Arquivo da tag: MFW

#LFW e #MFW- Favoritos Inverno 2015/16.

lfw2

O mês da moda chegou ao fim hoje em Paris, e já que demorei para trazer o resumo de Londres e Milão, optei por juntar as duas cidades e mostrar para vocês os meus favoritos de uma vez só.

Em Londres, azul petróleo e referências folk ganharam força, veludo molhado também aparece como protagonista , assim como na NYFW. Xadrez em variadas versões, geométricos e florais soturnos complementam o mood boêmio chic.

Anos 70 voltaram para ficar um tempo, pelo menos Christopher Bailey na Burberry Prorsum acredita nisso.  Os icônicos trench coats vieram em versão camurça e com detalhes franjados, capas e ponchos completam o figurino que parece ter saído direto de alguma banda folk . Botas estampadas surgiram no pre-fall da Valentino e da Pucci e agora ganham ainda mais destaque devido à Burberry. Para ficar de olho!

lburberry

Antonio Berardi  teve um desfile irregular, boas tentativas de hi-lo misturando barroco com esportivo. Toques orientais e referências origami complementaram. Legal se inspirar na mistura de peças de alta festa combinadas com outras sporty:

antonio

Lucas Nascimento representou muito bem o Brasil. Definitivamente indo além da sua marca registrada, o tricô, ele apresentou uma coleção confiante e com ótimo styling. Adorei as peças em couro marrom:

lllucasnascimento

Mary Katrantzou me remeteu à Prada nos melhores momentos do desfile, certo glamour intelectual e old school, cartela de cores discretas e muitas texturas interessantes

lmary

Mulberry cada vez mais tem me feito pensar na garota da “Chloé” com sua nonchalance nostálgica e minimalista, mas com forte apelo britânico. Deu para observar a volta do sapato combinado com bolsa, presente em Milão e em Londres:

lmulberry

Simone Rocha com um folclórico sombrio, cartela de cores reduzida à preto, off white e vermelho e uso de matérias brocados e veludo molhado. Atmosférico e cool:

lsimone

Thomas Tait Ganhou lugar aqui exclusivamente pelas jaquetas oversized, com referência anos 80, achei a coleção inteira incrível. Nome para guardar:

LTHOMAS

Topshop Unique optou pelo simples, mas me ganhou nos looks anos 70, um pouco disco e um pouco folk. O blazer bordado da primeiro foto certamente será best-seller:

ltopshop

Roxo e tons de pedras preciosas chamaram atenção em Milão, alfaiataria e um guarda-roupa pensado para mulher contemporânea, com ótimos separates e looks com calça foram destaque. Uma moda prática, utilitária e adulta.

Karl Lagerfeld realizou meu desfile favorito da semana milanesa na Fendi. Tons terrosos, muito couro e comprimentos mais curtos com influência 60´s:

lfendi

A cartela de cores da Bally e as ótimas referências de styling para ambiente profissional:

lbally

Em sua derradeira coleção para Pucci, Peter Dundas urbanizou ainda mais a mulher sexy da marca. A década de 70 continua sendo ponto de partida, mas o esporte avança nas peças em influência discreta.

lpucci

Etro e o multiculturalismo com requinte, a cartela de tons neutros complementada por bronze e dourado foi minha favorita:

letro

Salvatore Ferragamo impossivelmente chique: Comprimentos midi, ombros bem estruturados e cintura marcada:

lsal

Já já eu volto para comentar Paris.

Fotos: Reprodução.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

#MFW- Drops Verão 2014/15.

mfw5

Chegou ao fim a Milan Fashion Week e já vim aqui mostrar para vocês os meus favoritos. Anos 70, romantismo, estampas e muito jeans, além de influências sportswear e toque oriental comandam a temporada. Abrindo com a Pucci de Peter Dundas, minha favorita, a delicadeza dos bordados me encantou.

Mantendo o clima étnico e Woodstock, veio a Etro, bem fiel ao seu DNA:

mfw10

Os vestidos maxi da Roberto Cavalli, dos estampados aos artesanais com renda:

mfw6

A Gucci apresentou uma mulher funcional, cheia de ícones da marca (cartela de cores, camurça, estampas) e com anos 70 reinando. Destaque para a cintura marcada:

mfw

A Prada seguiu no caminho do jeans e trouxe sportswear nada óbvio para sua mulher intelectual. Adorei os brocados e a mistura de denim com renda:

mfw8A Fendi também buscou inspiração no sporstwear e apostou no jeans, com resultados incríveis. O trabalho em couro também merece ser mencionado:

mfw7

Cartela de cores e styling top na Bally, confirmando a permanência do visual listrado:

mfw11

Sofisticação clean na Ferragamo. Tecidos com efeito metalizado e a estampa de cobra (nem sinal da onça) auxiliam:

mfw4

Marco de Vincenzo ganhou post aqui no site, na tag “Nome para guardar- Marco de Vincenzo”, gostei muito dos tons de blush e dos looks franjados:

mfw2

Etéreas e me remetendo ao filme “As virgens suicidas”, a mulher da Alberta Ferreti traz um verão leve, leve, leve:

mfw3

Fechando com as espanholas da Dolce & Gabbana, a mulher siciliana da dupla nunca sai de cena, mas desta vez elas vem influenciadas pela cultura hispânica:

mfw9

Já de olho no quem vem por aí em Paris…

Fotos: Vogue.com.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Trend alert

#MFW- Favoritos Inverno 2014/15.

prada

E chegamos à Milão. A temporada termina hoje e já vim dividir com vocês meus favoritos de lá.

O Inverno desafiador da Prada- Sempre o desfile mais aguardado e possivelmente o mais influente de todo o calendário, Miuccia Prada sempre traz idéias frescas e um olhar novo para a estética da marca. Gostei muito dos cardigans e suéter de inspiração esportiva combinados com tecidos leves. O uso de vermelho e roxo, as estampas art deco e o styling nada óbvio também me encantaram:

prada2

Me identifico muito com a imagem da Pucci cultivada por Peter Dundas. Sempre um mix de culturas bem ao estilo gypset, desta vez as padronagens clássicas da marca dividem espaço com referências à Suécia (terra natal do designer). Gostei principalmente dos blusões oversized e das calças de couro mais largas:

salvatore

Ando bem cansada de vestidos longos e bordados com apelo maximal, mas confesso que o modelo bordado com decote profundo chamou minha atenção. Assim como o curtinho trabalhado com franjas:

pucci

Nunca fui muito fã de marrom, mas a cor surgiu com força nas passarelas milanesas e acabei me dobrando pelos looks misturando texturas. Minha versão favorita é a camisa de couro da Tod´s:

marrom

Falando em couro, o material não apresenta sinais de cansaço. A Gucci arrasou com vestidos e saias no tecido. Os shapes anos 60 ficaram ainda mais interessantes devido à escolha, destaque também para a cartela de cores:

couro

E continuando no tema, as cores da Marni são a cara do Outono/Inverno e comprovam que nem só de preto e cinza se faz um armário para dias frios:

marni

Os casacos luxuosos da Dolce & Gabbana, com toque lúdico, me deixaram apaixonada. O glamour é garantido através do capuz de pele:

dolce

Fechando com as franjas de Roberto Cavalli. Sou alucinada por franjas e gostei da versão mais larga e decorada do estilista. Especialmente os colares alongados com tassels, a peça fez parte do styling da maioria dos looks do desfile:

franjas

Já ansiosa por Paris…

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week

#MFW- O retorno do cinturão e moda festa.

dolce3

Excesso é uma palavra que combina com Milão, os Italianos tem predileção por dourado, bordados. Nesta temporada não foi diferente, mas a proposta é bem mais fresh.

Dolce & Gabbana colocou suas meninas douradas na passarela junto com outras marcas registradas como poá, renda e vermelho. O que chamou atenção foi a inspiração em moedas que apareceram nos acessórios de cabelo, formatos de bolsa, padronagens de vestidos e nos cintos grossos em estilo cinturão.

dolce

Moedas e flores enfeitavam as coroas e tiaras usadas pelas modelos:

Dolce_20

O cinturão faz retorno triunfal também por Peter Dundas na Pucci. Aqui a influência é esporte glam, onde shapes que lembram boxeadores são misturados com ricos bordados coloridos e toques femininos:

pucci2

A Pucci encantou com sua proposta maximalista, destaque também ao apelo rock´n´roll graças aos cintos bem anos 80:

pucci3

Riqueza nos detalhes:

pucci

A camiseta estilo rocker ganhou ar festa total Pucci em couro e com saia bordada e na Versace com mangas metalizadas e cinto 80´s:

versace

Em seu desfile, Cavalli usou símbolos no mesmo estilo que estampam a camiseta da Versace e os cintos da Pucci: Eles surgiram nos colares que apareceram compostos com os vestidos deslumbrantes:

cavalli

Shapes e referências anos 20 em mood glam rock:

cavalli2

Mais é mais para ocasiões noturnas em Milão…

Fotos: Vogue.com.

1 comentário

Arquivado em Acessórios, Fashion Week, Trend alert

Vontade do dia- Os acessórios da #MFW.

MFWGUCCI

Já começou a Milan Fashion Week e aqui no site nem comentei nada de Londres. No finde volto para falar um pouquinho dos meus favoritos de lá. Tive que pular a LFW para dividir com vocês os acessórios que amei da MFW.

Quem me conhece, ou quem acompanha o site, já deve ter percebido que amo franjas. A coleção da Gucci não fez meu coração bater mais forte, mas as bolsas franjadas fizeram. O toque bamboo, marca registrada da Gucci que anda cada vez mais resgatado, empresta identidade e o resultado é irresistível:

mfwgucci2

Outro ponto para observar é o retorno da maxi carteira, que andava desprestigiada e havia sido substituida pelas  clutches estilo box (que super funcionam para eventos como casamentos). A da Gucci ganha detalhe em tassel que torna tudo mais charmoso:

mfw3Na coleção modernista e tecnológica da Fendi, me apaixonei pelos óculos escuros, espelhados e de gatinho. Ele surgiu em vários looks, meu favorito foi com lentes em azul:

MFWFENDI

Plástico e sofisticação não costumam andar juntos, mas Silvia Fendi e Karl Lagerfeld conseguiram o feito. Me encantei com a sandália fumê. A bolsa de corrente carregada como maxi clutch (ela surgindo de novo) também me agradou:

mfwfendi2

No embalo do último post e das propostas duvidosas, Miuccia Prada criou uma coleção feminista e com influência esportiva. Gostei do estilo meio barroco e do dourado na bolsa azul klein de croco. A sandália com pedrarias também tem proposta interessante (e as cores do nosso Brasil:

prada

Em tempo: O post anterior comunicava o domínio dos birkenstocks, e parece que sapatos com shape anatômico não se despedem ainda nessa temporada. Olha o que Miuccia aprontou. Aprovado?

prada

Vontade do mês vai para bolsa de franjas da Gucci e óculos da Fendi…

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Fashion Week

Prada e o melhor da #MFW.

prada

Chegamos ao resumo da penúltima semana de moda da temporada internacional, Milão. Minha maneira de mudar um pouco o enfoque foi comentar a coleção de Inverno da Prada. A marca é uma das mais influentes na indústria e tende a guiar as tendências da estação junto com nomes como Louis Vuitton e Céline. A maior prova é que os principais elementos do desfile também podem ser observados nas propostas dos outros estilistas.

Super feminina e com toque anos 40, a cartela de cores ricas e os toques luxuosos garantem um Inverno sofisticado, contemporâneo e com pegada vintage, sem ficar cansativo ou com ares de nostalgia. Um pouco do espírito grunge estava presente por conta das sobreposições e do styling despretensioso.

prada

As cores destaque foram vermelho e mostarda. O azul petróleo também merece atenção, assim como variações de cinza: Alberta Ferreti, Jil Sander, Dolce & Gabbana e Versace também aderiram.

cor

Entre os metalizados, outra tendência que continua forte, o dourado é o eleito dos italianos. E foi uma das maneiras que Miuccia Prada encontrou para modernizar shapes mais old-school.

prada2

Um certo clima dark permeou a semana com predileção por looks preto, sempre com cintura marcada e por vezes flertando com o femme fatale, como mostraram Gucci e Versace. Na Prada o preto aparece em looks com transparência e mistura de texturas:

preto

As estampas favoritas são as quadriculadas (na Prada o vichy imperou), o píncipe de Gales ou o tartan. Aliás o xadrez se mostrou soberano também na Paris Fashion Week e será a principal padronagem do Inverno. Listras um pouco mais variadas e sem a referência direta 60´s do último Verão também ganharam força:

Vale lembrar que este ano,  o tema da exposição anual do Costume Institute no MET em NY é o movimento punk. Certamente fator influenciador das coleções:

xadrez

listra

Detalhes em pele se fortaleceram. Na Prada o efeito favorito foi nas mangas. O que mais me chamou atenção foi o uso da estola, há pouco tempo considerado ultrapassado, como no styling incrível da Marni (segunda foto ):

pele

Saias levemente assimétricas em comprimento médio foram as prediletas na Prada, no restante das coleções a assimetria continua, mas com toque mais atual e fendas, como as mostradas na #NYFW. A versão mais bem-sucedida é a da Fendi (segunda foto):

saia

Algumas referências orientais surgiram na coleção, principalmente no corte de certas peças. Outras marcas levaram a influência mais a sério, como a Gucci que mesclou o clima “expresso do oriente” com diva noir:

oriental

EXTRA: Para fechar o post sobre a temporada Milanesa, três looks da coleção de Peter Dundas para Pucci. Pouco inovadora e focada nos símbolos da marca com estamparia, estilo 70´s e sex appeal. O desfile mostrou looks usáveis e com glamour que remetia a ícones como Anita Pallenberg e Jane Birkin. Pouco conceitual, super usável e com uma das minhas estéticas favoritas! Prestem atenção nas botas acima do joelho “Cuissardes”, elas serão importantes para o Outono/Inverno:

pucci

Com qual das tendências vocês mais se identificaram?

Fotos: Vogue.com.

Deixe um comentário

Arquivado em Fashion Week, Minimal vs. Maximal, Trend alert

Drops temporada internacional Verão 2013.

Temporada internacional Primavera/Verão segue com tudo, já estamos na penúltima semana, a de Milão. Reuní aqui algumas das novidades que já apareceram…

O animal print eleito da vez: Novamente a cobra! Proenza Schouler e seu downtown cool, Erdem que é famoso pelas rendas e florais misturou as padronagens com cobra, e a Gucci também aposta em desfile de influência 60´s:

Babados surgiram em Londres por JW Anderson e Peter Pilotto:

Na Gucci foram absolutos, a coleção promete mais uma vez ser hit e favorita das capas de revistas:

A silhueta mais legal é oversized em cima e ajustada na altura do joelho, confortável e moderno. Aqui por N.21 em Milão, Unique em Londres e Proenza Schouler em NY:

Christopher Kane criou minha versão favorita, um híbrido entre a jaqueta perfecto e bomber com apelo 80´s e muito estilo. Lembram que falei sobre as maxi jackets aqui- “Vontade do dia- Jaqueta Oversized “?

Florais são clássicos da Primavera/Verão, e agora surgem nos detalhes marcantes, os maxi colares de flores já fizeram sucesso na coleção de jóias da Prada , agora Gucci e Oscar de la Renta tentam repetir  o feito:

No cinto da Rodarte com vibe gypset e aplicadas nas bolsas da polêmica coleção da Prada:

Até no óculos da Prada que aposto, vão virar febre:

Para fechar, Versace e Bottega Veneta confirmam a leitura nova das franjas que comentei dois dias atrás: Bottega Veneta foi em estilo lady-like e Versace apostou no seu sexy:

Outra confirmação é a predileção por sandálias gladiadoras e as sandalboots, que eu comentei aqui “NYFW- Antecipando o Verão 2013” : Aquilano Rimondi, Versace e Ferragamo (com coleção incrível!) também aderiram…

Qual tendência vocês mais curtiram?

Fotos Reprodução.

Deixe um comentário

Arquivado em Acessórios, Fashion Week, Microtrend