu opiniões. Hedi ficou famoso por suas criações na Dior Homme, onde popularizou a alfaitaria ajustada, gravatas finas e uma estética rocker que faz sucesso até hoje. Pós-saida da Dior, o estilista se dedicou a fotografia de moda e de bandas, estética que ele referenciou em sua nova empreitada. Eu gostei muito da nova idêntidade da marca, mais contemporânea, mas sem esquecer da imagem criada por YSL, afinal ele foi o responsável pelo Le smoking no guarda-roupa feminino. Com tino comercial apurado, styling forte (sim, bem 70´s) e acessível – O styling misturou peças mais conceituais, mas priorizou várias sugestões com calças de alfaitaria, blazers impecavelmente cortados e a dose de luxo esperada de uma maison como esta.

LENÇOSLP

Já estou ansiosa pelas próximas coleções. E vocês, aprovaram a nova Saint Laurent?

Fotos: BazaarRussia, Vogue.com, Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Microtrend, Minimal vs. Maximal, name to watch

Trend alert- Bico (muito) fino.

pointy

Na moda tudo volta, como já conversamos inúmeras vezes por aqui. Volta tudo mesmo, até aquelas coisas que pensamos que poderiam ficar no exílio eterno. Caso do nosso assunto de hoje: O bico fino. As campanhas de Verão 2013 começaram a aparecer esta semana, trazendo a confirmação das tendências que vimos nas passarelas internacionais de Setembro e Outubro passados.

Eu gosto de bico fino e acho super elegante (além de adorar o efeito alongador que ele causa nas pernas), o que eu não gosto é aquele do início dos anos 2000, com ponta super alongada, perfeita para aniquilar insetos em cantos estratégicos. Pois é exatemente esse modelo que ganha revival em alto estilo pelas mãos de Miuccia Prada e Marc Jacobs.

A Prada criou uma coleção com influência Japonesa e toques irreverentes e excêntricos. Até aí, tudo normal. Nos pés é que a coisa complica: Sapatos tipo flatform ou o infâme bico finíssimo. Quem gostou da novidade, vai poder adquirir as versões sem salto em preto ou prata (como nas fotos abaixo e acima).

prada2

Marc Jacobs parece obcecado com o estilo, já que optou pelo mesmo na Louis Vuitton em sua Primavera/Verão anos 60:

pointy5

Close-up para provar que eu não estou exagerando:

pointy4

E na sua marca própria, combinando o sapato com suas roupas gráficas e referências à Factory de Andy Warhol:

pointy3

Hedi Slimane dividiu opiniões em sua estréia na YSL, agora chamada Saint Laurent Paris,mas em uma coisa ele acertou em cheio:  O designer também aderiu ao sapato de bico fino, mas sem efeito maximal e bem mais usável e elegante.

Particularmente gosto muito da direção que Slimane parece estar dando à Maison e estou curiosa para ver o que nos aguarda:

pointy2

Quem vai aderir ao bico finíssimo?

Em tempo: O bico fino é absolutamente atemporal e deixa qualquer composição mais elegante. Vale a pena usar sempre!

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Microtrend, Minimal vs. Maximal