Arquivo da tag: Christine Centenera

Vontade do dia- Vestido camisola.


slip6

No post sobre a última NYFW, eu anunciei: “Apesar de com fôlego para os anos 70, a década de ouro do momento para os designers parece ser a de 90. Carolyn Bessette a musa não declarada. Pensem em cetim, camisolas, silhueta lânguida e minimal, muitas referências esportivas, assimetria, comprimentos midi em shapes ajustados, Calvin Klein, Helmut Lang.”

E a peça que mehor traduz o mood do próximo Verão no hemisfério Norte é o slip dress ou vestido camisola.

Com influência dos anos 20 e 30, femininos e delicados, eles ganharam carimbo de icônicos nos anos 90. Um dos vestidos de noiva mais lindo de todos os tempos, o Narciso Rodriguez usado por Carolyn Bessette em seu casamento com John Kennedy Jr , representa o modelo em sua versão mais elegante:

slip8

Cool e minimal foi muito desfilado por Kate Moss, Sofia Coppola e Gwyneth Paltrow na época:

slip9

Esse editorial da Vogue Australia de Janeiro de 2016 cria desejo imedito e moderniza a peça. Em cetim combinado com sapato mais ousado, resultado sexy e forte:

slip4

Fiquei hipnotizada pela versão metalizada e texturizada de Joseph Altuzarra:

slip5

Frescos são candidatos perfeitos para o Verão sem precisar de nenhum complemento.

Aposta nas passarelas, eles já ganharam as ruas há alguns meses.

Um dos favoritos é em veludo:

veludo

Em cetim para a noite:

sliplully

Cetim em tom queimado:

slip2

Pode ficar cool usado com botinha:

slipi

Despretensioso com chapéu e chinelo estilo Birkenstock:

slip9

Combinado com jaqueta jeans oversized e sapato masculino perde o ar romântico:

slip10

Clima rock´n´roll com jaqueta perfecto de couro:

slip11

Finalizando com simplicidade, tom de pedra preciosa e sandália anos 70 garantindo o sucesso:

slip13

 

Para usar já!

Fotos: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Minimal vs. Maximal, Vontade do dia

Trend watch- Manga maxi.

manga4

Faz tempo que a moda oversized anda em alta, e os estilistas decidiram ir buscar nos anos 80 a inspiração para transformar mais um detalhe em XXL. Seja pelo volume ou pelo comprimento (ou por ambos).

Nas passarelas, Céline (Phoebe Philo, sempre ela) foi a mais celebrada ao trazer a opção da manga sino e longa:

mangaceline

J.W Anderson, Marques Almeida e Vetêments também apostaram na última temporada de Outono/Inverno. Pelos nomes que apoiam a “causa” dá para ver que a tendência é super cool.

mangat

Musa fashion número 2 (ela sempre ficará em desvantagem na comparação com Carine), Christine Centenera elegeu o vestido minimal para experimentar. Confesso que essa manga branca me dá agonia, imagina quão fácil de lidar? (SQN).

manga9

A manga tipo sino em outro branquinho básico:

manga12

Vocês podem argumentar, com razão, que esta tendência não é nada prática, mas dá para pensar que protege bem do frio. Otimismo sempre!

manga7

Na camisa branca:

manga14

Três versões:

manga16

Criar o efeito, sem o desastre em potencial? Que tal a manga alongada, mas com recorte?

manga2

A fenda permite movimentos sem atrapalhar e correr o risco de sujar.

fenda

Dá também para dobrar:

MANGA17

Ou com sobreposição:

manga1

Para finalizar, as coleções de Verão 2016 confirmam o lugar de destaque das mangas, notem que agora elas surgem em versões mais ajustadas: J.W Anderson, Gucci, Céline e Vetements:

ss

Com charme, mas sem muita pratiidade. Vocês curtem?

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Minimal vs. Maximal, Trend alert

Vontade do dia- Ombro a ombro.

ombro3 Minha vontade do dia é um dos decotes mais democráticos e charmosos que existem. Comportam bem todos estilos, do minimalismo ao boho, sem perder a elegância e emprestar um ar sexy com bastante sofisticação. O vestido Rosie Assoulin que Christine Centenera escolheu para ser madrinha de casamento da irmã é dos mais lindos que eu já vi. Algumas observações, se você curtiu a escolha de Centenera, confere o post que fiz sobre o estilo deslumbrante dela aqui “Favoritas- Christine Centenera”. A estilista do vestido é uma americana incrivelmente talentosa que também já foi pauta aqui do site em 2013, conheça mais do trabalho dela no post “Nome para guardar- Rosie Assoulin”.   Por último, o hábito de madrinhas usarem branco é bem comum fora do Brasil. Interessante a idéia, será que pega por aqui? Mais um exemplo do trabalho arquitetônico de Rosie, aqui em flagra de street style: ombro2   Quem tem braços mais cheios e não se sente  confortável com o decote tão profundo, pode apostar no menor, como Leandra Medina fez com sua blusa:         Leandra Medine at Creatures of the Wind SS2015 Ainda em clima minimal, inspiração em P&B: ombro5 Estilo gipsy, fica mais clean quado usado em tons claros: ombro6 Mais glam, o look em preto e dourado faz o estilo Resort chique: off3 Estampados também funcionam, no estilo navy com listras: ombro4 Poá: ombro Ou vichy: ombro8 Com apelo multicultural, o estilo boho praiano: off Ou mais romântico na escolha de renda: off2 Longo como esse da coleção Resort de Rebecca Minkoff: off5 O decote também é uma bela idéia para vestidos de festa, esse com bordado mpecável é digno de sonho: off4 Ombros à mostra para todos os gostos… Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Vontade do dia

Favoritas- Christine Centenera.

centenera9

Inaugurando a #tag “Favoritas”, a idéia é dividir aqui quem são as pessoas que inspiram meus looks diariamente. Nesse início, mostro as musas que unem o útil ao agradável, já que além de se vestirem de forma que eu admiro, são o tipo de stylist que eu gostaria de me tornar.

A primeira só poderia ser Christine Centenera. Carine Roitfeld foi tema da minha tese e é indiscutivelmente minha maior inspiração profissional, meu amor por Carine data do fim da década de 90 e sua colaboração com Tom Ford na Gucci e YSL.

Christine chega como inspiração para aqui e agora, além de ser uma stylist e tanto ( é editora da Vogue Austrália e atua como consultora para Kanye West) tem idade mais próxima da minha e looks incrivelmente lindos. Inclusive, considero suas escolhas sartoriais uma versão jovem e bem mais ousada de Carine. Ela nem sempre me agrada com seus looks, mas é sempre um prazer observar suas escolhas.

 

centenera8

Ombros marcados e jaquetas impecavelmente cortadas fazem parte das suas composições sempre. Ela entende o poder da alfaiataria bem feita:

centenera11

Looks monocromáticos são sofisticados e permitem botas de apelo bem sexy como esta de camurça e amarrações:

cent2

Os óculos Céline são favoritos:

centenera3

A botinha com recortes e peças com assimetria também sempre aparecem:

centenera7

Proporções difíceis fazem parte do guarda-roupa corriqueiro de Centenera:

centenera4

 

Uma capacidade de aderir às tendências, sem parecer montada demais:

centenera5

Austeridade e uma cartela de tons mais neutros:

centenera6

Seus casacos são um caso a parte:

centenera2

Casacos volumosos dão o tom cool:

cent

Estampas, quando usadas, são marcantes:

cent3

Peças statement garantem um resultado de personalidade:

cenetener12

Seus sapatos sempre fogem do lugar comum. As botas Givenchy:

centenera10

Os Zanotti desenvolvidos para a coleção do Kanye:

CENTENERA13

Detalhes luxuosos também encantam e surpreendem como a capa com aplicações:

centenera

 

A jaqueta Alaia de crocodilo:

alaia

Ela tem tantos looks maravilhosos que foi difícil escolher quais colocar aqui. Estes são os que mais tem a ver comigo no momento, mas vale muito pesquisar mais sobre ela e descobrir os seus.

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Perfil

Vontade do dia- Capa.

capa9Vendo a coleção Resort 2014 da Balmain, me ocorreu a idéia de fazer esse post. A cartela de cores e o mood étnico do Verão masculino da marca (que mostro no post abaixo) foram utilizados no shape capa e suas variações. Como sou apaixonada pela peça, quis dividir com vocês algumas inspirações para aderir. Com o frio voltando, nada melhor que uma capa para manter todo mundo aquecido e bem vestido.

Amei o estilo cropped, bem moderno, e a versão amarrada, mais clássica que Olivier Rousteing criou:

capabalmainSempre fui louca por capas, tenho vários modelos de cores e shapes diferentes. Acho ótimas para transformar um look básico em algo mais interessante, para emprestar elegância à uma composição e até para esconder alguma escolha sartorial pouco inspirada. Também vale mencionar que sou super friorenta e elas são ótimas aliadas nesses dias de temperaturas baixas.

Com jeans o resultado é bem nonchalant:

capa2Longa e no tom camelo é imbatível no quesito sofisticação:

capa5Com couro, pode ficar lady-like:

capa3Ou mais minimal como na versão de Christine Centenera:

capa6

 Adoro a forma que Karlie Kloss usou a sua, uma Audrey Hepburn rocker:

capa8

Estilo blazer é leve e fácil de usar mesmo em dias mais quentes. A versão navy é sem erro:

capablazerTom blush é leve e cool, ainda mais com jeans destroyed:

capa4Vestidos no estilo são ótimos e nada óbvios. Este é 3.1 Phillip Lim:

Capa1maje

Cristobal Balenciaga adorava criar modelos de festa com capa nos anos 50 e 60, hoje em dia o artifício é usado muito na alta-costura: Giambattista Valli, Valentino e Elie Saab são alguns exemplos que quase sempre incluem versões em seus desfiles.

Coincidentemente, meus dois looks favoritos do Oscar nos últimos anos foram com capa. Gwyneth Paltrow no inesquecível Tom Ford branco e Kate Hudson de Versace:

capaoscars

Para quem (ainda) não tem uma, vale o truque de colocar o casaco nos ombros. O efeito é muito similar e torna seu blazer/casaco ainda mais versátil.

Vocês gostam?

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Minimal vs. Maximal, Vontade do dia

Inspiração- Beleza em tons neutros.

belezavogueturca

Observando as capas deste mês, a beleza foi o que mais me chamou a atenção. Maquigem impecável em tons levíssimos e apelo natural foram as mais populares. Abrindo o post com Adriana Lima, absolutamente linda, na Vogue turca. O look Balmain é perfeitamente complementado pela beauté eleita.

Kate Moss na Bazaar alemã com make by Charlotte Tilbury e ar Bardot, destaque para o batom rosado e a pele bronzeada:

belezabazaargerman

 

Na Vogue Australia, o clima é Invernal com styling de Christine Centenera. O look branco ficou ainda melhor com olho bem delineado de preto e o batom nude queimado:

belezavaus

Já na versão japonesa da Vogue, a pele bem iluminada é o que mais chama atenção:

belezavoguejapan

Fechando com a palidez extrema da Vogue Italia, super anos 60, pele e boca monocromáticas:

belezavogueitalia

UPDATE: Acaba de sair a primeira imagem da Vogue Japão de Julho, e pelo que parece, o make monocromático promete ser hit. Aqui, até as sobrancelhas de Georgia Jagger foram clareadas para enfatizar a idéia.

voguejapan

Inspirações para a semana que começa…

Fotos: Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Beleza, Inspirações, Minimal vs. Maximal

Adaptando a tendência- Barroco.

bar

Falei muito nos últimos posts sobre o Inverno 2014 recém-apresentado no hemisfério Norte. Retornando ao que interessa na prática- o que vamos usar já- resolvi fazer um adaptando a tendência com Barroco.

Como comentei neste post “Trend watch- Qual é o seu barroco?” (clica para saber tudo da versão Inverno 2013), esta moda influenciada pelo mundo da arte pode ser adaptada para todos estilos, basta um pouquinho de criatividade. Para ilustrar as idéias, escolhi a stylist Christine Centenera, mega entusiasta do barroco e que sabe, como ninguém, deixá-lo com cara de vida real (e uma boa dose de glamour). Vamos ver?

Veludo molhado e brocados são quase sinônimos de barroco e são muito bem explorados no conjuntinho com peplum. Para arrematar, nada melhor que um colar dourado. Se a tendência fosse uma combinação, nada seria melhor que a dupla preto + dourado.

la-modella-mafia-Christine-Centenra-2012-fashion-editor-chic-model-street-style-Spring-2013-Fashion-Week-in-a-Ksubi-dress-via-vogue.au_

Ela aproveita o mesmo top em composição mais clean. Só um pedacinho do tecido aparecendo já garante o efeito:

la-modella-mafia-Christine-Centenra-2012-fashion-editor-chic-model-street-style-Spring-2013-Fashion-Week-in-a-Celine-leather-jacket-and-Givenchy-skirt

Aqui a aposta é quase literal, da cabeça aos pés, mas com toque bem contemporâneo. Graças a escolha da camiseta de motivos barrocos, combinada com a saia de veludo e até a botinha (Balmain) segue o tema:

christene_centenera_1

Se o look completo não agrada, ou parece overkill, acessórios sempre resolvem o dilema. Bem básico, o que muda tudo é o detalhe em dourado da blusa preta e a corrente (também gold) da bolsa cruzada. 

christinecentenerabarroco

Aqui a pegada é bem atual, um pouco minimalista e com influência anos 80. O shape difícil da saia midi, fica jovem graças ao cinto barroco e ao sapato de animal print:

centenera

Os pés também podem comunicar sua predileção pela opulência da tendência. Basta optar por um de veludo, renda e com detalhes? Dourados! Essa é a mais fácil de aderir, já que praticamente todas as marcas de sapato criaram uma versão do estilo para o nosso Inverno.

centenera2

Por último, um brinco dourado maximalista com design interessante empresta o ar barroco sem nenhuma dificuldade:

cent2

As calças brocadas, também hit da temporada, são perfeitas para combinar com parte de cima mais básica e garantir o efeito luxuoso da tendência:

bar4

O ponto cruz também é característico. Assim como florais e motivos celestes. Pérolas e bordados podem e devem ser adicionados aos looks com esta inspiração:

bar3

Por fim, uma bela blusa estampada com motivo floral ( se for estampa espelhada melhor ainda) com algum acessório dourado, como este colar XXL. Um DIY perfeito para experimentar o estilo:

bar2

Vão apostar?

Fotos: Vogue.com, Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Adaptando a tendência, Como usar?