Arquivo da tag: fast fashion

De olho na tendência- Skinny scarf.

gravatanja2

De vez em quando acontece: Uma imagem qualquer que a gente tromba no pinterest e nos chama atenção por algum motivo que não conseguimos identificar. Coloco no moodboard e deixo lá. Aí vem à memória uma coleção da Prada do ano passado que eu gostei muito, onde as modelos usavam lenços bem estreitos e longos à lá estrelas do glam rock dos anos 70. Me recordo que tentei usar o artifício no styling deste editorial “Muse´s Refuge”  de Agosto de 2014. E então os pontos começam a se conectar, a estética de Hedi Slimane que tanto amo, Keith Richards e Anita Pallenberg nos anos 60, Kate Moss sempre. O que todos tem em comum? A predileção por skinny scarfs, moda que parece relevante e legal novamente.

O look que abre o post, da modelo Anja Rubik nas ruas de Paris, foi o que despertou esse brainstorming. Aí bastaram dois minutos para lembrar do desfile de Inverno 2015 da Chloé, já declarei meu fascínio pelo Chloé Girl neste post e ele foi aumentado pós coleção Outono/Inverno. Clima romântico, boêmio e levemente dark me encantou:

gravatchloe5

De perto, a prova de quanto os acessórios são responsáveis por informar moods, por mais simples que sejam, podem ser aliados poderosos. O combo camisa branca e colete (vontade grande de retomar o uso dos modelos curtos de alfaiataria usado com peças desconstruídas) ganha atitude devido ao uso do lenço:

gravatchloe

Hedi Slimane é entusiasta na Saint Laurent desde que assumiu a maison, como prova seu desfile do Verão passado em clima 70´s:

gravatsl

Na Bazaar UK, bem nonchalant no look Chloé:

 

http://avxhome.se/blogs/crazy-slim

Na Vogue Russia usado com peças de inspiração masculina:

http://avxhome.se/blogs/crazy-slim

Na Bazaar UK, estilos anos 60 é quebrado pela skinny scarf:

http://avxhome.se/blogs/crazy-slim

Nas lojas, as marcas fast fashion incorporaram para o inverno 2016 chegando lá fora. Zara:

gravatzara2

Também em branco:

gravatzara3

Metalizados, com apelo anos 70:

skinny

Estilo bem francês, com listras e jeans:

skiny2

Na H&M:

handm

Na Mango, apesar da predileção pela década de 80, as marcas continuam apostando nos embalos setentistas comercialmente:

Mango

Na Saint Laurent, esse tipo de lenço bem fino, também chamado de Skinny scarf, foi batizado de Lavalier e é um clássico disponível em todas temporadas. O acessório invadiu o street style em looks inspiradores como este (outro) de Anja:

gravatanja

Minimal e cool na composição de Elin K:

gravatstreet

Adepta há muitos anos, Kate Moss usa constantemente:

gravatkate

Rockins é a marca de uma dupla de amigos de Moss especializada em lenços de todos os tipos, ela adora desfilar com os seus:

kate

A marca é favorita de Kate:

ROCKINS-256

A existência da Rockins e o sucesso grande para uma marca nicho comprovam que é um truque de styling atemporal que vive momento especial. Para aderir já!

Estilo rock´n´roll de luxo..

Fotos: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert

(Micro) trend alert- Verniz.

vinil1

Que o couro tomou conta como material hit das últimas temporadas, ninguém discute. A exceção é a ascensão do denim recentemente. Mas, como a moda sempre se reinventa, o update para aderir é apostar no couro com acabamento brilhoso, envernizado.

Acessórios no estilo são corriqueiros e tem tudo a ver com a moda 60´s que andamos vendo. Já nos looks, Nicholas Ghesquiere foi o responsável ao lançar as leggings best-sellers da primeira coleção para LV:

lv

No embalo, a Topshop lançou sua versão, tão linda quanto e bem mais acessível:

cara

Para Primavera/Verão 2015 a moda continua. Louis Vuitton, Fendi, Burberry Prorsum e Anthony Vaccarello apostam. Reparem como o efeito vai do mais formal até esportivo, sem perder charme:

vernizss

Na Valentino, o recurso já havia sido usado para emprestar modernidade aos vestidos de corte mais austero:

val

Vermelho em todas suas variações, é o favorito para saias que fazem sucesso em comprimento alongado.

Estilo clássico:

vinil4

O apelo subversivo no styling da ASOS:

vinilasos

Mini, em bordô bem fechado, é a escolha de Alexa Chung:

ALEXA

Um pouco de açucar ajuda a neutralizar o aspecto sexy  do vinil. Aqui na H&M a inspiração é nos anos 50:

hem

Nas ruas, o modelo em candy color também aparece:

pink

Giovanna Battaglia é a maior entusiasta, tanto na saia midi:

vinil2

Quanto no vestido bem lady-like:

giovana

Parkas tem aspecto esportivo e ganham mais sofisticação no acabamento:

parka

Em tempo, até o calendário Pirelli 2015, fotografado por Steven Meisel e styling de Carine Roitfeld, elegeu o latex como tema:

patent

UPDATE: Olhando as publicações de Dezembro, me deparei com inspirações novas para quem curtiu a idéia. Na Número Toquio, a versão é a de Ghesquiére na Vuitton:

vinilnumerotokyo

E na Glamour Inglesa o toque é mais 60´s e irreverente na legging e na parka:

vinil

vinil2

 

Nos tempos da brilhantina…

Fotos: Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Inspirações, Microtrend, Minimal vs. Maximal

De olho na tendência- O animal print da temporada.

cowgi

Estampas de animal já são mais que clássicos e ocupam lugar de favorito nas escolhas sartoriais de muitas mulheres (e homens). Aqui em Londres, observei uma se destacando entre a onipresente onça (que vem em P&B e vermelha), a estampa de vaca! Riccardo Tisci introduziu a moda em 2012 na coleção Pre fall da Givenchy, que ganhou post aqui, e promete ser a mais popular neste Verão.

Riccardo Tisci na Givenchy e Christopher Bailey na Burberry Prorsum apostaram primeiro:

cowpre

Flagrei na Fendi uma versão da 2jour na estampa, assim como o modelo Antigona, que abre o post, da Givenchy:

fendi

Na Harrods, a vitrine ganhou versão oversized na estampa:

fendic

Tom Ford:

tom

Sienna Miller usa saia na nova campanha da Burberry. O mix entra com estampa de girafa.

COWSI

O update da Pandora em formato box, também ganha edição na padronagem:

cowg

As calças invadiram as ruas, sempre combinadas com outras peças neutras:

cow

Com scarpin branco tem apelo moderno e sofisticado:

cow3

Na Zara dá para encontrar o print em shorts:

cow2

O sueter ganha atenção especial nesta estação, versões sci-fi tipo Balenciaga, étnicos a la Isabel Marant e patchwork como Céline aparecem. Neste ritmo, a nossa estampa assunto também:

cow4

cow6

Além das bolsas, os sapatos bem marcantes fazem a diferença para individualizar propostas mais básicas:

cow5

Topshop incluiu em seu lookbook o conjuntinho, meio overkill, mas que anda vendendo como água:

topshopcow

Vocês usariam?

Fotos: Internet/Reprodução, Roberta Weber.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Londres, Trend alert

A calça da temporada- Brocada.

Sempre existe uma lista de itens mais desejados a cada temporada. O barroco é uma das maiores tendências do momento como comentei neste post “Qual é o seu barroco?”, oriunda do maximalismo e do decorativismo, não é uma moda prática e acessível para o diário, devido a quantidade de informações em cada look, sem contar em sua cartela de cores bem chamativa. É aí que entra a peça que vou falar hoje: A calça brocada! Maneira fácil e estilosa de apostar na idéia.

Em Londres notei que todas as lojas, fast fashion ou marcas consagradas, tinham alguma versão para oferecer. A minha favorita (e a mais inovadora) são as calças jeans com efeito flocado em veludo, com desenhos de arabescos, são a maneira perfeita para manter o conforto do denim, mas renovar o look para a estação.

Estas da J. Brand que vi na Selfridges e fotografei para o instagram (O meu é @robertaweber) foram amor à primeira vista:

A Zara, que nunca fica para trás nas novidades, já tratou de lançar uma em versão preta:

A forma clássica também vai estar super em alta e é perfeita para sofisticar qualquer composição, normalmente em jacquard ou em outro tecido mais incorpado surge em conjuntinhos (tão populares como mostrei no post “Estampa combinada nos mínimos detalhes”). Nas coleções de Inverno em versão cropped, mais larguinha na Marni, Gucci, Osman e na apresentação da J.Crew.

A 7 for all mankind também aderiu, em edição glam rock:

O apelo rock´n´roll ganha contraste grunge com a camiseta de malha fininha e a atitude nonchalance:

Nas vitrines a Topshop e a H&M não perderam tempo:

Querem ver como o hit funciona na prática? As imagens de street style ensinam:

Proporções interessantes e uma boa dose de opulência:

Finaizando com a blogueira Jane Aldridge, do Sea Of Shoes, que combinou a camisa de alfaiataria usada displicentemente com a calça e o sapato Chanel em P&B:

Quem vai querer uma?

Fotos: VogueUK, MyWardrobe, Jbrand, StreetPepper, Zara.com, RobertaWeber, Zinio.

Deixe um comentário

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Londres

(Micro)Trend alert: Maxi pingente.

O maximalismo continua forte e o barroco é uma das tendências dominantes da temporada, portanto os maxi colares não apontam nenhum sinal de cair no ostracismo, até falei sobre isso aqui “Maxi colar- Acessório sem prazo de validade”.

Em Londres, as lojas continuam repletas de opções para quem quer adicionar um modelo a sua coleção, o que me chamou a atenção é que atualmente, os colares mais legais tem em comum uma coisa: Um pingente giga! Os maxi colares ajudam a deixar looks básicos mais interessantes e são ótimas maneiras de chamar a atenção para a parte superior do corpo (Truque ótimo para quem quer disfarçar quadril ou pernas mais grossas!).

Alber Elbaz pode ser creditado pela febre dos statement necklaces que ele tornou popular na Lanvin, e foi ele também que propôs os maxi pingentes. A imagem que abre o post é da Lanvin, no Outono/Inverno 2013 além da Elbaz, Karl Lagerfeld também apostou para a Chanel:

Vale pedras coloridas, pérolas, crucifixos, a ordem é quanto maior melhor. Aqui modelos de Oscar de la Renta e Bottega Veneta:

A marca Alexander McQueen também aderiu:

Nas revistas, a Vogue Russa apostou em clima ecêntrico:

Na Vogue Alemã, o mood é dramático com toque fetichista:

Alguns exemplos da High Street que vi por aqui:

Vocês gostam?

Fotos: Vogue.com, VogueRussia, Topshop, Zara, FashionGoneRogue, Forever XXI.

3 Comentários

Arquivado em Acessórios, Londres, Microtrend, Update das tendências

Para usar já: Trophy Jacket.

Sabem aqueles dias, especialmente os mais frios, que a única idéia é um look sem graça? Uma peça pode resolver seus problemas: As trophy jackets! Onipresentes nas últimas temporadas, elas são versáteis e eternas, basta investir em uma que combine com seu estilo que ela ficará no seu armário por muito tempo!

Ano passado, comentei sobre o “Hit da temporada- Trophy pants”, o post tratava sobre as inúmeras inovações nas calças: Estampadas, texturizadas, metalizadas, etc. Apesar de na teoria a idéia ser ótima, na prática não são todas as mulheres que se sentem confortáveis chamando atenção ( a agregando volume) para a parte de baixo. E este é o grande trunfo das jaquetas, sua democraticidade (todo mundo encontra uma para chamar de sua) e inúmeras variações.

Nas passarelas, surgiram firmes para o Verão 2012: Versão “toureiro” na Moschino, psicodélica glam para Cavalli e delicada na Chanel.

E continuaram, em versões ainda mais luxuosas e decadentes, na temporada Pre-fall. Destaque para Balmain e Pucci:

Ilutrando a capa da Vogue Australia, um dos melhores exemplos de trophy jacket da Balmain:

A Balmain é especialista em desenvolver jaquetas “troféu” com detalhes riquíssimos, como mostram Olivier Rousteing, estilista da marca, e Emanuelle Alt, usando dois exemplos incríveis:

Mas e quais as possibilidades da temporada?

As jaquetas de couro podem ter detalhes interessantes como ombros marcados, bordados e tachas:

Ombros estruturados:

Brilhos, paetês e metalizados não foram esquecidos e continuam fortíssimos, para arrasar em looks de festa, ou para serem usadas despretensiosamentes durante o dia.

A jaqueta “Dylan”, com corte esportivo e paetês da Iro, é hit absoluto:

Nas ruas, inspiração em tons pastel:

Ou em estilo hi-lo:

As mais clássicas podem apelar para caimento impecável e alfaiataria, como estes exemplos da Givenchy e Stella McCartney:

Cortes assimétricos ou com peplum também são populares:

Talvez a mais clássica de todas (e possivelmente primeira trophy jacket), a jaqueta de tweed da Chanel ganhou até livro fotografado por Karl Lagerfeld e editado por Carine Roitfeld “The little black jacket”:

Estampas nos mais variados estilos, de animal print à estampas de lenço, impossível não encontrar alguma que combine com seu gosto pessoal. O blazer é uma ótima alternativa, já que seu corte complementa praticamente todas silhuetas:

No clássico shape perfecto ou em formato boxy nas criações de Mary Katrantzou e Chritopher Kane:

Cortes esportivos também não ficam de fora:

As varsity jackets são as favoritas da estação para o estilo esportivo:

Franjas e inspirações étnicas completam o grupo de opções para o Inverno:

Tie-dye com embellishments na campanha de Verão de Isabel Marant:

Qual delas é a sua favorita?

Fotos: Net-a-porter, style.com, IsabelMarant, Topshop, Iro, ElleUK, BazaarUK, Zara, StreetPepper, Caroline´sMode.

5 Comentários

Arquivado em Como usar?, Inspirações, Trend alert

Coming up- Camisa western.

Durante o feriado de Páscoa, acompanhando o show de uma das minhas bandas favoritas, fiz o seguinte comentário no twitter (@robertaweber , já me seguem?): “Alex Turner no #Lollapalooza usando uma das peças mais legais do próximo Inverno: Camisa western.”, escrevi isto e o assunto continuou na minha cabeça.

Derivadas do vestuário dos cowboys Americanos, as camisas western costumam ser de manga longa, com bordados e detalhes nos ombros e gola: Flores são os desenhos favoritos para enfeitá-las. Nos anos 50, foram muito populares durante o movimento rockabilly.

No post “Trend alert-Country girl” já falei um pouco deste universo que anda super forte no “incosciente coletivo” da moda. Quando estive em Londres mês passado, procurei por um modelo para mim, mas só encontrei vintage masculina! Fica a dica para quem se deparar com uma por aí.

De fato, foi olhando as fotos do Coachella, que me convenci ao ver Kate Bosworth com um modelo novinho direto do Outono/Inverno 2012-13 da Isabel Marant.

Não é novidade para ninguém que a estilista Francesa é uma das maiores trendsetters das atualidade, com verdadeiro toque de ouro, tudo que ela cria acaba virando moda. Seu Outono/Inverno 2012 aposta pesado nas referências cowboy:

A Zara, sempre uma das primeiras fast fashion a aderir às novidades, já criou alguns modelos que remetem ao estilo:

E com detalhe mais discreto em metal:

Alex Turner definitivamente não foi o primeiro músico a se encantar pelas camisas western.  Alguns dos maiores cantores da história tem o costume de usá-las em suas apresentações, como Bob Dylan:

E o saudoso Johnny Cash que gostava de usar a sua em preto, claro:

Vale lembrar que a última vez que Kate Bosworth usou Isabel Marant no Coachella,  foi no ano passado com os famosos tênis de plataforma escondida. Kate foi a primeira celebridade a aparecer usando o modelo que virou febre, sinal de que sua stylist Cher Coulter tem um ótimo olho para identificar o que vai virar objeto de desejo. Se a história se repetir, dá para esperar uma avalanche de camisas western na próxima temporada.

Vocês gostam?

Fotos: JustJared, RollingStone, Zara.com, Style.com.

1 comentário

Arquivado em Inspirações, Microtrend